Fiz endoscopia: pangastrite enantematosa moderada...

Olá doutor, fiz uma endoscopia na qual acusou pangastrite enantematosa moderada, duodenite e esofagite leve de grau A com teste de urease positivo. Constantemente tenho amígdala do lado esquerdo inchada e dolorida a mais de 2 meses, juntamente com halitose, cefaleia e indigestão, sem febre. Tenho sentido dores nas juntas principalmente nos dedos das mãos e sola dos pés, sinto incômodo nos nervos do pescoço que irradiam para axila. Estou receoso pois esses sintomas começaram depois de uma relação sexual de risco (boca/vagina). Realizei exame de hiv com intervalo de 60 dias, um teste de pesquisa de antigeno e anticorpos no qual deu negativo e assim foi o resultado para sifilis e hepatites b e c. Meu hemograma constou uma linfocitose. pergunto: Essa linfocitose poderia ser pela inflamação do estômago? Essas dores articulares poderiam ter relação com uma faringite gonococica disseminada? Sei que uma linfocitose na maioria dos casos sugere uma infecção viral, no caso, quais exames adicionais o Sr me solicitaria em dúvida por outra patologia? Atualmente estou medicando a gastrite com pantozol 40 mg por 50 dias receitado pelo médico antes mesmo da endoscopia, gostaria de saber se depois da mesma a medicação deve ser mudada, se termino essa medicação para procurá-lo novamente. Obrigado!

Linfocitose por causa de inflamação no estômago até pode, mas não é uma ocorrência comum. As dores articulares podem estar relacionadas com a faringite gonocócica. Bom acredito que eu repetiria os exames que você já fez em alguns meses e verificaria essa possibilidade de faringite gonocócica. Mas pelos seus sintomas e baseando-se nos exames que você já fez talvez o mais prudente seria tratar tudo o que você tem, incluindo sua ansiedade como ponto principal do tratamento. Com relação ao seu estômago vai precisar tratar por mais tempo.