Osteoporose tem cura? Qual o tratamento?

A osteoporose e a osteopenia (estágio prévio à osteoporose, em que também ocorre perda da massa óssea) podem ser revertidos com o tratamento.

É importante a prevenção da osteoporose desde a infância, pois a quantidade de massa óssea é estabelecida até os 20-30 anos, idade a partir da qual a quantidade de massa óssea só diminui com o tempo. Para isso, é essencial fazer três coisas muito importantes:

  1. ingerir cálcio (através de leite e derivados),
  2. tomar sol para fixar a vitamina D no organismo (idealmente 10 a 15 minutos no horário do almoço, sem protetor solar, 3x por semana)
  3. fazer exercícios físicos.

É importante salientar a necessidade do uso de protetor solar nos demais momentos em que o paciente se expuser ao sol, pelo grande risco de desenvolvimento de câncer de pele. A atividade física tem efeito protetor sobre o tônus e a massa muscular, que se reflete na melhora do equilíbrio e ajuda a evitar as quedas ao longo da vida.

O tratamento para a osteoporose consiste:

  • na realização de atividade física supervisionada por educador físico ou fisioterapeuta;
  • na suplementação oral de cálcio, na forma de carbonato ou citrato de cálcio;
  • na suplementação oral de vitamina D3;
  • na terapia de reposição hormonal, conforme prescrição pelo médico ginecologista, que avaliará os riscos e benefícios da medicação;
  • no uso de bifosfonatos, como alendronato e risedronato, ou outras medicações, como raloxifeno, ranelato de estrôncio ou teriparatida.

O paciente deve ser acompanhada por médico reumatologista, ortopedista e ginecologista no caso de mulheres.