Pergunte ao Médico
Como Funciona

Anticoncepcional

Anticoncepcional, hora de tomar e eficácia

Quanto mais exata a hora da tomada, maior a eficácia do anticoncepcional, esquecer por poucas horas não altera a eficácia, esquecer por um dia já diminui um pouco, esquecer por mais de um dia diminui bastante a eficácia do anticoncepcional.

Pomada vaginal corta o efeito de anticoncepcional injetável?

Não, as pomadas vaginais que têm na sua composição anti-inflamatórios, antibióticos ou antifúngicos, e que habitualmente são utilizadas para tratamento de vulvovaginites, tem ação local, tópica, não interferindo com o efeito do anticoncepcional injetável.

O ginecologista ou o obstetra são os especialistas indicados para orientar as dúvidas sobre o uso de anticoncepcionais  ao mesmo tempo em que são utilizados outros medicamentos. 

Como fazer a troca de anticoncepcional (de injetável para pílula e de pílula para injetável)?

Se a mulher faz uso de anticoncepcional injetável e deseja trocar para a pílula de uso oral, deverá iniciar a cartela da pílula na data prevista para a próxima injeção. Adicionalmente, durante os primeiros sete dias do uso do anticoncepcional oral, deve ser utilizado também um método de barreira (camisinha), pois nesse período há o risco de gravidez.

Se a mulher faz uso da pílula e deseja mudar para o anticoncepcional injetável, deve seguir esta orientação: tomar até o último comprimido da cartela e aguardar a menstruação. O anticoncepcional injetável deverá ser aplicado nos primeiros três dias da menstruação ou entre o sétimo e o décimo dia do ciclo, a depender da composição da injeção (mensal ou trimestral). Adicionalmente, recomenda-se o uso do preservativo masculino (camisinha) nos dias compreendidos entre o término da cartela da pílula e durante o primeiro mês após a primeira injeção, pois há risco de gravidez.

Além disso, é importante sempre usar um método de barreira como a camisinha, pois os anticoncepcionais orais ou injetáveis não protegem contra transmissão de DSTs - Doenças Sexualmente Transmissíveis.

O médico ginecologista deverá orientá-la sobre os métodos contraceptivos e como trocar de método.  

Menstruação pode atrasar quando se para o anticoncepcional?

Não é normal, porém pode acontecer, devidos às mudanças hormonais o corpo precisa de um tempo para se adaptar e o primeiro e segundo ciclos (as vezes até mais) podem ficar desregulados, o que inclui menstruação vir mais de uma vez no mês, assim como a menstruação ficar sem vir.

Tomar pílula do dia seguinte altera o ciclo menstrual?

Pílula do dia seguinte somente foi criada para uso de emergência em determinadas situações especiais, seu uso muito frequente vai levar a sérios problemas de saúde, o primeiro deles é a irregularidade menstrual. Precisou usar 3 vezes no mesmo mês precisa urgentemente repensar no método anticoncepcional que você vai usar.

Anticoncepcional pode desregular a menstruação?

Anticoncepcional pode sim desregular sua menstruação, não é o mais comum (normalmente anticoncepcionais regulam a menstruação), porém pode acontecer irregularidade menstrual por causa do anticoncepcional.

Pílula faz efeito com 10 dias?

Em teoria você já está protegida desde que começa a usar, mas por segurança é melhor se cuidar durante o primeiro mês. Tomar o anticoncepcional e a pílula do dia seguinte aumenta os efeitos colaterais dos dois e aumentam as chances de reações adversas dos dois. Não faz sentido tomar os dois juntos, se está tomando anticoncepcional porque tomar a pílula do dia seguinte?

Quando desce aquela "borrinha" escura é sinal de gravidez?

Quando "desce a borrinha" pode ser um sinal de gravidez (principalmente quando associado com outro sintomas e um contexto de possibilidade de gravidez), mas não significa que toda vez que "desce essa borrinha" a mulher esteja grávida, muito pelo contrário, na maioria das vezes não significa gravidez. Como você já menstruou as chances de gravidez são pequenas, mas se ainda está em dúvida somente lhe resta fazer o exame de gravidez, dê preferência ao exame de sangue, é mais confiável.

Fluoxetina corta o efeito do anticoncepcional?

Não, a fluoxetina não corta o efeito do anticoncepcional porque não interfere na absorção ou no mecanismo de ação deste. 

Porém, existem outros medicamentos que podem alterar a ação do anticoncepcional. São eles: Hidantal, Gardenal, Tegretol, Rifampicina, Penicilinas, Tetraciclinas e Griseofulvina.

O ginecologista deve ser informado sobre a utilização de outros medicamentos durante o uso do anticoncepcional.

Relação sexual sem proteção e ocorre o coito interrompido?

Relação sem proteção, mesmo usando o coito interrompido pode ocorrer gravidez. Se a mulher já estava grávida e começou a tomar o anticoncepcional ela pode continuar normalmente a gravidez.

Será que são os efeitos da pilula ou posso estar gravida?

Se toma anticoncepcional, porque tomar a pílula do dia seguinte? Não faz nenhum sentido. Como é que você vai engravidar se toma anticoncepcional? Uma alteraçãozinha na sua menstruação não é sinal de gravidez.

Se eu estiver grávida a pílula prejudicaria meu bebê?

Não, o fato de tomar o anticoncepcional estando grávida não causa nenhum problema ao bebê, isto acontece com certa frequência e normalmente a gestação segue sem problemas. Porém se você está realmente grávida precisa para de tomar a pílula.