Pergunte ao Médico
Como Funciona

Chá

Chá de canela gelado faz parar a menstruação?

O que se sabe sobre o chá de canela é que na verdade ele faz o contrário, ele serve para fazer a menstruação descer, normalmente tomado quente e sem açúcar, não deve ser usado durante a gravidez.

Chá de canela para fazer a menstruação descer?

O ideal é você ir ao ginecologista e tomar o remédio adequado para seu caso após o médico diagnosticar sua doença. Muitas produtos considerados naturais, possuem substâncias que podem prejudicar sua saúde. Mesmo um simples chá. Não sei se existem evidências científicas que o chá de canela faz a menstruação descer.

Chá de Canela pode provocar aborto?

Alguns dizem que sim, outros dizem que não, já tive pacientes que estavam grávidas (não sabiam que estavam) e tomaram para a menstruação descer e não aconteceu nada, porém sempre oriento minhas pacientes a evitar qualquer tipo de medicação, mesmo um simples chá...

Menstruação só se eu tomar chá canela, posso estar grávida?

Para saber se está realmente grávida precisa fazer o exame de gravidez, caso o resultado seja positivo vá ao médico para para iniciar o pré-natal e se o resultado for negativo vá ao médico do mesmo jeito para saber porque não está menstruando.

Tomo anticoncepcional e comecei a tomar anticonvulsivante?

Acredito que não está grávida e a confusão deve ser por causa do uso concomitante do remédio e desse anticoncepcional, provavelmente terá que trocar.

Existe algum chá que corta o efeito do anticoncepcional?

Não existe nenhum chá que corta o efeito do anticoncepcional. Portanto, não há contraindicações quanto ao uso de qualquer tipo de chá por mulheres que tomam anticoncepcional, seja ele pílula, adesivo ou injetável.

Suco, álcool ou leite também não cortam o efeito do anticoncepcional. Recomenda-se moderação quando ao consumo de bebidas alcoólicas para evitar sobrecarregar o fígado, pois tanto o álcool como o medicamento são metabolizados nesse órgão.

O que pode cortar o efeito do anticoncepcional são alguns medicamentos antibióticos, anticonvulsivantes e anti retrovirais.

Todos os chás podem ser utilizados pelas mulheres em uso de anticoncepcional. Se você usa alguma dessas medicações citadas, converse com seu/sua médico/a para tirar as dúvidas sobre os possíveis efeitos de alimentos e remédios nos anticoncepcionais.

Chá de espinheira santa corta o efeito do anticoncepcional?

Não, chá de espinheira santa não corta o efeito do anticoncepcional. O chá da espinheira santa (Maytenus ilicifolia) é um fitoterápico usado frequentemente para problemas do estômago e não há qualquer contraindicação do seu uso por mulheres que utilizem um anticoncepcional.

Por outro lado,  a espinheira santa é contraindicada no primeiro trimestre de gestação, como acontece com a grande maioria das drogas e medicações, e durante a amamentação, que segundo alguns estudos, pode reduzir a produção do leite materno.

O ginecologista é o especialista indicado para orientações em relação ao uso de anticoncepcionais.

Beber chá em excesso faz mal?

Beber chá em excesso pode fazer mal. Apesar de "naturais", algumas ervas utilizadas na preparação de chás podem prejudicar a saúde se consumidas em grandes quantidades, podendo causar desde insônia e náuseas a  problemas no fígado.

Há inclusive várias situações nas quais beber chá, mesmo que moderadamente, é contraindicado. Regra geral, o consumo de chá não deve ultrapassar 4 ou 5 xícaras por dia.

Alguns chás que podem fazer mal se consumidos em excesso ou devem ser evitados em certos casos:

  • Chá de Carqueja: Não deve ser utilizado por mulheres grávidas, pois pode provocar contrações uterinas. Também deve-se evitar o seu consumo no caso do paciente fazer uso de medicamentos para hipertensão e diabetes;
  • Chá de Alcachofra: É contraindicado para indivíduos com doenças da vesícula e deve ser consumido com cautela por quem sofre de doença hepática;
  • Chá de Camomila: O seu consumo em excesso pode levar ao aparecimento de náuseas, excitação nervosa e insônia;
  • Chá de Canela: Contraindicado para grávidas;
  • Chá de Cavalinha: Não deve ser consumido por pacientes com insuficiência renal e cardíaca. Pacientes sensíveis à nicotina podem sofrer de uma alergia rara se tomar o chá. Em excesso pode provocar irritação gástrica, diminuir os níveis de vitamina B1 e causar irritação no sistema urinário;
  • Chá de Quebra-pedra: Não deve ser consumido durante a gravidez. Altas doses podem causar diarreia e pressão baixa;
  • Chá de Alecrim: Pacientes com doença prostática, gastroenterites e histórico de convulsão não devem utilizá-lo. Quando consumido cronicamente ou em doses excessivas, pode provocar irritação renal e gastrointestinal;
  • Chá de Sálvia: É contraindicado durante a gravidez e lactação, em casos de insuficiência renal e tumores de mama. Em excesso pode causar convulsões e problemas no fígado;
  • Chá de Dente-de-leão: Não deve ser consumido por pessoas que tenham obstrução nos dutos biliares e no trato intestinal;
  • Chá de Gengibre: Pacientes que estejam tomando anticoagulantes, que sofram de irritação gástrica e hipertensão devem evitar o seu uso;
  • Chá de Alho: É contraindicado para crianças com menos de 3 anos e indivíduos com gastrite e úlcera. Deve ser evitado por pessoas que tenham pressão baixa e sofram de casos de hipoglicemia. É contraindicado em casos de hemorragia e durante tratamento com anticoagulantes;
  • Chá verde, vermelho e branco: Devem ser usados moderadamente por pessoas com gastrite e evitados à noite, porque serem estimulantes.

Para maiores esclarecimentos sobre o consumo de chá em excesso, consulte um médico nutrólogo.

Chá de canela aborta?

Provavelmente não. Muitas mulheres tomam e nunca vi um aborto por essa causa.

Chá verde interfere com o anticoncepcional?

O chá verde não interfere com o anticoncepcional.

Quem está amamentando pode tomar chá "Pau Tenente"?

Qualquer substância duvidosa e com efeitos desconhecidos deve ser evitada na gravidez e na amamentação.