Pergunte ao Médico
Pergunte ao Médico
Como Funciona

Coluna

Dor na coluna ao urinar e defecar, o que pode ser?

A dor na coluna ao urinar ou defecar pode ser causada pela presença de uma hérnia de disco na coluna lombar e ocorrer devido a posição mantida ou esforço exigido da coluna nessas situações. Esse sintoma pode ser provocado porque a coluna é formada por ossos (vértebras) e pela medula espinhal (conjunto de nervos que passa por um canal no interior das vértebras), para separar as vértebras e amortecer o atrito entre elas, existem os discos intervertebrais que, devido a algumas doenças ou ao envelhecimento, desgastam-se e saem do lugar, causando as hérnias de disco.

Os sinais e sintomas das hérnias de disco localizadas no final da coluna (hérnia lombo-sacra), podem ser:

  • dor que começa na região lombar, passa pelas nádegas e desce para as coxas, pernas e pés, chamada de dor ciática,
  • dor, formigamento, dormência e fraqueza nas nádegas, nas costas, nas pernas ou nos pés, ou em todos esses locais ao mesmo tempo,
  • dor aos esforços ou movimentos,
  • dormência em redor do ânus e genitais,
  • dificuldade em controlar o intestino e bexiga.

Para diagnosticar essa ou outras causas de dores na coluna deve-se consultar um clínico geral ou um ortopedista.

Hipertrofia Coluna de Bertin e bifidez renal tem que operar?

A hipertrofia na Coluna de Bertin é uma variação anatômica e geralmente não está associada a nenhum problema. A bifidez renal é uma alteração anatômica que pode estar associada a estenose do ureter (obstrução do fluxo de urina) e aumento da incidência de infecção urinária. Operar ou não operar tudo vai depender do grau de alteração e das consequências dessas alterações.

Estalar dedos, coluna e pescoço faz mal?

O ato de estalar os dedos, coluna e pescoço pode trazer malefícios, se repetido com frequência, pois estressa consideravelmente os tendões, cápsulas, cartilagens e ligamentos. Também aumenta a produção de líquidos internos, que pode levar ao engrossamento, lesão, dor e diminuição do movimento articular.

O estresse contínuo nas articulações pode acelerar as manifestações degenerativas normais e naturais que ocorrem nessa região, como artrose e instabilidade articular. Na coluna, pode predispor ao aparecimento de hérnias e protrusões discais. 

Se você sente necessidade de estalar as articulações para aliviar dores articulares, deverá procurar um médico ortopedista para uma melhor avaliação.

Qual exame poderia fazer para saber o que eu tenho?

Os exames devem ser sempre direcionados para a verificação ou confirmação de suposições diagnósticas feitas pelo médico durante a consulta médica. Nem todas as situações precisam de exames, muitas vezes o tratamento funciona como uma forma de exame, é a chamada prova terapêutica. No seu caso uma anamnese dirigida e o exame físico podem ser suficientes para  médico chegar a uma conclusão. Procure um médico.

Pedra nos rins, dor na coluna e agora estou com medo...

Sim. Se tem pedra nos rins retire as pedras, se tem problema de coluna precisa tratar, e está também com um problema de ordem psicológica (não posso dar o diagnóstico pela internet) que também precisa de tratamento.

O rim pode deslocar, quais os sintomas e tratamento?

O rim pode deslocar sim em traumas de grande impacto na região renal. Os sintomas basicamente se limitam a muita dor no local do rim e trajeto de vias urinárias (dorso e lateral do corpo na altura do cotovelo e eventualmente sangue na urina. O tratamento depende do tipo de lesão.

Importante: a maioria das dores que as pessoas acreditam serem oriundas dos rins são na verdade dores osteomusculares por causa de problemas de coluna, o que é o mais provável no caso da sua mãe, também.

Tenho uma hérnia de disco na lombar e estou com dor?

Pode usar o mesmo medicamento que o ortopedista já te receitou ou pode procurar um serviço de emergência para ser medicada novamente. Repouso e compressas quentes sobre o local da dor podem ajudar bastante.

Retorno da infecção urinária ou problema de coluna?

A infecção de urina que você teve no passado e foi curada não volta mais, pode ter outras infecções, mas não é a mesma. Outra infecção urinária até pode ser mas, faltam muitos sintomas para completar o quadro. Problema de coluna, talvez, mas a região da dor não bate com a dor na coluna.

Estou com artrose na coluna, é grave?

Não é grave do ponto de vista (risco de vida), mas é um problema de coluna de difícil resolução, que vai te acompanhar para o resto da vida e como você já sabe dó muito. Volte ao médico que solicitou o exame para ver o que ele acha que pode ser feito.

Estou com muitas dores na coluna, nas pernas e músculos...

Os seus sintomas são genéricos e nos "falam" de alguma doença que acometa todo seu corpo, o mais provável é algum tipo de infecção viral, pode até ser o início de uma gripe ou virose, o ideal é você ir ao médico para saber realmente o que pode ser.

Gostaria de saber sobre o resultado destes exames...

De um maneira simplificada e popular (sem enrolação).

Espondilose: uma vértebra (osso da coluna) "escorrega" sobre a outra, saindo de sua posição normal;

Osteoartrose: degeneração (destruição) da cartilagem e consequentemente, degeneração da articulação;

Protusão Discal: famosa hérnia de disco;

Nódulo sólido de corpo vertebral: é um nódulo bem no meio do osso (vértebra).

Dor na coluna, o que pode ser?

A maioria das dores na coluna é de origem muscular, ou seja, causada por algum esforço físico feito de maneira exagerada ou incorreta. E isso inclui também dormir de mau jeito, carregar peso excessivo (inclusive o próprio peso, no caso de pessoas obesas) e ter uma postura ruim.

Em alguns casos, entretanto, ela pode ser sinal de doenças mais sérias, como por exemplo inflamações dos ossos, dos tendões, dos músculos e além de infecções da pele e até mesmo alguns tipos de câncer.

De maneira geral, melhora da postura, alongamento muscular e atividade física leve podem ajudar bastante no alívio dos sintomas, mas é sempre importante que a pessoa procure um médico para uma avaliação mais detalhada, principalmente nos casos de dores que durem muito tempo ou que não melhorem com analgésicos comuns.