Pergunte ao Médico
Como Funciona

Virgindade

É possível perder a virgindade com o dedo?

Se sua dúvida é em relação ao dedo poder romper o hímen? A resposta é sim. Qualquer objeto introduzido na vagina, o que inclui os dedos, podem romper o hímen, e isso para algumas pessoas pode significar a perda da virgindade.

Eu tenho 13 anos, queria perder a virgindade...

Deve seguir o que seu coração manda, porém deve fazer as coisas de forma consciente, se esse rapaz realmente merece o seu amor ele terá paciência e esperará o tempo que for preciso. O ideal é ele falar com sua família, pedir permissão para namorar, falar de suas boas intenções (se forem realmente boas) e assim por diante. Não faça da sua primeira relação um tormento para sua vida, esse momento deve ser especial em todos os sentidos. Eu como médico não poderia deixar de dizer que independente de sua decisão, o mais importante é cuidar do seu corpo, proteção acima de tudo, usar camisinha sempre.

Já por 2 vezes que tentei perder a virgindade...

Na medicina temos um nome para isso (o terror de todos os homens) impotência sexual, por sorte existe tratamento, na maioria das vezes em adultos jovens a principal causa é emocional, precisa procurar um médico chamado urologista, ele vai fazer o correto diagnóstico e o tratamento (remédios, terapia, técnicas de condicionamento e treinamento...)

O que faço para saber se ainda sou virgem?

Na verdade é bem simples, vá a um ginecologista e peça para ele te examinar, com uma simples inspeção da entrada da sua vagina é fácil visualizar se seu hímen está intacto ou não.

Quando tinha 5 anos fiz sexo com meu primo, ainda sou virgem?

Dificilmente uma relação sexual de brincadeira na infância, possa realmente "ter tirado a sua virgindade". Para os padrões atuais de pensamento em relação aos relacionamentos a virgindade é muito mais um conceito do que a integridade de sua membrana himenal. Considere-se virgem sim, porque é assim que você é. Você é uma pessoa que não tem experiência sexual, então você é virgem.

Será que ainda sou virgem?

Pênis, dedos, ou qualquer outro objeto introduzido na vagina podem romper o hímen, geralmente é um pouco doloroso e ocorre um pequeno sangramento. Perguntar aqui no site se ainda é virgem nunca vai obter uma resposta, porque a única maneira que o médico tem de saber é examinando a entrada da sua vagina para verificar se o seu hímen está intacto ou não. Se quer comprovar ou ter certeza de sua virgindade somente indo ao médico.

Perder a virgindade dói?

A dor na hora de perder a virgindade é muito individual de cada mulher, para algumas a dor é muito grande e insuportável a ponto de não prosseguir o ato e outras mulheres não sentem dor nenhuma, quanto mais ansiedade e expectativa pior é a dor, se está esperando dor nesse momento provavelmente vai ser um momento ruim para você. Espere o melhor e terá o melhor, é para ser bom e não ruim, se ainda não está preparada espera mais.

Quais precauções tomar quando for fazer sexo pela primeira vez?

Ir a um ginecologista antes para ele passar um anticoncepcional, usar sempre camisinha, pois protege da gravidez e de doenças sexualmente transmissíveis.

Existe alguma forma de saber se um homem é virgem?

Não.

Não existe nenhuma forma de saber se um homem é virgem ou não. É algo impossível de detectar quer no exame físico quer em exames laboratoriais.

No caso dos homens que não são circuncidados, ou seja, que não fizeram a cirurgia de fimose, o freio da glande (cabeça) do pênis as vezes é bastante apertado, o que pode causar dores e até mesmo sangrar durante a masturbação ou nas primeiras relações sexuais, mas isso não significa que este homem seja virgem ou que já tenha perdido a virgindade.

O uso de preservativo é muito importante para evitar doenças sexualmente transmissíveis e deve ser usado em todas as relações sexuais mesmo sendo a primeira vez.

Depois de perder a virgindade o corpo muda?

Não. Depois de perder a virgindade o corpo não muda.

Alguns e algumas adolescentes têm a primeira relação sexual na puberdade, época que acontecem  as mudanças no corpo. Por isso, acham que o corpo mudou após começar a vida sexual. Mas, na verdade, o seu corpo iria passar pelas mesmas transformações, quer você fosse virgem ou não.

A única alteração que acontece no corpo depois de perder a virgindade é no caso das mulheres com rompimento do hímen (membrana fina localizada no interior da vagina). 

As mudanças psicológicas e comportamentais são comuns. Por isso, é importante usar preservativos para evitar doenças que transmitem pelo sexo, bem como uma gravidez não desejada.

Comecei ter relação sexual a pouco tempo e tive sangramento?

Na verdade isso é decorrente geralmente de traumatismo na vagina, é bastante comum ocorrer nas primeiras vezes que a mulher tem relação sexual, se for somente um caso isolado (uma única vez) não precisa se preocupar, caso continue se repetindo procure um ginecologista. Outra coisa importante para lembrar a você é que agora que começou a ter relações deve ir a um ginecologista para conversar sobre anticoncepção, exame preventivo anual do câncer de colo do útero entre outras coisas.

Ginecologista pode contar para minha mãe que não sou virgem?

Contar ele pode, porém se quer saber se "legalmente" ele pode, dai é é bastante controverso. Acredito que se ele for uma pessoa de bom senso não irá contar.

Sinto dores na penetração e não chego ao orgasmo...

Basicamente funciona assim: para a mulher a relação sexual costuma ser um momento que precisa de uma certa preparação e tempo, local adequado, sem pressa, sem preocupações, sem estresses, precisa estar totalmente dedicada ao ato sexual. Sua cabeça deve estar livre de conceitos e preconceitos relacionados ao corpo e ao sexo. Precisa estar totalmente relaxada e entregue. Somente dessa forma sua vagina vai estar preparada para receber o pênis (bem lubrificada e relaxada) caso contrário vai doer.

Precisa descobrir seu corpo e que partes sente mais prazer e precisa ensinar seu namorado o que é melhor ou o que não é bom para você e só vai conseguir isso se você mesma se conhecer melhor.

Consulte um ginecologista que você tenha confiança e se sinta a vontade para falar sobre isso. Você precisa ser examinada para saber se não existe nenhum tipo de mal formação na anatomia da sua vagina que possa estar causando esses sintomas. Doenças de ordem emocional como depressão e ansiedade também podem levar a esse tipo de situação.