Perguntar
Fechar

8 cuidados que a mulher grávida deve ter para prevenção do zika vírus

Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Os cuidados que a mulher grávida deve ter para se prevenir contra o zika vírus consistem principalmente em proteger a pele com roupas e repelente para evitar a picada do mosquito que transmite o vírus.

Veja 8 cuidados que a gestante deve ter para prevenção do zika vírus:

  1. Elimine os focos de larvas do mosquito Aedes, transmissor do zika vírus (vasos de plantas, caixa d'água, pneus, garrafas, água parada);
  2. Use roupas longas para se proteger das picadas, deixando o mínimo possível de pele exposta;
  3. Dê preferência a roupas claras, pois refletem o calor e ajudam a espantar o mosquito, que se guia pelo calor do corpo para picar;
  4. Aplique repelente em todas as áreas expostas da pele, com atenção para mãos, pescoço, colo, pés, rosto e orelhas; os repelentes mais indicados são os que contêm Icaridina, pois têm um tempo de ação de prolongada;
  5. Se o tecido da roupa for muito fino ou de trama larga, aplique o repelente por cima da roupa também;
  6. Evitar exposição nos horários em que o mosquito está mais ativo, que é ao amanhecer e anoitecer; porém, não se esqueça que o Aedes aegypti também pica durante o dia!;
  7. Coloque telas nas janelas e nas portas;
  8. Fale com o/a seu/sua médico/a antes de viajar, principalmente se for para locais com registros de casos de zika vírus ou que tenham altos índices de dengue.

Leia também: Como ocorre a transmissão do zika?; Quais os riscos de ter Zika durante a gravidez?

Quais repelentes as grávidas podem usar para prevenção do zika vírus?

  • Icaridina (Exposis): Garante maior tempo de proteção contra picadas, cerca de 10 horas;
  • DEET (OFF, Autan, Repelex): As grávidas devem usar a versão para adultos (15%), que confere 6 horas de proteção;
  • IR3535 (Loção Antimosquito Johnson’s): Tem duração muito curta, pois é indicado para crianças de 6 meses a 2 anos, por isso precisa ser reaplicado a cada duas horas.

Os repelentes naturais que contêm cravo precisam ser repassados com frequência (a cada duas horas) pois são absorvidos pela pele. Os repelentes naturais à base de citronela e andiroba evaporam-se rapidamente e, portanto, têm um tempo de proteção bastante curto, entre 10 e 20 minutos apenas. Por essa razão, não são considerados seguros para as grávidas usarem como forma de prevenção do zika vírus.

Converse com o/a médico/a durante a consulta de pré-natal e previna-se.