Adenoma tubular com displasia de baixo grau pode virar câncer?

Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Apesar do adenoma tubular com displasia de baixo grau não ser um câncer, ele pode se transformar em um tumor maligno e, consequentemente, "virar" câncer. Por isso, é recomendado a retirada mesmo nesse estágio de benignidade.

O adenoma tubular em geral é assintomático e pode ser descoberto na colonoscopia de rotina, exame realizado para avaliar presença de alterações no intestino.

O adenoma tubular é responsável pela maioria dos adenomas intestinais e pode ser evitado com:

  • Dieta: redução da ingesta de gorduras, aumento da ingesta de frutas, vegetais e fibras;
  • Atividade física regular;
  • Manter o peso ideal adequado para a sua altura;
  • Evitar uso de álcool em excesso;
  • Evitar tabagismo.

O adenoma tubular pode ser retirado durante a colonoscopia e o/a paciente poderá precisar de acompanhamento a ser realizado com futuras colonoscopias.