Antibióticos para Tratamento de Doenças causadas por Vírus?

As viroses são doenças comuns e efêmeras (em poucos dias seus sintomas desaparecem) e salvo alguns casos de complicações decorrentes das viroses (amidalite, sinusite ou pneumonia), não necessitam do uso de antibióticos para seu tratamento.

Antibióticos foram desenvolvidos para o tratamento das infecções causadas por bactérias. Quando estamos diante de um quadro sintomático compatível com uma infecção respiratória de causa viral tomar antibiótico ou água tem o mesmo efeito. Os antivirais foram criados para o tratamento dos vírus, mas seu uso não tem muito significado nas viroses respiratórias comuns, porque assim que o organismo entra em contato com o vírus começa todo o processo do sistema imunológico do corpo humano para a produção de anticorpos, que aumentam muito e em poucos dias começam a combater e destruir os vírus.

O tratamento das viroses comuns resume-se a: repouso, ingestão líquidos (sucos naturais, chá), alimentação saudável (frutas), e remédios para os sintomas (febre – antitérmicos; dor – analgésicos; vômitos – antieméticos; e assim por diante). Antibióticos são remédios caros, antibióticos causam efeitos colaterais e a pior parte é que o uso indiscriminado dos antibióticos vem causando muita resistência bacteriana (as chamadas super-bactérias – bactérias resistentes a todos os antibióticos).

Antibióticos são medicamentos que “fazem milagres” quando bem indicados, porém quando usados sem controle e discernimento são uma tragédia para medicina e para as pessoas.