Perguntar
Fechar
Minha filha tem 7 anos e notei que os seios estão nascendo!
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Esse inchaço pode ser o botão mamário, pode acontecer de iniciar num lado antes que ou outro, isso é sinal que os hormônios dela estão começando a entrar em atividade. Porém para saber com certeza o ideal é um médico examinar as mamas dela para realmente dar o correto diagnóstico.

Tenho 18 anos e tenho 1,62 qual o remédio para crescer?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Depende. Na verdade, o que precisa primeiro é avaliar junto a um médico endocrinologista ou clínico geral, se ainda existe a possibilidade de crescer devido a sua idade e se existem fatores que justifiquem fazer uso de algum remédio.

Na eventual possibilidade e indicação de tratamento, deve ser definido a maneira mais adequada para estimular o crescimento no seu caso. As formas de aumentar a estatura de uma pessoa são principalmente:

  • Orientações gerais:
    • Correção e orientação quanto aos hábitos alimentares e
    • Orientação quanto ao sono;
  • Estímulo à atividade física regular;
  • Tratamento oral:
    • Medicamentos, Suplementos alimentares e
    • Hormônio do crescimento (GH).
Até quantos anos pode ser estimulado o crescimento de uma pessoa?

Em geral o estímulo de crescimento é possível até o marco da puberdade, que no homem varia entre os 18 e 20 anos de idade, ou até menos. E na mulher, em torno de 2 a 3 anos após a menarca (primeiro período menstrual).

No momento do marco da puberdade, acontece o fechamento dos pontos de crescimento, as cartilagens nos ossos são calcificadas, portanto não existem mais medicamentos ou tratamento que consigam aumentar a estatura.

Leia também: Até que idade uma pessoa cresce?

Lembrando que o crescimento está relacionado a diferentes fatores, mas os principais são a herança genética, sistema neuroendócrino, hábitos alimentares, fatores externos e prática de atividade física. Além desses, algumas doenças especialmente durante a infância, podem contribuir para o resultado final da altura de uma pessoa.

Contudo, para cada caso existe uma orientação e tratamento específicos.

Procure um médico especializado, clínico geral ou endocrinologista, para uma avaliação adequada e não faça uso de qualquer medicação por conta própria, para evitar prejuízos na sua saúde.

Leia também: Existe alguma forma para estimular o crescimento?

O que é anorexia e quais as suas causas?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

A anorexia nervosa é um transtorno alimentar que caracteriza-se pela distorção da autoimagem, pelo intenso medo de engordar e pela preocupação excessiva com o peso.

A pessoa com anorexia olha-se ao espelho e vê-se gorda, mesmo que esteja com o peso ideal ou muito magra, o que a leva a fazer dietas extremas, jejuns prolongados, exercícios físicos extenuantes e até tomar laxantes e diuréticos para não "ganhar mais peso".

A anorexia nervosa pode causar desnutrição grave, afetando todos os principais órgãos do corpo. As complicações mais preocupantes estão relacionadas ao coração, aos líquidos corporais e aos sais minerais sódio, potássio e cloro.

Nesses casos, o coração enfraquece e bombeia menos sangue para o resto do corpo. Pode haver desidratação e desmaios. O sangue pode tornar-se ácido e os níveis de potássio no sangue podem baixar. O uso de laxantes ou diuréticos ou ainda os vômitos, podem agravar o quadro. Nos casos mais graves, pode haver morte súbita devido à ocorrência de arritmias cardíacas.

Quais as causas da anorexia?

A anorexia nervosa não tem uma causa específica. Muitas vezes ocorre em pessoas muito perfeccionistas, inflexíveis, ansiosas, depressivas, com tendências suicidas e que têm comportamentos obsessivos.

Contudo, o desenvolvimento desse transtorno alimentar pode estar associado a diversos fatores, tais como predisposição genética, imposições de padrões de beleza que enaltecem a magreza, transtorno obsessivo compulsivo (TOC) e ainda abusos sofridos durante a infância.

Quais os sintomas da anorexia?

Um dos principais sinais da anorexia nervosa é a magreza exagerada que esses indivíduos normalmente apresentam. Em alguns casos, podem chegar à desnutrição severa e desenvolver transtornos psiquiátricos e alimentares, como a bulimia, por exemplo.

Indivíduos com anorexia apresentam emagrecimento rápido e acentuado, alimentam-se pouco, evitam comer com outras pessoas, são muito magros mas têm muito medo de engordar, além de terem uma visão distorcida da autoimagem, vendo-se gordos mesmo estando magros e recusando-se em assumir o emagrecimento extremo.

É comum essas pessoas praticarem muito exercício físico, podendo ainda recorrer ao uso de medicamentos laxantes e diuréticos.

Nas mulheres, que são as mais afetadas pela anorexia nervosa, sobretudo na adolescência, pode haver ausência de menstruação durante vários ciclos, além de diminuição da libido e perda das características femininas.

Nos homens, a anorexia pode causar ainda disfunção erétil e atraso na maturidade reprodutiva.

Qual é o tratamento para anorexia?

O tratamento da anorexia nervosa é feito com a recuperação do peso corporal, psicoterapia e medicamentos para controlar a ansiedade, a depressão e as atitudes compulsivas.

Se o emagrecimento ocorreu muito depressa ou for muito intenso, é fundamental recuperar o peso corporal. Nesses casos, a fase inicial do tratamento normalmente é feita em ambiente hospitalar. Nos quadros mais extremos, a pessoa é alimentada por via endovenosa ou através de uma sonda que vai do nariz ao estômago.

Após a recuperação do estado nutricional, tem início a segunda fase do tratamento da anorexia, que baseia-se sobretudo na psicoterapia. O tratamento pode incluir ainda terapia familiar e medicamentos psiquiátricos para ansiedade, depressão e compulsão.

A anorexia nervosa tem cura em cerca de 50% dos casos. Muitas pessoas com anorexia melhoram temporariamente e depois têm recaídas. Em alguns casos, a pessoa desenvolve uma forma crônica de anorexia. Prever como cada caso vai evoluir é muito difícil.

O tratamento da anorexia nervosa é feito com acompanhamento médico (psiquiatra, endocrinologista), nutricional e psicológico. É muito importante que toda a família esteja envolvida no processo.

A anorexia nervosa pode trazer várias complicações para a saúde, por isso, caso você esteja nessa situação, procure o/a clínico/a geral ou médico/a de família para maiores avaliações.

Também pode lhe interessar: Como é o tratamento para transtornos alimentares?

Tenho 13 anos e 1,71 m de altura, vou crescer mais?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Depende. O principal fator que determina se ainda deverá crescer, é a puberdade. O crescimento normal de uma criança/adolescente se dá até que ocorra a puberdade.

A puberdade começa, em média, entre os 12 - 14 anos, exatamente a sua idade, portanto é preciso saber se desenvolveu as características da puberdade, ou seja, os caracteres sexuais secundários esperados no processo da puberdade.

No caso dos meninos, em média aos 9 anos e meio começam a aparecer essas características, como o crescimento do pênis e testículos, aparecimento de pelos ao redor do pênis, axilas, barba e no peito, aumento dos músculos, alargamento dos ombros, mudança no tom da voz, que se torna mais grave, e por fim o marco da puberdade do menino, que é a primeira ejaculação.

Nas meninas, as mudanças típicas do início da puberdade se iniciam aos 12 anos de idade, em média, quando apresenta aumento na altura e no peso, alargamento da cintura, aumento dos quadris, surgimento do broto mamário, aumento dos seios gradativamente, crescimento dos pelos, odor nas axilas, até a primeira menstruação. 

Podemos dizer que até o marco da puberdade do menino ou da menina, ainda podem crescer.

Lembrando que o crescimento está relacionado a diferentes fatores, os principais são a herança genética, sistema neuroendócrino, hábitos alimentares, fatores externos e atividade física.

Deste modo, para melhor avaliação e esclarecimento de suas dúvidas, agende uma consulta com pediatra ou médico/a da família.

Pode lhe interessar também:

Até que idade uma pessoa cresce?

Até quando a mulher cresce?

Em que idade o pênis começa a crescer?

Tenho 16 anos e 1,61m o que preciso fazer para crescer mais?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Precisa ir ao médico (endocrinologista ou neuroendocrinologista ou pediatra ou qualquer médico) que possa começar uma investigação para apurar as causa de sua baixa estatura e a partir do diagnóstico planejar um tratamento.

Tenho 19 anos, posso tomar o remédio GH para crescimento?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Somente pode tomar os remédios que seu médico prescrever. Pode tomar GH, mas não vai mais crescer não, na sua idade crescer é muito improvável. Para o uso desse medicamente precisa de uma avaliação para ver se ainda pode crescer se não poder mais crescer de nada adiante tomar o medicamento, procure um endocrinologista.

Até quando os seios se desenvolvem?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Os seios se desenvolvem 1,5 a 6 anos depois do aparecimento do broto mamário. O tempo de crescimento e desenvolvimento é variável de mulher para mulher, no entanto, a maioria das adolescentes já apresentam as mamas totalmente desenvolvidas por volta dos 17 anos de idade. Portanto, no seu caso, é possível que os seios ainda se desenvolvam mais no decorrer de alguns anos.

No entanto, é importante ressaltar que o desenvolvimento não corresponde diretamente ao tamanho das mamas. É possível ter mulheres com mamas pequenas, mas que já que já apresentam os seios plenamente desenvolvidos e outras com as mamas grandes mas que ainda precisam passar por etapas de desenvolvimento. Características genéticas individuais influenciam nesse processo.

Quando se inicia o desenvolvimento dos seios?

O desenvolvimento das mamas geralmente se inicia por volta dos 8 a 13 anos de idade nas meninas, a média de idade é em torno dos 11 anos. O aparecimento do broto mamário, uma pequena nodulação embaixo do mamilo, é uma das primeiras modificações da puberdade, a partir desse momento as mamas passam por diferentes mudanças no decorrer do tempo. Esse processo inteiro pode durar até 6 anos.

Como ocorre o desenvolvimento dos seios?

No início da puberdade as glândulas que compõem o tecido mamário passam a crescer e se desenvolver, o tecido adiposo composto por gordura também aumenta, aos poucos os seios ficam maiores e mais arredondados. Algumas mudanças também ocorrem na aréola mamilar, que fica mais pigmentada e mais destacada da pele. Os mamilos também sobressaem. Aparecem ainda os tubérculos de Montgomery, que são pequenas nodulações na aréola mamilar.

Os seios ainda se desenvolvem depois da puberdade?

Depois da puberdade mudanças ainda podem ocorrer nos seios principalmente no decorrer do ciclo menstrual devido as mudanças hormonais que passam a ocorrer ciclicamente nas mulheres, pode ocorrer ainda aumento do tecido adiposo caso a mulher ganhe mais peso. Além disso, mudanças importantes acontecem durante a gravidez e a lactação, com maior desenvolvimento dos dutos mamários.

Para uma avaliação sobre o desenvolvimento mamário de adolescente consulte um médico de família, pediatra ou ginecologista.

Como faço para ver se vou crescer na altura?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Deve começar consultando um médico de família ou pediatra, para saber quanto tempo ainda se vai crescer é necessário fazer um exame de idade óssea, através de uma radiografia de mãos e punhos.

Além disso, avaliação do crescimento se inicia com a observação no decorrer do tempo da velocidade de crescimento, através de medidas periódicas da altura, também pode-se estimar a a estatura final através da avaliação da altura dos pais, por isso, consulte um profissional para ajudá-lo.

Caso se constaste alguma alteração na idade óssea deve-se investigar a causa dessas alterações. Geralmente a investigação é iniciada por um médico endocrinologista, especialista em crescimento.

O que pode interferir no crescimento?

Diferentes condições podem interferir no crescimento e na idade óssea. Entre aquelas que provocam aceleração do crescimento estão:

  • Obesidade;
  • Puberdade precoce;
  • Hiperplasia adrenal congênita;
  • Hipertireoidismo.

É importante ressaltar que mesmo que a criança ou adolescente cresça mais rapidamente devido a algum desse fatores, como no caso da obesidade, não significa que ele será mais alto, pois ele também irá parar de crescer mais rápido, com a estatura final sendo a esperada.

Já entre as possíveis causas de retardo no processo de crescimento, destacam-se:

  • Deficiência do hormônio de crescimento;
  • Hipotireoidismo;
  • Atraso da puberdade;
  • Uso de corticoesteroides.

Fatores genéticos são muito importantes para a determinação do crescimento e da estatura final. Cerca de 80% da estatura é determinada pela altura dos pais. Outros fatores que influenciam nesse processo são:

  • Qualidade da nutrição;
  • Sono adequado;
  • Prática moderada de atividade física;
  • Presença de doenças crônicas.

Para mais informações sobre o crescimento consulte um médico.