Perguntar
Fechar
Pés inchados na gravidez é normal? Como diminuir o inchaço?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Sim. Pés inchados na gravidez é normal.

Durante a gravidez é comum a retenção de líquidos ao longo do corpo. Além disso, pela questão postural da mulher, preferencialmente sentada ou em pé durante o dia, a região das pernas e pés é bastante afetada.

Em geral, o inchaço pode ser maior com o avançar das semanas de gestação.

Para aliviar o inchaço, é recomendado:

  • Uso de meias compressivas durante o dia;
  • Elevação das pernas nos intervalos do trabalho;
  • Uso de sapatos confortáveis;
  • Movimentação corporal e alternância de posições(sentada/em pé);
  • Atividade física regular e orientada;
  • Alimentação equilibrada;
  • Aumento da ingestão de água.

Esse inchaço gradual ao longo da gestação é normal. Caso o inchaço apareça de forma abrupta, é interessante ir à consulta médica para uma avaliação.

O acompanhamento do inchaço é realizado durante as consultas de pré-natal, que são fundamentais para monitoramento da saúde da gestante e do feto.

Saiba mais em: Inchaço nos pés: o que pode ser e o que fazer?

Lipoma pode virar câncer?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Não. Lipoma não vira câncer.

Lipoma é um tumor benigno do tecido gorduroso, que surge preferencialmente no tecido subcutâneo, localizado logo abaixo da pele.

Por ser um tumor benigno, o lipoma não vira câncer.

A pessoa precisa da investigação médica para descartar outros tumores parecidos com o lipoma e que podem ser malignos. Por isso, é importante uma avaliação em que o/a médico/a possa diferenciar a lesão e realizar o correto diagnóstico.

Leia também:

O que é um lipoma?

Lipoma tem cura? Qual o tratamento?

Vitiligo é hereditário?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Os estudos científicos disponíveis até hoje não evidenciaram a certeza da vinculação hereditária do vitiligo.

Há vários estudos publicados e outros que continuam sendo feitos indicando a possível relação entre os fatores genéticos e a história familiar na predisposição ao vitiligo.

Vitiligo é uma despigmentação da pele adquirida que ocorre em aproximadamente 1% da população. É o resultado de um processo auto imune contra as células melanócitos, responsáveis pela pigmentação da pele.

A causa precisa da doença é ainda desconhecida. A imunidade celular desempenha uma função importante no desenvolvimento da doença. Com isso, o organismo da pessoa inicia produção de anticorpos que combatem os melanócitos e ao destruí-los, a região afetada fica despigmentada, com uma coloração mais clara comparada com o restante da pele.

A ciência ainda precisa avançar com futuras descobertas, o conhecimento disponível evidencia possível relação com o fator hereditário, mas sem uma certeza absoluta. 

Quem toma anticoncepcional injetável pode exercitar os glúteos?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Sim. Quem toma anticoncepcional injetável pode exercitar a musculatura glútea normalmente.

O local mais indicado para aplicar o anticoncepcional injetável é a parte superior externa da região glútea (nádega). O glúteo é um músculo volumoso, permite uma aplicação profunda mais segura e facilita a absorção do medicamento.

A técnica em Z é o método de aplicação mais usado para os anticoncepcionais injetáveis, pois evita o refluxo do medicamento, a formação de nódulos e o escurecimento da pele.

Vale lembrar que o local de aplicação do anticoncepcional não deve ser massageado após a injeção.

A mulher que toma injeção anticoncepcional mensal ou a cada 3 meses pode continuar suas atividades físicas e de musculação normalmente.

Leia também:

Anticoncepcional injetável pode ser aplicado no braço?

Quanto tempo dura o efeito anticoncepcional da injeção mensal?

Vantagens e desvantagens do anticoncepcional injetável?

Quem está menstruada pode fazer drenagem linfática?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Sim. Quem está menstruada pode fazer drenagem linfática.

A drenagem linfática é uma massagem corporal que estimula a absorção dos líquidos retidos nos tecidos e que provocam inchaços.

No período menstrual e no pré menstrual, a mulher pode apresentar benefícios com a drenagem linfática no alívio das dores, dos inchaços e relaxamento muscular.

A drenagem linfática pode ser realizada em qualquer período do ciclo menstrual da mulher, sem contraindicação para o período menstrual.

Algumas mulheres sentem alívio após a drenagem linfática justamente pois essa pode reduzir os efeitos da tensão pré menstrual e menstrual.

A mulher que sente mais fortemente os efeitos da tensão menstrual e pré menstrual também pode realizar algumas ações que minimizam esses efeitos, como por exemplo:

  • Praticar atividades físicas regularmente;
  • Aumentar o consumo de água;
  • Reduzir o consumo de sal;
  • Ter uma alimentação saudável. 
É verdade que devemos beber 2 litros de água por dia?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Não, não é verdade que todos devemos beber 2 litros de água por dia. A quantidade ideal de água que temos que ingerir diariamente varia de pessoa para pessoa, de acordo com peso, idade, alimentação, temperatura ambiente e estilo de vida.

Por isso, nem todas as pessoas precisam beber 2 litros de água todos os dias. Para adultos, a recomendação é de 30 ml/kg/dia.

Assim, um adulto com 70 kg precisa, em média, de 2,1 litros de água por dia, enquanto para outro adulto com peso de 50 kg, basta 1,5 litro de água, para manter-se bem hidratado.

Essa quantidade deve ser ajustada conforme as necessidades do indivíduo e do ambiente. Por exemplo, se a pessoa estiver com febre, se o dia estiver quente, durante e após os exercícios físicos, depois de uma refeição muito temperada, deve-se aumentar a ingestão de água.

Se um atleta estiver praticando exercícios de alto rendimento, a água deverá ser consumida aos poucos ou com quantidades variadas de minerais, para evitar a diluição dos mesmo, e com isso, o risco de fadiga ou dificuldade na execução dos movimentos.

Como saber quando preciso beber água?

Para saber se o corpo está precisando de água, basta seguir a sensação de sede. Se tiver sede, é porque já passou da hora de beber água e o corpo está dando o sinal para evitar uma desidratação.

Porém, uma outra forma de saber se o corpo precisa de água é observar a cor da urina. Se ela estiver incolor, como a água, é sinal de que você está bebendo a quantidade de água que o seu organismo precisa.

Contudo, se a urina estiver com uma cor amarela forte, é porque está faltando água, portanto precisa ingerir mais líquidos ao longo do dia.

Para maiores esclarecimentos, fale com o seu médico de família ou um clínico geral.

Leia também: Beber muita água faz mal?

Referência:

SBN - Sociedade Brasileira de Nefrologia.

Picolinato de cromo emagrece? Saiba como tomar e quais os seus efeitos colaterais
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

O picolinato de cromo é um produto registrado pela ANVISA, na categoria de suplemento vitamínico e ou mineral, popularmente usado para fins de emagrecimento, porém ainda sem registro ou eficácia comprovada para esse fim.

Picolinato de Cromo x Emagrecimento

Embora ainda não esteja cientificamente comprovado que o produto promove o emagrecimento, alguns estudos evidenciaram esse resultado. Pesquisadores entendem que o produto seja capaz de estimular a redução do apetite e o desejo por comida, além de acelerar o metabolismo e impulsionar a queima de gordura. O que levaria a perda de peso.

O cromo é um mineral essencial que participa no metabolismo dos carboidratos, aumenta a tolerância do organismo à glicose e potencializa a ação da insulina. Além disso, auxilia na redução da formação de colesterol. Este mineral pode ser ingerido em sua forma natural por meio da alimentação.

Como tomar picolinato de cromo

A dose recomendada deve ser de 50 a 300 microgramas (mcg) por dia.

Entretanto, a suplementação com picolinato de cromo deve ser prescrita e orientada por médico/a ou nutrólogo. Seu uso deve ser associado a uma alimentação saudável e à prática de atividade física.

Contraindicações do picolinato de cromo
  • Insônia
  • Alterações de humor
  • Cefaleia (dor de cabeça)
  • Perda de minerais (ferro)
  • Vômitos
  • Diarreia
  • Surgimento de úlceras
  • Anemia
  • Problemas de fígado
Fontes naturais de cromo

O cromo pode ser encontrado em grãos integrais, frutas, vegetais, leguminosas alimentos de origem animal e alimentos integrais.

Grão integrais
  • Aveia
  • Linhaça
  • Chia
Frutas
  • Uva
  • Maçã
  • Laranja
  • Açaí
  • Banana
Vegetais
  • Espinafre
  • Brócolis
  • Tomate
  • Alho
  • Cenoura
  • Batata
Leguminosas
  • Soja
  • Milho
  • Feijão
Alimentos de origem animal
  • Frango
  • Carnes
  • Frutos do mar
  • Ovos
  • Leite e derivados
Alimentos integrais
  • Pão integral
  • Arroz integral
  • Massas integrais
  • Açúcar mascavo
  • Farinha de trigo integral
  • Levedura de cerveja

Não utilize suplementos alimentares sem orientação de um/a nutricionista ou nutrólogo/a e adote um estilo de vida que inclua uma alimentação saudável e a prática de exercícios físicos.

Leia mais

Remédios para emagrecer

7 Erros que você não pode cometer se quer emagrecer

Não consigo emagrecer, o que devo fazer?

Qual o peso mínimo para poder engravidar?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Não existe propriamente um peso mínimo para poder engravidar. O ideal é que a mulher esteja dentro do peso considerado normal para a sua altura antes de engravidar.

Para saber se alguém está acima, abaixo ou dentro do peso ideal, utilizamos o cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC), que é obtido dividindo-se o peso pelo quadrado da altura → IMC = Peso (kg) ÷ Altura (m) 2.

Dessa forma, obtêm-se a seguinte classificação:

IMC inferior a 16 Magreza grave
IMC de 16 a 16,9 Magreza moderada
IMC de 17 a 18,4 Magreza leve
IMC de 18,5 a 24,9 Faixa de peso saudável
IMC de 25 a 29,9 Sobrepeso
IMC de 30 a 34,9 Obesidade grau 1
IMC de 35 a 39,9 Obesidade grau 2
IMC acima de 40 Obesidade grau 3 ou mórbida

Assim, quem pretende engravidar deve preferencialmente estar com um IMC entre 18,5 e 24,9. Por exemplo, uma mulher com 1,65 m de altura e que antes da gravidez está com 60 kg, tem um IMC de 22, portanto está dentro da faixa de peso considerada ideal ou saudável para a sua altura (IMC = 60 ÷ (1,65)2 = 22).

Dessa forma, pode-se concluir que o peso mínimo recomendado para engravidar é definido pelo IMC de valor igual a 18,5.

Mulheres que engravidam com baixo peso (IMC inferior a 18,5) têm que ganhar de 12,5 a 18 kg durante a gravidez, pois existe o risco do bebê ter o crescimento intrauterino restrito durante a gestação ou apresentar baixo peso ao nascimento. A própria saúde da gestante pode ser prejudicada se ela estiver abaixo do peso, por carências nutricionais.

Por isso antes de engravidar recomenda-se controlar o peso (ganhar, perder ou manter), de maneira a mantê-lo dentro dos limites considerados normais e evitar futuros problemas gestacionais que podem afetar a mãe e o bebê.

Leia também:

Qual o peso ideal na gravidez? Como calcular?

9 Coisas que Você Deve Fazer Antes de Engravidar