Perguntar
Fechar

Estética, Beleza e Saúde

Cabelos que não crescem o que fazer?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

A causa mais comum de problemas de saúde relacionados com os cabelos é a anemia. Talvez devesse fazer um exame de Hemograma para verificar se não tem anemia. Mesmo que dê negativo o exame de anemia, em alguns casos o tratamento usado para anemia com vitaminas a base de Ferro podem ajudar no seu problema com os cabelos, mas não é garantia. Já tive alguns pacientes com bom resultado, mas também já tive pacientes que tentei o mesmo tratamento e não funcionou. O ideal é procurar um médico para fazer o exame e para pegar a receita do remédio. Evite a auto-medicação.

Porque devo usar protetor solar?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

O protetor solar deve ser usado com a finalidade de prevenir câncer de pele, envelhecimento da pele e outras doenças como as fotodermatoses.

Os raios solares emitem radiação ultravioleta, um tipo de radiação não perceptível a olho nu e capaz de provocar algumas alterações na pele de forma aguda, como as queimaduras solares ou de forma prolongada, como o câncer de pele e o envelhecimento. Esses raios são responsáveis pelo aumento da pigmentação da pele e apresentam um papel importante no envelhecimento da pele e no desenvolvimento de alterações celulares que levam ao câncer de pele. O protetor solar é capaz de evitar os danos causados por essa exposição aos raios ultravioleta. Recomenda-se usar um protetor solar com fator de proteção solar (FPS) maior que 30, sendo que após esse nível não há diferenças importantes na proteção.

O Brasil, por ser um país tropical, apresenta uma alta taxa de incidência solar ao longo do ano e em todas as regiões.

O uso do protetor solar deve ser feito regularmente por todas as pessoas independente do tipo de pele. Ele deve ser usado tanto em dias ensolarados quanto nos dias encobertos por nuvens e dias chuvosos.

É indicado passar o protetor na pele de forma que cubra toda a superfície exposta ao sol. Aplicar pelo menos 15 a 20 minutos antes da exposição ao sol e retocar a cada 2 horas. Quem entra na piscina ou no mar, deve repassar o protetor quando sair da água mesmo se usar os produtos que vem escrito no rótulo "resistente à água".

Use protetor solar regularmente.

A dieta do HCG faz mal à saúde? Quais os riscos?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Sim, a dieta do HCG pode fazer mal à saúde, pois o uso do hormônio HCG pode aumentar o risco de tromboembolismo (formação de coágulos), levar ao acumulo de líquidos (edema), provocar depressão e dores de cabeça, e ocasionar sintomas decorrentes da ação hormonal do HCG como ginecomastia, que é o crescimento da mama em homens.

Algumas pesquisas inclusive associam a realização da dieta do HCG com um aumento do risco de câncer de mama a longo prazo.

Nas mulheres as alterações hormonais podem levar a:

  • Ciclos menstruais irregulares;
  • Sangramento vaginal;
  • Aumento das mamas;
  • Cistos no ovário;
  • Dor nas mamas;

Nos homens a dieta pode levar a problemas relacionados a produção de esperma e fertilidade.

Além dos riscos associados ao uso do hormônio HCG, o fato de ser uma dieta restritiva, com uma ingesta diária de quantidades muito pequenas de calorias (cerca de 500 Kcal/dia), também provoca diversos efeitos colateraisdecorrentes da carência de nutrientes essenciais ao organismo. Entre os mais comuns estão:

  • Fraqueza;
  • Cansaço;
  • Tontura;
  • Dor de cabeça;
  • Irritabilidade.

A Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) e a Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (ABESO) afirmam que o uso do HCG para emagrecer não tem nenhuma eficácia, uma vez que não há evidências científicas sólidas que comprovem o seu efeito no tratamento da obesidade.

A SBEM e a ABESO também consideram que o tratamento com HCG pode ser prejudicial para as pessoas, por apresentar potenciaisriscos para a saúde.

Para maiores esclarecimentos sobre os riscos da dieta do HCG para a saúde, fale com o seu médico. Caso pretenda perder peso procure uma orientação profissional com um nutricionista.

Leia também: Como funciona a dieta do HCG?

Alargar a orelha faz mal?

Alargar a orelha pode fazer mal à saúde, principalmente devido ao risco de infecções e reações alérgicas. Além disso, sem os cuidados adequados, pode ocorrer também formação de queloide ou até rompimento da cartilagem pelo uso de alargadores grandes demais.

Paraevitarcomplicações, quem quiser alargar a orelha deve procurar estabelecimentos em que os aparelhos utilizados para fazer os furos sejam esterilizados em autoclave. O local deve estar aprovado pela vigilância sanitária.

Os profissionais devem estar devidamente qualificados e possuir alvará de funcionamento, além de agulhas e cateteres descartáveis. 

Um procedimento básico para evitar infecções é a colocação de um acessório que cobre o furo durante 30 dias. Assim, evita-se a exposição do local para impedir a entrada de bactérias que poderiam infectar a região.

Outros cuidados que devem ser tomados para evitar complicações ao alargar a orelha:

  • Não fazer o alargamento em casa. Procurar um profissional de body piercer;
  • Utilizar alargadores de titânio, teflon ou aço cirúrgico, pelo menos no início, pois diminuem o risco de alergia e ajudam na cicatrização;
  • Limpar diariamente o local com sabonete antisséptico é fundamental para evitar infecções.

Para maiores esclarecimentos, consulte um médico dermatologista.

Rosácea tem cura? Qual o tratamento?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

A rosácea não tem cura, por isso o tratamento é focado na redução e supressão dos sintomas.

O tratamento mais utilizado para reduzir o rubor facial é o uso de pomadas/cremes contendo corticoide. Esse tratamento deve ser indicado pelo/a médico/a dermatologista e a medicação deve ser utilizada pelo tempo previsto e na dosagem recomendada.

As pessoas com rosáceas devem tomar algumas medidas para prevenir o agravamento dos sintomas, tais como:

  • Usar protetor solar diariamente com repetições ao longo do dia;
  • Evitar o uso de produtos na face contendo álcool, ácidos ou outros ingredientes que possam irritar a pele;
  • Usar produtos de limpeza de pele sem perfume;
  • Evitar situações que podem desencadear os sintomas como exposição solar, ao frio, ao calor, consumo de bebidas alcoólicas, alimentos condimentados e apimentados e estresse.

Caso o tratamento não esteja resultando em melhoras, você deve consultar novamente seu/sua médico/a para uma reavaliação.

O que é foliculite?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Foliculite é uma infecção bacteriana superficial do folículo capilar. Por isso, em qualquer região do corpo que contenha pelo, a foliculite pode acontecer, apesar de ser mais frequente em regiões submetidas à depilação ou raspagem frequente como barba, axilas, virilha e coxas.

Em geral, a foliculite resolve espontaneamente sem necessidade de um tratamento específico. Porém, algumas medidas podem aliviar a dor e o incômodo como:

  • Compressas mornas no local da inflamação;
  • Evitar depilação e raspagem dos pelos.

Caso a foliculite fique persistente, pode ser indicado o uso de pomadas contendo antibiótico ou drenagem para eliminação do pus.

Leia também:

Existe algum tratamento para foliculite?

Nasci com onfalocele gigante, tenho 21 anos, sinto-me mal...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Todos estes sentimentos são perfeitamente aceitáveis frente ao defeito físico que você tem, o mais importante e grave é que não está conseguindo lidar com essa situação, esconder com um top ou camisola não deixa que os outros vejam, mas você vê (e sente), provavelmente tem mais repúdio de si mesma do que as outras pessoas tem repúdio de você. Vou te dar um exemplo da situação que quero que você entenda: algum rapaz alguma vez já deixou de transar com você por causa disso? Eu duvido. Precisa começar a aceitar seu problema como uma benção, se não fosse uma cicatriz talvez você nem estaria viva. Aparência física não é o principal de uma relação, se fosse não existiriam pessoas bonitas solteiras, sozinhas, separadas e infelizes. Procure um psicólogo e comece a fazer terapia, precisa "trabalhar" isso.

Durante a gravidez o cabelo cresce?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Os cabelos da mulher são submetidos a várias mudanças durante a gravidez e puerpério.

Com essas diversas mudanças, o cabelo pode apresentar um aumento ou redução do crescimento normal.

As alterações hormonais provocadas pela gravidez podem induzir o aumento do cabelo e pelos corporais ou a redução dos mesmos.

Em casos raros, no final da gravidez, pode ser observado uma queda de cabelo na região frontal, o que é recuperado após o término da gestação.

Algumas mulheres observam o afinamento do cabelo, o que pode deixar o cabelo menos denso do que era antes da gravidez.

Leia também:

Que mudanças podem acontecer na pele e no cabelo durante a gravidez?

Essas e outras dúvidas você pode conversar durante as consultas de pré-natal.