Perguntar
Fechar
Água oxigenada clareia os dentes? Faz mal usar na boca?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Água oxigenada não clareia os dentes, apesar do peróxido de hidrogênio, que é a água oxigenada, ser utilizado na composição do gel clareador. Porque a água oxigenada vendida em farmácias possui uma concentração muito baixa de peróxido de hidrogênio e não contém os compostos que dão mais estabilidade à essa substância.

Para clarear os dentes, a água oxigenada deveria ter uma concentração muito mais elevada, sendo um produto completamente diferente do gel clareador, o que sem os devidos cuidados, poderia causar danos a mucosa de dentro da boca.

A sensação de dentes limpos que as pessoas referem está relacionada com o fato de a água oxigenada remover o esmalte do dente e, com ele, as manchas e a sujeira.

A desmineralização do esmalte deixa-o poroso e favorece o acúmulo de alimentos e a formação de manchas, aumentando a necessidade de mais bochechos. É um ciclo vicioso.

Faz mal usar água oxigenada na boca?

Sim. Faz mal usar água oxigenada na boca, por diversas razões:

  • O peróxido de hidrogênio, quando quebrado dentro do corpo, libera radicais livres, que estão associados ao envelhecimento dos tecidos e alguns tipos de câncer;
  • Pode provocar irritação e lesão na mucosa bucal, garganta e gengiva, com maior risco de efeito carcinogênico, ou seja, pode levar ao desenvolvimento de câncer de boca àquele que tenha predisposição genética;
  • Pode destruir o esmalte, dentina, cemento, polpa e gengiva;
  • Além da água oxigenada promover o desenvolvimento de câncer bucal, ela potencializa o efeito de outros agentes indutores do câncer de boca, garganta, esôfago, estômago e intestino, como cigarro, álcool, vírus, entre outros;
  • A água oxigenada deixa as mucosas bucais e a gengiva vermelhas devido à agressão, com início de dissolução dos tecidos e inflamação;
  • Queima e pode até necrosar (matar as células) das papilas gengivais;
  • Desmineraliza o esmalte do dente, deixando-o mais poroso, o que faz com que o alimento se acumule provocando um aspecto de sujeira.

O clareamento de dentes deve ser feito por um dentista e mesmo que o paciente opte por um método caseiro, com gel clareador, deve haver supervisão e orientação do profissional.

Pode lhe interessar também:

Sulfato ferroso usado para anemia escurece os dentes?

Falta de dentes pode prejudicar o intestino?

Existe algum remédio para engordar?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Não existe remédio para fazer engordar. Existem medicamentos que auxiliam a aumentar o apetite e massa muscular.

Há medicamentos, como os antialérgicos, que aumentam o apetite e podem ajudar a ganhar peso, embora nem sempre de maneira saudável, deve-se ter muito cuidado com a alimentação para evitar doenças relacionadas ao aumento de gordura no corpo. Não existe remédio capaz de produzir gordura corporal sem que a pessoa coma mais.

A Buclina e Complexo B são indicados em alguns casos, como tratamento de doenças que causam náuseas, distúrbios alimentares, principalmente na infância, entre outros.

Saiba mais em: Posso tomar Buclina e complexo B para engordar?

Outros medicamentos como a cortisona e a insulina não estão indicadas para aumentar o peso, pois levam também à perda de massa muscular e ganho de gordura, além do risco de hipoglicemia (baixos níveis de açúcar no sangue), quando insulina estiver muito alta.

Os anabolizantes com hormônios masculinos, como a testosterona, aumentam a massa muscular e por isso fazem ganhar peso. No entanto, eles provocam vários efeitos colaterais e podem trazer graves prejuízos à saúde do homem e da mulher.

Se você acha que já come o suficiente e não consegue engordar, consulte um/a médico/a endocrinologista para garantir que não tem haja nenhum problema de saúde e, junto a um/a nutrólogo ou nutricionista, seja desenvolvida estratégias e um plano alimentar adequado para o seu tratamento.

Leia também:

Quais os remédios que engordam e emagrecem?

Mulher grávida pode fazer banho de lua?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Sim, mulher grávida pode fazer banho de lua, desde que tenha alguns cuidados. A gestante que pretende descolorir os pelos do corpo deve esperar passar o 1º trimestre de gravidez e nunca usar produtos à base de amônia. 

O banho de lua com água oxigenada é permitido na gravidez, mas só a partir do 2º trimestre de gestação.

Mesmo assim, recomenda-se que o produto seja deixado na pele durante no máximo 5 minutos e que a água oxigenada tenha o grau mínimo.

A descoloração dos pelos com amônia é totalmente contraindicada durante toda a gravidez, pois a substância é absorvida pela pele e pode chegar à corrente sanguínea, intoxicando o feto ou provocando malformações fetais.

Uma boa solução caseira para clarear os pelos na gravidez e que não tem nenhuma contraindicação é usar uma mistura de iogurte natural com chá de camomila.

Basta aplicar sobre os pelos e deixar o local tomar sol. Atenção apenas ao horário de exposição solar, que deve ser antes das 10hs e depois das 16hs.

Apesar de demorar mais para dourar os pelos, o iogurte natural com camomila pode ser usado inclusive no 1º trimestre de gravidez sem risco de prejudicar o bebê.

Para maiores esclarecimentos, fale com o seu médico obstetra ou consulte um médico dermatologista.

Leia também:

Quem está grávida pode fazer peeling?

Grávida pode fazer luzes no cabelo?

Posso fazer banho de lua amamentando?

7 Coisas que uma Grávida Não Deve Fazer

Piercing no tragus inflamado: o que fazer?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Se o local do piercing no tragus estiver inflamado, não retire o piercing e procure imediatamente um médico, de preferência dermatologista.

Qualquer tipo de infecção na cartilagem da orelha, neste caso no tragus, deve ser tratada rapidamente pois pode evoluir e tornar-se grave.

Na maioria das vezes aplicar uma pomada cicatrizante não é suficiente, mesmo quando indicada pelo próprio profissional que fez o piercing. Se o local estiver infectado por bactérias, pode ser necessário aplicar pomadas com antibióticos específicos.

O grande problema das inflamações ou infecções em piercings no tragus, e na orelha em geral, é que a cartilagem possui poucos vasos sanguíneos. Por isso, o tratamento de qualquer infecção no local pode ser tornar difícil, porque havendo pouco sangue, diminui o fluxo de anticorpos e células de defesa que poderiam combater a infecção.

Da mesma forma, o fluxo de antibióticos tomados por via oral também pode ser insuficiente. Daí a importância em iniciar o tratamento o quanto antes.

Uma infecção não tratada no tragus pode provocar a morte do tecido (necrose) ou, em casos mais graves, evoluir para uma septicemia (infecção generalizada).

Em caso de inflamação no local do piercing, procure um médico dermatologista (de preferência) ou um clínico geral ou médico de família.

Pode lhe interessar também:

Piercing no septo: que cuidados devo ter?

Que cuidados devemos ter depois de colocar um piercing?

Fazer piercing no tragus dói? Quais os riscos?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Sim, fazer piercing no tragus dói. Apesar do tragus ser formado por cartilagem, que não tem receptores nervosos para dor, a pele que o recobre tem muitos receptores, o que causa dor no momento da perfuração.

A exata mensuração da dor depende da sensibilidade individual de cada pessoa, mas em geral costuma ser suportável.

Riscos de colocar um piercing

Os riscos de colocar um piercing no tragus são basicamente os mesmos de colocá-lo em outros locais do corpo, sendo eles:

  • Infecção local, a curto prazo é mais comum;
  • Reações alérgicas, que podem surgir até anos após a colocação do piercing, quando o organismo entende que possui um corpo estranho e tenta expulsá-lo;
  • Contaminação de vírus como da hepatite, HIV ou micoses atípicas.

Para minimizar as chances de complicações e os riscos para a saúde, é importante tomar algumas precauções antes de colocar o piercing:

  • Verifique se o estabelecimento possui licença da Secretaria Municipal de Saúde e Vigilância Sanitária;
  • A pele onde o piercing será colocado deve estar sadia, sem doenças, queimaduras ou alergias;
  • Verifique as condições de higiene do estabelecimento e peça para ver como é feita a esterilização e a higienização dos materiais utilizados;
  • Usar sempre agulhas e lâminas descartáveis;
  • Depois de colocar o piercing, lave o local com água e sabão diariamente, duas e três vezes ao dia, até a completa cicatrização, que pode levar até 6 meses.

Apesar dos riscos, a orelha é um dos locais mais seguros para se colocar um piercing, pois é arejada e seca, embora isso não significa que mereça menos cuidados, pois uma infecção no local pode provocar a morte do tecido (necrose) e deformidades definitivas.

Importante também realizar uma avaliação médica previamente à colocação de piercing, pois o uso de algumas medicações, como anticoagulantes, dependendo da dose, contraindicam esse procedimento, assim como certas doenças.

Convém informar ainda que de acordo com a lei estadual 9.828/97 de São Paulo, menores não podem fazer tatuagens nem mesmo com o consentimento dos pais, devido justamente ser uma situação de agressão e pele e um procedimento definitivo.

Caso aconteça alguma reação local não esperada como febre, mal-estar ou vermelhidão no local, procure um médico clínico geral, médico de família ou um dermatologista o quanto antes.

Pele oleosa pode ser sintoma de gravidez?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Sim, pele oleosa pode ser sintoma de gravidez.

As alterações na pele, que pode ficar mais oleosa ou mais ressecada, dependendo da mulher, são observadas durante a gravidez.

Além do aumento (ou diminuição) da oleosidade da pele, o início da gestação também é marcado pelas seguintes alterações:

  • Atraso menstrual;
  • Mamas doloridas e inchadas;
  • Escurecimento dos mamilos;
  • A mulher começa a urinar com mais frequência;
  • Enjoos e vômitos;
  • Pequeno sangramento (nem sempre), acompanhado por cólicas uterinas;
  • Cansaço;
  • Sonolência.

Leia também: Sintomas de Gravidez; Sintomas de gravidez só aparecem após o atraso menstrual?

A gravidez também deixa a pele mais luminosa e viçosa, devido ao aumento das células de gordura do corpo, que esticam a pele e melhoram o seu aspecto. Porém, se a mulher já tiver tendência para ter pele oleosa, ela poderá desenvolver espinhas.

Contudo, pele oleosa também pode ser sintoma de síndrome do ovário policístico, uma doença nos ovários que também provoca acne, aumento dos pelos do corpo e obesidade.

Veja mais sobre o assunto em Pele e cabelo oleosos: o que pode ser e o que fazer?

Para saber se está mesmo grávida, o melhor é esperar pela menstruação. Se ela atrasar, faça um teste de gravidez de farmácia. Se estiver grávida, consulte o/a médico/a ginecologista, clínico/a geral ou médico/a de família. Caso contrário, procure o/a médico/a dermatologista, clínico/a geral ou médico/a de família para fazer uma avaliação da pele oleosa.

Beber muita água faz mal?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Raramente. Segundo a Sociedade Brasileira de Nefrologia, seria preciso mais de 15 litros de água por dia para sobrecarregar um rim saudável. Por isso, na grande maioria das vezes, beber muita água não faz mal, faz bem à saúde.

A água é a substância mais importante para o bom funcionamento do organismo. No entanto, em determinadas situações, como nos casos de cardiopatia grave ou insuficiência renal, beber muita água pode causar sobrecarga para esses órgãos e complicações graves.

Portanto, existem formas de saber exatamente quantos litros de água por dia cada pessoa precisa beber, de acordo com a sua saúde, peso, idade e hábitos de vida.

Como saber quantos litros de água devo beber por dia?

Segundo a sociedade brasileira de nefrologia e a OMS (organização mundial de saúde), existem diferentes mecanismos para definir a quantidade ideal de água por dia para cada pessoa.

Em princípio, para indivíduos saudáveis, o mecanismo da sede, guiado pelo sistema nervoso central, é suficiente para indicar a quantidade necessária de água a ser ingerida diariamente. Sentiu sede, deve beber água.

Outra medida simples e eficaz, é de acordo com o peso da pessoa. Uma pessoa saudável deve beber em média 30 ml de água por quilo de peso, por dia. Por exemplo, um adulto sem problemas cardíacos ou renais, com peso de 70 kg deve beber 2,1 litros de água por dia (70 x 30 = 210 ml).

Para uma mulher saudável de 58 kg, a conta é de 58 x 30 = 174 ml (1,7 litros) de água por dia.

Para um cálculo mais específico, porém mais complexo de avaliação, a base do é feita de acordo com o volume de água perdido nas 24h, mensurado pela urina diária.

Calcula-se 500 ml + o volume diário de urina. Então se uma pessoa urina 300 ml por dia, deve tomar 800 ml de água por dia (500 + 300).

Nas situações relacionadas à atividade esportiva, o médico especialista em medicina do esporte é o profissional indicado para orientar a reposição de líquidos. Quais os problemas que o excesso de água pode causar?

O excesso de água no organismo pode causar a redução da quantidade de sódio e potássio no sangue, por diluição e acúmulo desse líquido. Essas alterações levam ao quadro clínico de: náuseas, vômitos, cãibras, dor de cabeça, fadiga, confusão mental e, em casos mais graves, convulsões, edema agudo do pulmão e risco de morte.

Quais são os benefícios da água?

A água exerce diversas funções no organismo, tais como:

⇒ Promove boa circulação sanguínea; ⇒ Participa da formação e transporte de hormônios, enzimas e células do sangue; ⇒ Atua como solvente, ajudando a dissolver substâncias e promover reações químicas; ⇒ Lubrifica as articulações; ⇒ Atua na regulação da temperatura corporal; ⇒ É essencial para a digestão, quebra e absorção dos nutrientes, promovendo um bom funcionamento intestinal.

Para maiores esclarecimentos, converse com o médico de família ou clínico geral, que poderão orientar-lhe sobre a necessidade de ingestão de água diária.

Leia também: É verdade que devemos beber 2 litros de água por dia?

Referência:

SBN - Sociedade Brasileira de Nefrologia

Tomar vinagre para emagrecer faz mal?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Tomar vinagre para emagrecer pode fazer mal à saúde, pois o vinagre é muito ácido e, em excesso, pode irritar a gargante, o estômago e até ferir as mucosas, causando azia e dor de estômago.

Além disso, não existem evidências científicas de que o consumo de vinagre antes das refeições ajuda a emagrecer, como sugere a dieta do vinagre.

O vinagre de maçã tem sido muito usado em dietas de perda de peso, pois há indícios de que o ácido acético, principal componente do vinagre, tenha ação termogênica acelerando o metabolismo.

Outros supostos benefícios atribuídos ao vinagre é a diminuição da absorção de carboidratos e o prolongamento da sensação de saciedade, o que também poderia contribuir para o emagrecimento.

Contudo, mesmo que o vinagre tenha propriedades que interfiram no metabolismo e ajude a emagrecer, a perda de peso só será possível através da alimentação balanceada, com baixas calorias, de preferência associada a exercícios físicos.

Leia também: O que fazer para emagrecer?

Não existe nenhum alimento capaz de fazer emagrecer por si só. Mesmo os alimentos termogênicos, que de fato aceleram o metabolismo, como a canela e o chá verde, não são capazes de produzir uma perda de peso perceptível na balança.

Se pretende emagrecer de forma saudável, consulte um profissional nutricionista para seguir um plano alimentar personalizado, adequado às suas necessidades calóricas e nutricionais.

Também podem lhe interessar:

7 Erros que Você não Pode Cometer se Quer Emagrecer

Tomar termogênico faz mal?