Amamentação

Qual a alimentação ideal para quem está amamentando?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

A mulher que está amamentando precisa de uma alimentação equilibrada que deve incluir:

  • frutas,
  • verduras,
  • legumes,
  • ovos,
  • queijos,
  • alguns peixes,
  • carne,
  •  frango,
  • alta ingestão de água.

A suplementação vitamínica é indicada apenas em mulheres veganas (fazem dieta vegetariana estrita) com vitamina B12 e em mulheres anêmicas com ferro.

O que deve ser evitado?

Alguns peixes (tubarão, peixe-espada, cavala, pirá ) devem ser evitados pois contém alta concentração de mercúrio e podem prejudicar o desenvolvimento cerebral do bebê. Outros peixes e frutos do mar com menor concentração de mercúrio (camarão, atum, salmão, badejo, cação, robalo listrado e marlim) podem ser consumidos no máximo 2 vezes por semana.

A cafeína (café, chá preto, refrigerante cola) não deve exceder 3 xícaras por dia, pois pode provocar no bebê agitação e problemas para dormir.

O cigarro é proibido porque reduz a quantidade de leite e causa inúmeros prejuízos para o bebê como problemas respiratórios, infecções nos pulmões e ouvidos.

O álcool pode ser consumido bem raramente e, de preferência, logo após a mamada pois demora cera de 2 horas para ser eliminado pelo organismo da mãe.

A amamentação deve ser exclusiva até os 6 meses, se você tem dúvidas procure o médico de família ou o pediatra.

Leia também: Amamentar aumenta o apetite?

Amamentando posso tomar qualquer anticoncepcional?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Amamentando somente pode tomar anticoncepcionais que contenham apenas progestágenos e que não contenham estrógenos.

A pílula anticoncepcional Siblima é composta por gestodeno e etinilestradiol, ou seja, é um anticoncepcional combinado que contém progestágeno e estrógeno. Por isso, a mulher que está amamentando não deve usar o Siblima. É importante realizar uma nova consulta médica para mudança de pílula anticoncepcional.

A lactação pode ser afetada pelos contraceptivos orais combinados, pois contraceptivos orais combinados podem reduzir a quantidade e alterar a composição do leite materno. Em geral, não deve ser recomendado o uso de contraceptivos orais combinados até que a mulher tenha deixado totalmente de amamentar a criança.

Durante o período de amamentação é indicado o uso de outras pílulas como as que apresentam apenas progestágeno ou outro método contraceptivo como o DIU (Dispositivo Intra Uterino) ou injeção.

A mulher que amamenta deve tomar cuidado com uso de qualquer medicação e fazer uso de contraceptivo adequado a esta fase da vida; para isso deve se informar durante a consulta seu médico/a ginecologista e definir o tratamento mais indicado.

Leia também:

É possivel engravidar durante a amamentacao?

Anticoncepcao e amamentacao

Tomo Contracep há 02 anos, e nunca veio minha menstruação...
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Pequenas sangramentos que as vezes duram vários dias são uma ocorrência comum em quem usa Contracep. É possível tanto apresentar um pequeno sangramento de escape, como parece ser o seu caso, quanto ter a menstruação cessada por alguns períodos e não menstruar, ambas as situações são normais.

Quais mudanças no sangramento podem acontecer com o Contracep?

Como o Contracep, é um anticoncepcional injetável composto de progesterona, mudanças no padrão menstrual são comuns. Nos primeiros três meses de uso é possível haver irregularidade menstrual ou mesmo um aumento do sangramento.

Com o decorrer do tempo a tendencia é o sangramento tornar-se mais escasso. É possível que ocorra em um ano de uso ausência de sangramento, apenas um sangramento raro ou que a irregularidade menstrual persista. A irregularidade menstrual pode incomodar algumas mulheres, no entanto, a tendencia é essa irregularidade diminuir com o decorrer do tempo.

É prejudicial ficar sem menstruar?

Não menstruar com o uso do Contracep não é prejudicial, não corresponde a nenhuma doença. Quando a mulher deixar de fazer uso do contraceptivo em alguns meses ela voltará a apresentar os ciclos menstruais como anteriormente.

Para algumas mulheres o efeito de não menstruar é desejável por contribuir com a redução de cólicas, sangramento e sintomas menstruais, no entanto, outras podem ficar incomodadas em não menstruar, nesse caso podem avaliar a troca por um outro método em que a menstruação não seja suprimida tão frequentemente, como com o uso do injetável mensal.

Para mais esclarecimentos sobre o efeito do anticoncepcional injetável trimestral na menstruação converse com o seu médico ginecologista ou médico de família.

Parei de amamentar, mas o Norestin ainda não acabou. Devo parar ou continuar tomando?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

O Norestin é uma pílula anticoncepcional composta apenas por progestágeno. Ela pode ser usada pelas mulheres não apenas durante a amamentação. Por isso, mesmo tendo parado de amamentar, a mulher pode continuar o uso do Norestin normalmente.

A medicação deve ser tomada em 1 comprimido por dia sempre no mesmo horário.

Caso você pretenda mudar de método anticoncepcional, é recomendado uma consulta com o/a médico/a ginecologista, médico/a de família ou clínico/a geral para uma avaliação e ponderação de qual método é mais adequado à você.

Enquanto estava amamentando o médico receitou Cerazette...
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Não há necessidade de trocar de anticoncepcional, ele pode ser usado para quem não amamenta também.

O Cerazette é uma pílula anticoncepcional composto apenas por desogestrel, um progestógeno de 3ª geração. Por não conter estrógeno é uma pílula que pode ser usada durante todo o período de amamentação e por aquelas mulheres que não podem fazer uso de estrógeno.

Quando a mulher para de amamentar, pode ser recomendada a mudança de pílula anticoncepcional para uma que seja combinada (contendo progestágeno e estrógeno).

Os anticoncepcionais só de progestógenos em baixas doses podem ocasionar mudanças no padrão menstrual levando a irregularidades no fluxo menstrual.

São pílulas que apresentam uma eficácia maior quando usadas por mulheres que estão amamentando e se forem usadas corretamente, ou seja, se forem tomadas todos os dias no mesmo horário, sem nenhum esquecimento.

O uso do Cerazette pode levar a alterações do padrão menstrual podendo causar sangramento irregular, com maior ou menor frequência ou levar a amenorreia (ausência de menstruação), principalmente em mulheres que estão amamentando.

Outros efeitos esperados são a presença de dores de cabeça, tontura,náuseas, dores abdominais, sensibilidade no seios e alterações no humor.

Para mais informações realize uma consulta com o/a médico/a de família, clínico/a geral ou ginecologista.

Amamentar corta o efeito da pílula do dia seguinte?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Não. A amamentação não corta o efeito da pílula do dia seguinte.

A mulher que amamenta pode utilizar a pílula do dia seguinte e continuar amamentando.

O uso desse medicamento não está indicado para mulher em amamentação no período das 6 semanas primeiras semanas após o parto. A pílula do dia seguinte traz uma concentração hormonal muito alta, por isso aumenta os riscos de distúrbios tromboembólicos, como trombose venosa profunda e tromboembolismo.

Para o bebê, não existem estudos científicos que comprovem riscos ou malefícios, apesar de saber que a substância pode alcançar, em pequena quantidade o leite materno.

A mulher que amamenta deve tomar cuidado com uso de qualquer medicação e fazer uso de contraceptivo adequado a esta fase da vida; para isso deve se informar durante a consulta seu médico/a ginecologista e definir o tratamento mais indicado.

Caso você queira utilizar métodos contraceptivos de longo prazo, converse com o/a ginecologista, médico/a de família ou clínico/a geral para escolherem juntamente com você o método mais adequado nesse período da amamentação.

Leia também:

Quais os riscos para o bebe de tomar pilula do dia seguinte enquanto estiver amamentando

Estou amamentando e minha menstruação ainda não desceu, isto é normal?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Sim. Normalmente enquanto a mulher amamenta, a menstruação costuma não descer.

Como fica a menstruação amamentando e usando anticoncepcional?

Pode ficar sem menstruação, pode vir regularmente, assim como pode vir de forma irregular (várias vezes por mês ou demorar bem mais de 1 mês para descer.

Amamentar realmente diminui o risco de engravidar?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

A mulher que amamenta jamais deve tomar a pílula do dia seguinte. A mulher que amamenta normalmente não ovula, não fica fértil e portanto não engravida (em teoria), precisa usar outro método anticoncepcional e nunca, jamais a pílula do dia seguinte amamentando A eficácia da pílula do dia seguinte não se altera por causa dessas situações.