Perguntar
Fechar

Preventivo ou Papanicolau

Colo do útero com leve sangramento, isto é indicativo do que?

Pode ser muitas coisas desde nada (colo do útero é um tecido friável e sangra ao menor toque), assim como pode ser algum tipo de infecção ou inflamação ou mesmo outras doenças.

Tirei meu útero, ainda preciso fazer Papanicolau?

Depende. Na retirada parcial do útero, a mulher deve continuar realizando o Papanicolau de rotina.

Quando a mulher tira o útero, a retirada pode ser total ou parcial. A histerectomia total é a retirada completa do útero (corpo e colo uterino). Quando ele é retirado completamente, a mulher não precisa realizar o exame Papanicolau de rotina.

Na histerectomia parcial, o útero é retirado, porém o colo do útero (parte do útero que fica para dentro da vagina) permanece, sendo assim, é necessário a realização do Papanicolau de rotina.

No Papanicolau, o/a profissional de saúde realiza coleta de secreção do colo do útero e vagina. Após análise laboratorial, é possível avaliar as características das células dessa região, bem como a presença de algum micro-organismo agressor.

O exame preventivo é hoje o principal exame para detecção precoce do câncer do colo do útero.

O exame preventivo pode ser feito gratuitamente nas Unidades de Saúde da Família (USF) e nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) pelos/as profissionais de saúde de Medicina e Enfermagem.

Saiba mais em: Histerectomia: como funciona a cirurgia de retirada do útero?

Fiz um preventivo e fiquei 2 dias sangrando?

Não é normal, apesar de que pequenos sangramentos podem ocorrer após o exame, talvez no seu caso o colo uterino pode estar com algum tipo de inflamação e por isso teve esse sangramento.

É possível saber se está grávida fazendo Papanicolau?

Não. O exame Papanicolau não serve para diagnosticar gravidez.

A partir da realização do exame preventivo (Papanicolau) não é possível identificar se uma mulher está ou não grávida. O exame preventivo tem a utilidade de identificar alterações nas células do colo do útero e vagina para detectar precocemente lesões ou doenças como câncer do colo do útero. Dessa forma, o resultado que o preventivo fornece não é capaz de informar gravidez.

Os testes de diagnóstico da gestação são a partir do exame Beta-HCG no sangue ou na urina e com a ultrassonografia transvaginal ou abdominal.

A mulher grávida pode e deve fazer o exame preventivo durante a gravidez para identificar alterações, mas não com o objetivo de descobrir a gestação.

Se você tem suspeita de gravidez, procure um serviço de saúde para a melhor identificação e acompanhamento.

É normal sangrar depois de uma cauterização no útero?

Sim. É normal sangrar depois da cauterização do útero.

Em geral, após o procedimento o/a ginecologista coloca um tampão para estancar o sangramento. Esse tampão deve ser retirado após o período indicado pelo/a médico/a. Após a retirada desse tampão, a mulher pode continuar a apresentar sangramento que tende a parar.

Caso esse sangramento seja contínuo e em muita quantidade, a mulher deve voltar ao consultório médico para uma reavaliação.

A cauterização no útero é um procedimento realizado para tratar lesões pré-cancerígenas ou infecciosas e destruir células anormais no colo do útero.

A mulher que vai realizar ou já realizou o procedimento deve perguntar ao/à médico/a dúvidas sobre a cauterização, suas consequências e os cuidados que se deve ter após a realização.

O mais importante é realizar o acompanhamento das lesões após o procedimento com a realização do exame preventivo de rotina. Com ele, será possível avaliar se as lesões foram devidamente tratadas e se há necessidade de um novo procedimento.

Preventivo com Gardnerella e Candida deve-se tratar só a mulher ou o casal?

O tratamento da gardnerella não precisa incluir o casal. Alguns médicos preferem tratar os dois, enquanto outros somente a mulher. Tratar o parceiro nesses casos não diminui a frequência ou o intervalo das recorrências, por isso a gardnerella não é considerada uma doença sexualmente transmissível, quando ocorre em mulheres. Entretanto, durante o tratamento deve-se interromper as relações sexuais ou usar preservativos.

No homem, a gardnerella pode causar uretrite e balanite (inflamação do prepúcio e da glande). Quando a contaminação acontece no homem, a gardnerella é considerada uma DST (Doença Sexualmente Transmissível) e precisa de tratamento.

Já a candidíase não é considerada uma doença sexualmente transmissível e o tratamento do parceiro só é necessário se ele apresentar sintomas ou se a mulher tiver candidíases recorrentes.

Saiba mais sobre o assunto em:

O que é gardnerella e como se contrai?

Qual o tratamento no caso de gardnerella?

Qual é o tratamento para a candidíase?

Se fizer ultrassom não preciso fazer Papanicolau?

O exame Papanicolau (Preventivo) e a ultrassonografia possuem funções diferentes e podem se complementar.

O exame preventivo é realizado com objetivo de identificar alterações nas células do colo do útero e vagina para detectar precocemente lesões ou doenças como câncer do colo do útero. O exame é feito com a raspagem superficial de secreções vaginais e do colo do útero que o/a profissional coloca em uma lâmina. Essa lâmina irá para avaliação em laboratório e após alguns dias o resultado é acessível.

A ultrassonografia transvaginal serve para avaliar órgãos e estruturas pélvicas da mulher como útero, endométrio, ovários, trompas uterinas, etc. É um exame de imagem em que, através de um aparelho, o/a médico/a visualiza de imediato normalidades ou possíveis alterações nessa região.

Por essa razão, os dois exames são diferentes e servem para propósitos distintos. A mulher deve realizar os dois se forem pedidos separadamente. O resultado dos exames podem complementar a decisão clínica do/a médico/a.

Leia também:

Existe diferença entre Papanicolau e preventivo?

Qual a diferença de fazer o preventivo e a transvaginal?

Para fazer preventivo é preciso depilar?

Não é preciso se depilar para fazer o preventivo.

Durante o exame preventivo, o/a profissional de saúde realiza coleta de secreção do colo do útero e do interior da vagina. Ou seja, ele/ela coloca um especulo dentro da vagina da mulher para realizar a retirada do material. Não há necessidade de retirar os pelos pubianos pois o especulo entrará pelo introito vaginal e os pelos não atrapalharão no procedimento.

Após análise laboratorial, é possível avaliar as características das células dessa região, bem como a presença de algum micro-organismo agressor.

O exame preventivo é hoje o principal exame para detecção precoce do câncer do colo do útero.

Leia também:

Como é feito o exame preventivo feminino?

A mulher pode ir para o exame sem realizar nenhuma depilação.

O exame preventivo pode ser feito gratuitamente nas Unidades de Saúde da Família (USF) e nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) pelas/os profissionais de saúde da Medicina e Enfermagem.