Perguntar
Fechar

Sintomas

Quais os sintomas da bexiga baixa?

O principais sintomas da bexiga caída são:

  • Perda involuntária de urina (incontinência urinária);
  • Desconforto ou dor durante a relação sexual;
  • Sensação de pressão na pelve e na vagina;
  • Sensação de corpo estranho ou de que existe uma bola na vagina;
  • Dificuldade de começar ou parar de urinar;
  • Aumento da frequência urinária;
  • Necessidade urgente de urinar (urgência urinária);
  • Infecções urinárias recorrentes.

Os sintomas da bexiga baixa ou caída variam de acordo com o grau do prolapso. O problema é mais comum em mulheres com mais de 50 anos que estão na menopausa, mas pode acometer também mulheres jovens.

Quais as causas da bexiga baixa?

A cistocele (termo médico da "bexiga baixa") ocorre devido à perda de sustentação da bexiga, que é feita por músculos e ligamentos que estão no interior da pelve da mulher.

Dentre as principais causas de bexiga baixa estão:

  • Gravidez (veja também: Quem tem bexiga baixa pode engravidar?);
  • Parto prolongado ou múltiplos partos normais;
  • Idade (mais de 50 anos);
  • Menopausa;
  • Retirada do útero;
  • Cirurgias vaginais ou abdominais;
  • Obesidade.

O tratamento da bexiga baixa pode ser feito através do fortalecimento dos músculos do períneo, nos casos mais leves, ou cirurgia, quando o prolapso é mais acentuado.

Leia também: Bexiga caída, qual o tratamento?

Na presença desses sintomas, consulte o/a médico/a ginecologista ou urologista.

Cólica, menstruação atrasada e enjoo pode ser gravidez?

Esses sintomas (menstruação atrasada, cólicas e enjoos) podem ser indicação de uma gravidez.

início da gravidez é marcado pelo aparecimento de alguns sintomas e sinais como:

  • Atraso da menstruação;
  • Náuseas com ou sem vômitos;
  • Cólicas no baixo ventre;
  • Tensão nos seios;
  • Aumento da frequência urinária.

intensidade e a forma de percepção pode variar em cada mulher.

É importante observar quando os enjoos são mais frequentes, qual a frequência dessa cólica, a localização e a associação com outros sintomas como constipação intestinal.

As cólicas do início da gravidez são, em geral, de leve intensidade e localizada no baixo ventre.

Após a detecção da gravidez, é importante realizar as consultas de pré-natal para acompanhamento da evolução da gestação e do desenvolvimento do feto.

Leia também:

Com quantos dias aparecem os sintomas de gravidez?

É normal sentir cólicas no início da gravidez?

Quando começam os enjoos na gravidez?

Enjoo é sinal de gravidez?

É normal ter cólica fora do período menstrual? O que pode ser e o que fazer?

Crises de falta de ar e formigamento no corpo. O que pode ser?

Falta de ar e formigamento no corpo podem ser sintomas de crises de ansiedade ou síndrome do pânico. Esses sinais podem ocorrer sem um motivo aparente ou podem ser uma reação exagerada a algum problema específico.

Outros sinais e sintomas que podem estar presentes nesses transtornos de ansiedade incluem:

  • Sensação de aperto no peito;
  • Taquicardia ("batedeira");
  • Boca seca;
  • Dificuldade de engolir ("bolo na garganta");
  • Suor nas mãos;
  • Tremores;
  • Tonturas;
  • Estado de alerta constante;
  • Medo de morrer ou medos sem razão aparente;
  • Irritabilidade;
  • Insônia;
  • Déficit de memória;
  • Náuseas.

Leia também:

Quais os sintomas dos transtornos de ansiedade?

Quais são os sintomas da síndrome do pânico?

A ansiedade é uma reação natural do corpo para proteger a pessoa de algum risco iminente ou situações que ainda estão por vir, sintomas que preparam o indivíduo para uma situação de "luta ou fuga", o que é necessário e até saudável, quando não é exagerado ou incontrolável. 

Contudo, quando esse estado de alerta deixa de ser momentâneo e a preocupação passa a ser constante, a ansiedade torna-se crônica e passa a atrapalhar as atividades básicas do seu dia a dia, sendo então considerada uma doença, as mais frequentes na nossa população são o Transtorno da ansiedade generalizada (TAG), ou a Síndrome do pânico.

Por se tratar de uma doença que não é "visível", como feridas, infecções ou fraturas, nem o paciente nem seus familiares se preocupam como deveriam no início dos sintomas, porém trata-se de uma doença que pode trazer até mais prejuízo para sua vida social e profissional. A grande maioria quando procura o médico, já apresenta os sintomas de ansiedade por pelo menos 6 meses, ou mais. É comum se queixarem de insônia, dificuldade de concentração, déficit de memória, distúrbios intestinais, "nervos à flor da pele", irritabilidade, entre outros.

Por isso o mais indicado no seu caso é consultar um médico clínico geral ou médico de família para descartar outras causas, ou confirmar as doenças aqui citadas, iniciando o quanto antes o seu tratamento. Se achar necessário, o médico poderá te encaminhar para um especialista.

Também pode lhe interessar:

Falta de ar constante: o que pode ser e o que fazer?

Sinto falta de ar constante. Pode ser problemas de pulmão?

Formigamento nas mãos, o que pode ser?

Falta de ar, tontura, dor de cabeça e sensação de cansaço?

Tanto doenças físicas como algumas doenças da esfera emocional podem causar os mesmo sintomas descritos. Todos são sintomas muito genéricos e não chamam a atenção para nenhuma doença em específico. Precisa ir a um médico, talvez fazer alguns exames.

Urina muito amarela: o que pode ser?

Urina muito amarela geralmente é um sinal de desidratação. A falta de ingestão de água ou a perda de grandes quantidades de líquido corporal pelo suor deixam a urina mais concentrada, com uma coloração mais amarelada. Nesses casos, além de estar mais escura, a urina também apresenta um cheiro mais forte.

A cor amarela da urina indica a concentração de impurezas que o rim filtrou do sangue e eliminou. Quanto mais diluídos estiverem esses detritos, mais clara é a urina. Quanto menos diluídos, mais forte é a cor da urina.

Portanto, uma urina muito amarela indica que falta água no corpo. Isso pode ocorrer, por exemplo, em dias mais quentes em que a transpiração é mais intensa e a ingestão de líquidos é insuficiente para repor o que foi perdido pelo suor.

Já nos dias mais frios a perda de água através da transpiração é menor. Logo, o volume de urina é maior e a urina tende a ficar mais clara. Se a ingestão de líquidos for abundante, é normal que a urina fique quase incolor.

Por isso, observar a cor da urina é uma boa forma de saber se o corpo está bem hidratado ou não. Se ela estiver muito amarela, é preciso beber mais água.

Contudo, é importante lembrar que a urina escura também pode ser sinal de problemas de saúde, como infecção urinária, problemas no fígado ou rins, e até câncer no aparelho urinário, principalmente se a urina apresentar espuma, pus ou um odor muito forte. Na presença desses sintomas, consulte um médico urologista.

Saiba mais em:

Urina escura: o que pode ser?

Urina com mau cheiro, o que pode ser?

O que pode deixar a urina vermelha?

Muco na urina, o que pode ser?

Quais os sintomas do câncer de mama avançado?

Os sintomas do câncer de mama avançado são os mesmos sintomas que podem estar presentes na fase inicial da doença.

O principal sinal é a presença de um nódulo (caroço) fixo no seio, que geralmente não causa dor. Outros sinais e sintomas do câncer de mama incluem: pele da mama vermelha, repuxada ou com aspecto de casca de laranja, alterações no mamilo (mamilo invertido, coceira, vermelhidão), aparecimento de pequenos nódulos nas axilas ou no pescoço e saída de secreção da mama.

O câncer de mama inflamatório, uma forma agressiva da doença, também pode deixar as mamas inchadas e provocar coceira nos seios. A presença de inchaço ou nódulos na região da clavícula ou axila podem indicar que o câncer está avançado e já se espalhou pelos gânglios linfáticos desses locais. O inchaço pode surgir antes mesmo que a mulher tenha detectado o caroço no seio.

É importante lembrar que nem todo caroço na mama é câncer. Existem várias condições benignas que causam o mesmo sintoma. Além disso, todos os outros sinais e sintomas apresentados também podem estar presentes em doenças benignas da mama.

Contudo, é importante que a mulher esteja atenta a qualquer alteração nos seios e procure o/a médico/a ginecologista, médico/a de família ou clínico/a geral se observar algum desses sintomas. 

Identificar precocemente o câncer de mama é muito importante para o sucesso do tratamento. Se for diagnosticada no início, a doença pode ter até 95% de chances de cura.

Leia também: 

Quais os sintomas do câncer de mama?

Câncer de mama tem cura? Qual o tratamento?

Quais os fatores de risco para o câncer de mama?

O que é abaulamento discal e que sintomas pode causar?

Abaulamento discal ou protusão discal é um processo de desgaste ou perda da elasticidade do disco intervertebral, que é deslocado na direção da medula espinhal e/ou das raízes nervosas, podendo alcançar e tocar uma dessas estruturas, o que causa a dor do paciente.

É o processo inicial de uma hérnia de disco, ou seja, se não tratado certamente vai evoluir para o quadro de hérnia de disco. 

O Disco intervertebral é uma estrutura formada por um núcleo gelatinoso e uma capsula mais rígida, chamado anel fibroso, que protege esse núcleo. Fica localizado entre as vértebras da coluna, e funciona como um "amortecedor", reduzindo o impacto entre as vértebras, por exemplo, quando andamos ou corremos e permitindo certa mobilização. Quando ocorre um desgaste deste disco intervertebral ocorre o seu abaulamento. 

Nessa fase, de abaulamento ou protusão, o anel fibroso ainda está intacto, apesar de estar distendido. A hérnia discal surge, principalmente quando o anel se rompe, permitindo o extravasamento do núcleo.

O abaulamento discal ocorre principalmente entre as vértebras L4 - L5 e L5 - S1. Nesses casos os seus principais sintomas são a dor lombar e a dor ciática. Mas esse problema também é bastante comum na coluna cervical, no nosso meio, causando sintomas de dor no pescoço, chamada Dor cervical ou cervicalgia.

Os sintomas do abaulamento discal surgem quando essa protusão do disco pressiona a raiz de algum nervo ou a própria medula espinhal, levando a dor na região acometida, além de outros sintomas típicos de compressão nervosa, como alterações na sensibilidade, dormência, formigamento e até perda de força no membro afetado.

O médico ortopedista ou neurocirurgião são os especialistas indicados para diagnosticar e indicar o tratamento do abaulamento discal.

Saiba mais em: Abaulamento discal tem cura? Como é o tratamento?

Como saber se tenho uma DST?

Os sinais e sintomas das DST (Doenças Sexualmente Transmissíveis) caracterizam-se por:

  • Corrimento na vagina, pênis ou ânus;
  • Feridas nos órgãos sexuais;
  • Pequenas bolhas com líquido dentro;
  • Verrugas na região genital ou anal;
  • Aumento em certos gânglios;
  • Coceira e dor no local da lesão (principais sintomas).

Os corrimentos, as feridas (úlceras) e as verrugas são os principais sinais de uma DST. O corrimento pode surgir na gonorreia, clamídia e tricomoníase e ter a seguintes características:

  • Ser esbranquiçado, esverdeado ou amarelado;
  • Ter cheiro forte;
  • Causar coceira;
  • Causar dor ao urinar ou durante a relação sexual.

Saiba mais sobre gonorreia em Quais os sintomas da gonorreia?

É importante lembrar que a vaginose bacteriana e a candidíase não são consideradas DST, apesar de também causarem corrimento vaginal.

Quanto às feridas:

  • Podem surgir nos órgãos genitais ou em outra parte do corpo;
  • Podem ou não causar dor;
  • Ocorrem nas seguintes DST: Sífilis, herpes genital, cancroide, donovanose e linfogranuloma venéreo.

Veja aqui O que é sífilis? e Quais são os principais sintomas do herpes genital?

Já as verrugas na região anal ou genital:

  • Podem surgir em forma de couve-flor se a doença estiver avançada;
  • Normalmente não causam dor, mas podem provocar coceira ou irritação local;
  • São causadas pelo vírus HPV.

As DST manifestam-se principalmente nos órgãos genitais, mas podem aparecer também em outras áreas do corpo, como olhos, língua e palma da mão.

Outras DST, como hepatite e AIDS, não manifestam os seus sinais na região genital. Nessas doenças, a via sexual serve apenas como porta de entrada para a infecção.

Conheça os sintomas da AIDS e das hepatites em: Quais os sintomas do HIV?; Quais os sintomas da hepatite A?, Quais são os sintomas da hepatite B? e Quais são os sintomas da hepatite C?

A Doença Inflamatória Pélvica (DIP) é uma consequência de uma gonorreia ou clamídia não tratadas. A doença afeta o útero, as trompas e os ovários, causando inflamações nesses órgãos.

Para saber se você tem alguma DST, observe se o seu corpo apresenta algum dos sinais apresentados. Na presença de algum sinal ou sintoma, procure um/a médico/a clínico/a geral, médico/a de família ou infectologista e comunique o(a) parceiro(a).

Algumas DST podem não manifestar sinais e sintomas e podem trazer graves complicações se não forem detectadas e tratadas a tempo, como infertilidade, câncer ou até mesmo a morte. Por isso, previna-se sempre usando preservativo em todas as relações sexuais.

Também pode lhe interessar:

Só se pega gonorreia ao fazer sexo ou há outras maneiras?

Quais são os tipos de DST e seus sintomas?

DST tem cura? Qual é o tratamento?