Perguntar
Fechar

4 causas principais de vômito verde e o que posso fazer

Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

O vômito verde é provocado principalmente pela presença de bile, que ocorre devido ao jejum prolongado, e ingestão de alimentos e bebidas de cor verde. Geralmente, vomitar verde não indica doenças graves.

Entretanto, se você está vomitando verde e apresenta outros sintomas como perda de apetite e cólicas, por exemplo, pode indicar obstrução intestinal, quadro que necessita de avaliação médica.

1. Presença de bile

O vômito verde ocorre principalmente devido ao jejum prolongado, quando o estômago permanece vazio por longo tempo. Nesta situação, a bile que se acumula no estômago é eliminada em forma de vômito que varia da coloração verde-claro amarelado até o verde musgo. Além disso, pode ter, algumas vezes, um sabor amargo.

É importante que você saiba que vomitar bile também pode ser um sinal de uma doença grave chamada obstrução intestinal, da qual trataremos a seguir, e que necessita de atendimento de emergência.

O que posso fazer? Se você está em jejum prolongado e vomitando bile, procure ingerir líquidos como água, água de coco e sucos. Tente também comer alimentos leves como frutas e faça repouso. Bebidas como refrigerantes devem ser evitados, pois, podem irritar a parede do estômago.

2. Obstrução intestinal

Vomitar verde devido a presença de bile pode indicar obstrução intestinal, doença grave que bloqueia o fluxo alimentos, líquidos digestivos e gases pelo intestino. Nestes casos, além do vômito verde você também pode sentir cólicas, inchaço no abdome e perda de apetite.

Quando a obstrução intestinal é parcial e afeta o intestino delgado é comum ocorrer vômito verde e diarreia. Já nos casos de obstrução total do intestino grosso, a pessoa apresenta prisão de ventre (constipação).

O que posso fazer? A obstrução intestinal é uma emergência médica que requer cirurgia na maior parte dos casos. Por este motivo, você deve buscar rapidamente uma emergência hospitalar.

3. Gripes, resfriados e infecções respiratórias

Se você estiver gripado ou resfriado, o vômito verde pode vir acompanhado de uma secreção mais espessa e mau cheiro. Isto ocorre porque o catarro produzido nos quadros gripais pode ser engolido e expelido com o vômito.

Fique atento porque a presença de secreção verde no vômito, por ser um indicativo de infecção das vias respiratórias superiores. Nestas situações sintomas como febre, sensação de fraqueza e mal-estar e dor de cabeça podem estar presentes.

O que posso fazer? Procure beber bastante líquido e lavar o nariz com 3ml de soro fisiológico em cada narina. Entretanto, na presença de febre e demais sintomas busque um médico de família e otorrinolaringologista.

4. Intoxicação alimentar

A ingestão de alimentos contaminados pode causar intoxicação alimentar devido à contaminação por vírus e bactérias. Nestas situações a pessoa pode vomitar repetidas vezes, vomitando não somente os alimentos contaminados, mas também a bile, o que provoca vômito verde.

O que posso fazer? Consuma bebidas isotônicas, ricas em eletrólitos como sódio, potássio e cálcio.

Vômito verde na gravidez, o que pode ser?

A náusea e o vômito verde ou amarelado é conhecido como enjoo matinal e se deve às rápidas variações hormonais (estrogênio, progesterona e hCG) que ocorrem no início da gravidez.

É bastante frequente nos três primeiros meses de gravidez e, embora seja chamado de enjoo matinal, pode ocorrer em qualquer momento do dia. Costuma desaparecer na 12ª semana de gestação. É considerado normal quando você consegue se alimentar e ingerir líquido normalmente.

Entretanto, se os enjoos e vômitos, impedirem que você se alimente e, por este motivo, provocarem perda de peso e desidratação, e forem acompanhados de dor abdominal, diarreia ou ambos, é importante que você procure o seu médico de família ou ginecologista.

Quando devo me preocupar?

Alguns sintomas servem de alerta e indicam que algo mais grave pode estar acontecendo. Estes sintomas incluem:

  • Vômito que persiste por mais de 24 a 48 horas,
  • Não conseguir ingerir mais que alguns goles de líquido,
  • Sinais de desidratação: boca seca, sede, redução na quantidade de urina e fraqueza,
  • Febre alta (acima de 38 graus),
  • Vômitos com cheiro de fezes,
  • Vômitos pretos ou com presença de sangue,
  • Dor abdominal constante,
  • Barriga inchada (abdome distendido),
  • Prisão de ventre (constipação).

Ao perceber estes sintomas, você deve buscar imediatamente um serviço de emergência.

Para saber mais sobre vômitos, você pode ler os seguintes artigos:

O que causa o vômito amarelo e amargo e o que fazer

Tossir muito e vomitar um líquido amarelo, o que pode ser?

Estou com vômito amarelo, pode ser perigoso? Como faz para parar?

Referência:

FBG - Federação Brasileira de Gastroenterologia.