Perguntar
Fechar

CHCM alto no hemograma, o que pode ser?

CHCM alto no hemograma significa que há mais hemoglobina que o normal dentro dos glóbulos vermelhos, também chamados eritrócitos ou hemácias. Logo, essa células ficam mais escuras e são denominadas hipercrômicas. Em caso de anemia, ela também é chamada de hipercrômica.

Há ainda outras condições e doenças que podem deixar os valores de CHCM (Concentração da Hemoglobina Corpuscular Média) elevados, como problemas na tireoide e consumo excessivo de bebidas alcoólicas.

Nos adultos, os valores de referência de CHCM ficam entre 30 e 33 pg.

A CHCM serve para medir a quantidade de hemoglobina presente nos glóbulos vermelhos. A hemoglobina liga-se ao oxigênio, permitindo que o gás seja transportado pelas hemácias dos pulmões para os tecidos do corpo. Também é a hemoglobina que dá a cor vermelha ao sangue.

A CHCM (Concentração da Hemoglobina Corpuscular Média) é um índice hematimétrico do eritrograma. Esse exame está incluído no hemograma completo e serve para contar e avaliar as características das hemácias.

Leia também: O que significa CHCM no hemograma?

Quando o valor de CHCM está baixo, os glóbulos vermelhos tornam-se mais claros e são classificados como hipocrômicos. Em caso de anemia, ela é chamada de hipocrômica.

Se os valores de CHCM estiverem normais, os eritrócitos são chamados normocrômicos e, a anemia, normocrômica.

Veja também: Hemácias normocíticas e normocrômicas é anemia?

Os resultados de CHCM, bem como todo o hemograma, devem ser analisados pelo médico que solicitou o exame.

Saiba mais em:

CHCM baixo, o que pode ser?

No hemograma, o que significa VCM, HCM e RDW?

Para que serve o eritrograma e quais os valores de referência?