Perguntar
Fechar

Coceira na virilha, o que pode ser?

A causa mais comum de coceira na virilha é a tinea cruris, uma infecção da pele causada por algumas espécies de fungo. Outras causas são: dermatite seborreica, dermatite eczematosa e neurodermite. A psoríase também pode acometer a virilha, contudo, não é comum a queixa de coceira.

Tinea cruris

Caracteriza-se pela presença de lesão avermelhada, especialmente na periferia, com descamação fina e algumas vezes presença de pústulas (bolinhas de pus). As lesões costumam causar muita coceira. Pode acometer ambas as virilhas ou apenas um lado. A tinea cruris pode ainda se espalhar para a região púbica, porção inferior do abdômen e nádegas.

O tratamento é simples e consiste no uso de antifúngicos tópicos, como cetoconazol, isoconazol, miconazol, ciclopirox olamina, dentre outros. Não é recomendada a associação de antifúngico e corticoide tópico (como betametasona), pelos efeitos colaterais potencialmente deletérios.

Dermatite seborreica

Clinicamente se caracteriza pela presença de lesão avermelhada, com descamação mais grosseira, oleosa e amarelada. Provoca ainda aumento da oleosidade da pele e coceira. Normalmente as lesões são recorrentes e podem piorar no verão e nos meses em que a temperatura é mais alta.

A dermatite seborreica pode ocorrer em várias áreas do corpo, sobretudo naquelas em que a pele é mais oleosa, como couro cabeludo, sobrancelhas, algumas partes do rosto, orelhas e tórax. Contudo, também pode acometer a virilha.

O tratamento pode ser feito com medicações tópicas, como cetoconazol xampu, ou em alguns casos o tacrolimus, uma medicação imunomoduladora.

Dermatite eczematosa

No início, a pele fica seca, avermelhada, inchada e pruriginosa. Depois, surgem lesões avermelhadas, com vesículas (pequenas bolhas), que coçam e exsudam (são úmidas). Pode ainda levar ao aparecimento de feridas pequenas ou crostas na pele.

Se a causa não é afastada, a pele pode engrossar, com escamas, adquirindo coloração acinzentada e aspecto "enrugado".

Pode ocorrer como consequência do contato com substâncias irritantes, como cáusticos, ou com substâncias das quais a pessoa tem alergia, como sabões, detergentes ou tecidos sintéticos.

O aparecimento dos sinais e sintomas geralmente ocorre entre 24 e 48 horas depois do contato com a substância irritante.

O tratamento consiste em afastar o irritante e, eventualmente, no uso de corticoide tópico, somente com prescrição médica.

Neurodermite

A pela da região afetada fica mais "grossa", com coloração acinzentada e "enrugada". Pode apresentar uma ligeira descamação e brilho na superfície da pele. As alterações da pele causam ainda mais coceira. É, por isso, consequência da coçadura crônica. O tratamento por vezes é desafiador e inclui pomadas tópicas e comprimidos.

O início dos sintomas caracteriza-se por inflamação, coceira, irritação ou aumento da sensibilidade da pele, semelhante a uma micose. Pode surgir após o contato com uma substância irritante ou à qual a pessoa é alérgica.

Para uma melhor avaliação, deve ser procurado um médico dermatologista.