Perguntar
Fechar

Coceira que piora durante a noite: o que pode ser?

Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Coceira no corpo que piora durante a noite pode ser escabiose, popularmente conhecida como "sarna". A coceira acomete principalmente abdômen, parte interna dos braços, áreas genitais e coxas. O rosto normalmente não coça, exceto quando a escabiose é em bebês.

A doença é causada pelo Sarcoptes scabiei, um ácaro que parasita o ser humano e provoca uma intensa coceira.

A transmissão da escabiose pode ocorrer pelo uso comum de vestuários e roupas de cama, de pessoas contaminadas, embora o principal meio de disseminação do ácaro seja através do contato sexual.

O tratamento é feito com medicamentos de uso tópico ou via oral e visa eliminar os ovos do ácaro que são depositados sob a pele.

Como tratar sarna (escabiose)?

O medicamento mais usado inclui a Permetrina. Medicamento que deve ser aplicado no corpo todo, de preferência à noite antes de dormir e retirado no banho pela manhã, durante 2 ou 3 noites seguidas. Após uma ou 2 semanas o tratamento deve ser repetido, para eliminar de vez os parasitas do segundo ciclo que eclodem dos ovos colocados pelas fêmeas.

Outra opção de tratamento inclui a Ivermectina em comprimido, com dose única e também deverá ser repetido após 7 a 15 dias.

Ainda, para aliviar os sintomas de coceira intensa da sarna, pode ser feito o uso de anti-histamínicos, como o hixizine®, desloratadina ou loratadina.

Coceira que piora à noite pode ser problema no fígado?

Sim, além da escabiose, coceiras pelo corpo que pioram à noite também podem ser sinal de doenças no fígado, como tumores ou cirrose biliar primária.

Nesses casos, como não há formação de feridas na pele, a pessoa pensa que a coceira é alguma alergia e espera passar.

No caso da cirrose biliar primária, a coceira piora muito durante a noite, especialmente em locais de clima quente e úmido.

Há pessoas que se coçam tanto que chegam a provocar lesões na pele e no couro cabeludo. Existem também relatos de suicídio devido à coceira intensa.

Para um diagnóstico adequado da causa dessa coceira noturna, consulte o/a clínico/a geral, médico/a de família ou dermatologista para orientar o tratamento mais indicado.

Também pode lhe interessar:

Referência:

SBD - Sociedade Brasileira de Dermatologia.