Perguntar
Fechar

Como engravidar rápido? 7 dicas para engravidar rapidamente

Dra. Juliana Guimarães
Dra. Juliana Guimarães
Doutora em Saúde Pública

Existem algumas estratégias simples que podem ajudar os casais que querem engravidar. É importante realizar cuidados íntimos durante o período fértil e ovulação, evitar hábitos como tabagismo e consumo de álcool, adotar hábitos alimentares saudáveis e reduzir a ansiedade com prática de atividade física.

É também importante consultar o ginecologista para avaliar a saúde reprodutiva do casal.

1.Faça exames laboratoriais

Exame de Sangue

Procure um ginecologista para fazer seus exames de sangue, já bem definidos como rotina de pré-natal, especialmente a dosagem de hormônios. É importante dosar hormônios da tireoide, pois eles influenciam na fertilidade. As disfunções da tireoide podem provocar tanto a infertilidade, como o aborto. O hormônio tireoestimulante (TSH) e a tiroxina (T4) são os principais hormônios tireoidianos a serem analisados.

A prolactina, hormônio responsável pela produção do leite materno, também deve ser avaliada. Se estiver em concentração elevada no sangue, pode provocar o bloqueio da menstruação e, por isto, infertilidade. Portanto, atualize todos os seus exames ginecológicos.

2. Suspenda os contraceptivos

Pare de usar o anticoncepcional assim que decidir engravidar. Independente de por quanto tempo você usou contraceptivos, o corpo leva um período para se ajustar a ausência de hormônios sintéticos. Ele precisará voltar a produzir os seus hormônios novamente, sem interferência do anticoncepcional. O organismo pode levar, em média, de 2 a 3 meses para regularizar a produção natural dos hormônios e a ovulação.

Quem utiliza anticoncepcionais não tem período fértil e, por este motivo você ainda não sabe quando vai ovular. A presença de cólicas e atrasos menstruais são comuns e significam que o corpo está se reajustando.

3. Conheça o seu ciclo menstrual

Conhecer o ciclo é importante para identificar o período fértil, no qual as chances de engravidar são maiores. Alguns estudos mostraram que a possibilidade de gravidez aumenta se a relação sexual ocorrer dois dias antes da ovulação, pois os espermatozoides sobrevivem dentro do corpo da mulher por 72 horas, em média. Já o óvulo, quando sai dos ovários para as trompas de Falópio, local onde ocorre a fecundação, somente pode ser fecundado entre 12 e 24 horas após a ovulação.

É importante conhecer o seu ciclo, calcular o dia da sua ovulação sem esquecer que organismo não é um relógio perfeito e que alterações podem ocorrer: a ovulação pode adiantar ou atrasar um pouco. Por este motivo é relevante saber identificar o seu período fértil.

Veja também: Como calcular o seu período fértil?

4. Cuide da sua alimentação

Salada de Grão-de-bico

Consumir fast food, cafeína, álcool ou drogas pode atrapalhar a sua fertilidade. Se você está se preparando para engravidar, adote uma alimentação saudável com menos alimentos industrializados, menos gorduras, mais carnes magras, frutas, verduras e legumes, ricas em minerais e vitaminas. Ovos e grão-de -bico são exemplos de alimentos que atuam no sistema hormonal e ajudam a engravidar mais rápido.

Hábitos alimentares saudáveis fazem com que o organismo funcione melhor e promova ovulações mais efetivas com óvulos de melhor qualidade, o que favorece a fecundação e a gravidez.

5. Tenha relações sexuais em dias alternados

Ter relações sexuais em dias alternados, dia sim – dia não, disponibiliza um maior número de espermatozoides de qualidade para que a fecundação aconteça. Este intervalo de um dia sem relação sexual é indicado para que a produção de espermatozoides se dê no tempo adequado para que eles ganhem mobilidade, motilidade e estejam mais fortes e aptos à fecundação do óvulo.

As relações sexuais em dias alternados durante o período fértil aumentam as chances de gravidez. Se o casal tiver relações com esta frequência durante todo o ciclo menstrual e não somente durante o período fértil, a probabilidade de ocorrer a gestação se amplia ainda mais.

6. Pratique atividade física

Yoga

A prática de atividade física é benéfica para o estado de saúde geral e melhora o funcionamento de todo o organismo. Entretanto, o excesso de exercícios físicos interfere na fertilidade da mulher e pode até levar à amenorreia (suspensão da menstruação por tempo superior a 3 meses), muito comum em mulheres atletas. Para quem deseja engravidar o recomendado é que a atividade física seja incorporada em sua rotina de forma moderada.

Além de ajudar na manutenção da saúde, os exercícios físicos ajudam a reduzir a ansiedade. Este é um quadro comum em mulheres que desejam engravidar e podendo levar a alterações do ciclo menstrual e a comprometimentos psicológicos importantes que podem atrapalhar o processo de engravidar.

7. Evite as infecções

O casal que deseja engravidar deve redobrar os cuidados para não adquirir infecções. Algumas bactérias causadoras de infecção podem entrar na cavidade uterina e atingir as trompas de falópio provocando problemas que podem interferir na fertilidade e gravidez.

Se após um ano (12 meses) de consecutivas tentativas, o casal não conseguir engravidar, se faz necessário buscar um médico especializado para uma avaliação mais profunda e detalhada. Neste avaliação, analisa-se a necessidade de iniciar tratamentos para a gravidez, a exemplo da indução da ovulação ou fertilização in vitro. O homem também deve ser examinado, pois em 50% dos casos de dificuldade de engravidar estão relacionados à infertilidade masculina.

Leia também: Quero engravidar:o que devo fazer?