Perguntar
Fechar

Como identificar sintomas de uma apendicite?

Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

O primeiro sintoma da apendicite geralmente é a dor ao redor do umbigo ou na parte central do abdômen superior. Essa dor pode ser leve no início, mas se torna mais aguda e intensa com o passar das horas. Outros sinais e sintomas que podem estar presentes no início de uma crise de apendicite aguda incluem perda de apetite, náuseas, vômitos e febre baixa.

A dor da apendicite tende a irradiar para a parte inferior direita do abdômen, até se localizar em um ponto diretamente acima do apêndice. Isso ocorre com mais frequência depois de 12 a 14 horas do início dos primeiros sintomas, embora possa acontecer antes. A dor pode piorar ao caminhar, tossir ou fazer movimentos bruscos.

Sintomas de apendicite
Apêndice vermiforme inflamado (apendicite)

Após esse período, outros sintomas podem surgir, como febre alta, calafrios, tremores, constipação, náuseas, vômitos e abdômen rígido.

A dor da apendicite aumenta ao pressionar o quadrante inferior direito do abdômen e soltar abruptamente. Se houver ruptura do apêndice, tocar nesse ponto da barriga já pode causar dor intensa e contração involuntária dos músculos.

Contudo, os sintomas da apendicite podem variar de caso a caso, dificultando um diagnóstico especialmente em crianças pequenas, adultos mais velhos e mulheres em idade reprodutiva.

O que é apendicite e quais são as causas?

A apendicite é uma condição na qual o apêndice vermiforme fica inflamado. O apêndice é um pequeno saco ou bolsa localizado no intestino grosso. A apendicite quase sempre ocorre quando o apêndice fica obstruído por fezes, corpo estranho, tumor ou, em situações mais raras, algum parasita.

Qual é o tratamento para apendicite?

O tratamento da apendicite é feito através de cirurgia, na qual o apêndice é removido. Se o exame de tomografia computadorizada identificar a presença de um abscesso, podem ser administrados medicamentos antibióticos associado a cirurgia, porém trata-se de uma emergência cirúrgica.

A maioria das pessoas com apendicite se recupera rapidamente após a operação, desde que o apêndice seja removido antes de se romper. Em caso de ruptura e disseminação da infecção para cavidade abdominal, a recuperação é mais demorada.

A apendicite pode trazer complicações antes e após a cirurgia em casos de abscesso, obstrução intestinal, infecção generalizada dentro do abdômen (peritonite) e infecção da ferida após a cirurgia.

A apendicite é uma emergência médica, por isso na suspeita da doenças pela presença de um desses sintomas, procure atendimento médico imediatamente.

Leia também: Qual é o tempo de recuperação de uma cirurgia de apendicite?