Perguntar
Fechar

Depois da cirurgia de fimose a glande fica sempre exposta?

Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Sim, depois da cirurgia de fimose a glande fica sempre exposta e não há formas de reverter a operação, uma vez que a pele que recobre a glande (prepúcio) é totalmente removida.

Logo após a cirurgia pode haver um ligeiro aumento da sensibilidade da glande, que depois diminui e volta ao normal. Por isso, no pós-operatório, recomenda-se manter a glande afastada da fralda ou da roupa.

Com o passar do tempo, pode ocorrer um ressecamento e alguma perda de sensibilidade da glande, uma vez que ela sempre esteve coberta pelo prepúcio, que é macio, úmido e liso.

À medida que o tempo passa, o atrito constante da glande com a roupa interior tende a deixá-la mais áspera. É uma reação natural de proteção, semelhante ao que acontece na pele das palmas das mão e plantas dos pés.

Contudo, isso não deve ser motivo de preocupação, pois essa discreta perda de sensibilidade não diminui a sensação de prazer nem atrapalha as relações sexuais.

Como é feita a cirurgia de fimose?

A cirurgia de fimose consiste na remoção do prepúcio. O procedimento é feito com anestesia local e tem uma duração de cerca de uma hora. Depois da operação, é feito um curativo no pênis, que costuma estar inchado.

O paciente costuma ter alta no mesmo dia da operação e depois de 4 dias já pode voltar às suas atividades.

Como é a recuperação da cirurgia de fimose?

É comum haver desconforto ao urinar durante a recuperação da cirurgia de fimose. Podem ser indicados medicamentos analgésicos em caso de dor. Recomenda-se aplicar compressas frias no local, para aliviar a dor e a inflamação. Porém, o curativo feito no hospital não pode ser molhado, por isso deve-se ter atenção com as compressas frias.

No pós-operatório, recomenda-se permanecer em repouso. Os exercícios físicos devem ser evitados durante 3 semanas.

Os pontos saem espontaneamente alguns dias depois da cirurgia, portanto não é necessário retirá-los.

O pós-operatório da cirurgia de fimose é mais confortável quando a operação é realizada na infância. Porém, quanto mais cedo a operação for feita, menores são as chances do problema ficar resolvido. Por outro lado, o pós-operatório costuma ser pior com o passar da idade, mas a probabilidade da fimose ficar resolvida é maior.

Quando deve ser feita a cirurgia de fimose?

A cirurgia de fimose deve ser feita, preferencialmente, quando o menino deixa de usar fraldas, o que geralmente ocorre quando a criança está com cerca de 2 anos e meio de idade. Contudo, a cirurgia de fimose também costuma ser feita entre os 7 e os 10 anos de idade.

Se o estreitamento do prepúcio causar dor, inflamação ou infecções urinárias, a cirurgia de fimose é feita logo após o nascimento do bebê.

O diagnóstico e tratamento da fimose é da responsabilidade do médico urologista.