Perguntar
Fechar

Depressão na adolescência: quais os sintomas, os fatores de risco e como tratar?

Dra. Juliana Guimarães
Dra. Juliana Guimarães
Doutora em Saúde Pública

A depressão é um transtorno mental bastante comum na adolescência com predomínio entre as meninas. Seus sintomas característicos são: sensação de tristeza profunda, perda de interesse ou prazer, sentimento de culpa, autoestima baixa, perturbação do sono ou apetite, sensação de cansaço e redução da capacidade de concentração por tempo superior a duas semanas. Em adolescentes estes sintomas são acompanhados de disfunção na escola e no meio familiar.

Sintomas de depressão na adolescência

Adolescente depressiva

Embora os sintomas de depressão em adolescentes sejam semelhantes aos observados na fase adulta, alguns estudos mostram que na infância e adolescência eles variam com a idade. Esta diferença ocorre em função da maturação nas diferentes fases de desenvolvimento. Adolescentes com depressão se apresentam:

  • Irritáveis e instáveis: ao invés de transparecerem ou queixarem-se de tristeza, podem ocorrer crises frequentes de raiva e explosão (humor irritado);
  • Perda de energia;
  • Desinteresse importante;
  • Retardo psicomotor;
  • Sentimentos de culpa e desesperança;
  • Perturbações de sono, especialmente, hipersonia (sonolência excessiva durante o dia ou sono muito prolongado à noite);
  • Sentimentos de culpa e desesperança;
  • Alterações de apetite e peso;
  • Isolamento;
  • Dificuldade de concentração;
  • Prejuízo no desempenho escolar;
  • Baixa autoestima;
  • Queixas físicas: dor abdominal, fadiga e cefaleia (dor de cabeça);
  • Ideias e tentativas de suicídio;
  • Problemas de comportamento (uso abusivo de álcool e outras drogas).

Meninos e meninas também podem apresentar sintomas distintos.

Meninas

Entre as meninas são comuns os sintomas ligados à subjetividade:

  • Sentimentos de vazio, tédio, ansiedade e tristeza;
  • Preocupação com a popularidade;
  • Insatisfação com a aparência;
  • Autoestima mais reduzida;
  • Mais conscienciosidade.

Meninos

Entre os meninos são comuns:

  • Sentimentos de desprezo, desafio e desdém;
  • Falta às aulas;
  • Fuga de casa;
  • Roubos;
  • Abuso de substâncias.

Fatores de risco para depressão na adolescência

Fatores de risco são as condições que aumentam a probabilidade de que alguma doença ocorra. No caso da depressão, os fatores de risco são:

  • Presença de depressão de um dos pais;
  • Perda de um dos pais, irmão ou amigo íntimo;
  • Abuso físico e sexual;
  • Presença de conflito familiar;
  • Dúvidas quanto à sexualidade;
  • Presença de outras doenças;
  • Distúrbios da imagem corporal;
  • Baixa condição socioeconômica;
  • Identificação com grupos minoritários;
  • Falta de suporte familiar;
  • Poucas habilidades sociais.

Tratamento da depressão na adolescência

comprimidos para depressão

O adolescente com depressão precisa de tratamento especializado que consiste em acompanhamento psiquiátrico e psicológico. O tratamento é feito com o uso de medicamentos antidepressivos e terapia psicológica.

É importante formar uma rede de apoio social composta de familiares e amigos em torno do adolescente, estimular a prática de exercícios físicos e de atividades em grupo, promover uma alimentação saudável e a adoção de hobbies. Monitorizar o uso da medicação da forma correta é também necessário.

Os profissionais que o acompanham devem estar atentos para perceber manifestações de ideias ou comportamentos suicidas. A melhor forma de prevenir o suicídio entre adolescentes é detectar precocemente e tratar adequadamente os transtornos mentais que os predispõe.

Veja também

Como ajudar alguém com depressão?

Como saber se tenho depressão? Quais os sintomas?

As 4 formas de combater a depressão