Perguntar
Fechar

Disúria: como identificar e tratar?

Dra. Juliana Guimarães
Dra. Juliana Guimarães
Doutora em Saúde Pública

A disúria é um sintoma caracterizado por dor, ardor ou desconforto ao urinar. É comum sensação de queimação no momento da micção. Ocorre muito em pessoas sexualmente ativas, sendo mais frequente em mulheres. Os homens são acometidos em diferentes idades.

Normalmente ligada às infeções urinárias, a disúria pode ter uma variedade de causas. É um sintoma que pode ser indicativo de infeções de bexiga, uretra ou rins.

Sistema urinário

Quais as causas da disúria?

As causas mais frequentes de disúria são:

  • Cistite (infecção de bexiga);
  • Uretrite (infecção da uretra);
  • Pielonefrite (infecção dos rins);
  • Prostatite (infecção da próstata);

  • Infeções sexualmente transmissíveis que acometem a uretra, vagina, pênis, bexiga e próstata.

Diagnóstico de disúria

Para encontrar a causa da disúria, o/a médico/a investigará a sua história clínica. Serão perguntados aspectos relacionados ao estado de saúde, episódios anteriores de disúria, frequência e quantidade da micção, se esta vem sempre acompanhada de dor, ardor, desconforto ou queimação. Será também indagado/a sobre atividade sexual e social.

Eventualmente pode ser necessária a realização de um exame físico, que pode incluir a avaliação do abdome, dos órgãos genitais externos e, no caso da mulheres, pode ainda haver a necessidade de um exame ginecológico em algumas situações. É importante informar se houver secreção vaginal ou peniana e descrever o seu aspecto, se estiver presente,

Alguns exames laboratoriais como o exame de urina e a urocultura são importantes para o diagnóstico adequado de infecção por bactérias. Em caso de suspeita de outras doenças associadas, poderão ser necessários ultrassonografia das vias urinárias e renal. Este exames serão solicitados de acordo com a sua história clínica.

Como prevenir a disúria?

Para prevenir a disúria, é necessário prevenir as infeções urinárias e sexualmente transmissíveis. Algumas recomendações podem ajudar a prevenir:

  • Beber muito líquidos, especialmente água;
  • Urinar sempre que tiver vontade, evitando prender a urina;
  • Urinar antes de dormir e após as relações sexuais;
  • Realizar uma boa higiene genital;
  • Praticar relações sexuais protegidas para evitar infeções sexualmente transmissíveis (uso de preservativo masculino ou feminino).

Leia também

Quais são os sintomas de infecção urinária?

Infecção urinária no homem: quais os sintomas e como é o tratamento?

Exame de urina: como se preparar e entender os resultados

Urocultura: por que e como devo fazer