Ejaculação precoce tem cura? Qual é o tratamento?

Sim, ejaculação precoce tem cura. O tratamento normalmente é feito com a combinação de psicoterapia e medicamentos que podem retardar a ejaculação. O objetivo do tratamento da ejaculação precoce é baixar o nível de ansiedade do homem e ensiná-lo a controlar a ejaculação.

A terapia sexual é a mais indicada para tratar a ejaculação precoce. A terapia visa reduzir os focos de ansiedade relacionados com as relações afetivas e sexuais, além de propor mudanças comportamentais na vida sexual do homem ou do casal.

Fazem parte da psicoterapia o uso de técnicas para diminuir a ansiedade e treinar o controle da ejaculação, como a penetração sem movimento, para que o homem possa habituar-se a estar dentro da parceira sem ejacular.

Publicidade

Além disso, a terapia sexual irá estimular uma comunicação mais ampla entre o casal, melhorando a qualidade do relacionamento.

Dentre os medicamentos mais usados para tratar a ejaculação precoce estão os antidepressivos, principalmente da classe dos inibidores seletivos de recaptação de serotonina (ISRS). Um dos efeitos colaterais mais conhecidos dos antidepressivos é retardar o orgasmo. Portanto, trata-se de usar uma reação adversa do medicamento a favor de quem sofre de ejaculação precoce.

O tratamento da ejaculação precoce requer muita paciência por parte do paciente. Ter uma parceira compreensiva pode ajudar muito em todo o processo.

Para maiores informações, consulte um médico urologista.

Saiba mais em: Como controlar a ejaculação precoce?