Eosinófilos baixo no exame o que significa?

Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

A eosinopenia, condição que caracteriza-se pelo nível de eosinófilos baixo no sangue, tem como principais causas o uso de medicamentos corticoides, estresse e processos inflamatórios ou infecciosos agudos.

Pessoas que estão fazendo tratamento com corticoides normalmente apresentam números baixos de eosinófilos.

O estresse agudo causado por medo, excitação ou convulsões, provoca um aumento da produção de adrenalina. No início, há um ligeiro aumento dos eosinófilos (eosinofilia), mas depois de algumas horas observa-se uma eosinopenia moderada.

Já o estresse crônico aumenta a produção de cortisol, um hormônio produzido pelas glândulas supra-renais, conhecido como "hormônio do estresse" justamente devido a esse aumento da sua liberação durante períodos estressantes.

O cortisol baixa os níveis de eosinófilos através de diferentes mecanismos, favorecendo a destruição dos mesmos por outras células de defesa do corpo, estimulando a migração de eosinófilos e diminuindo a produção dessas células na medula óssea.

A Síndrome de Cushing, uma condição caracterizada pelo aumento excessivo de cortisol, também está entre as causas de eosinopenia.

Veja também: O que é síndrome de Cushing e quais os sintomas?

Em geral, os níveis de eosinófilos voltam ao normal depois de retirada ou tratada a causa da eosinopenia.

É importante ressaltar que a avaliação do hemograma deve ser feita pelo/a médico/a que solicitou o exame, que irá levar em consideração os valores das outras células do sangue em conjunto com a história clínica e os sintomas da pessoa.

Também podem lhe interessar:

Eosinófilos alto no exame, o que significa?

O que pode causar neutropenia?

Leucócitos baixos, o que pode ser?