Perguntar
Fechar

Estou com cândida na boca, candidíase recorrente...

Estou com cândida na boca. Está recorrente.Vou aos médicos mas eles não pedem nenhum exame. Muito chato isso... Já sei que trata-se de imunidade baixa. Vou agora num infectologista. É a escolha certa?Dos fatos. Tive uma infeção iniciada dia 04/08. Deu dor nos gânglios, dor na garganta, cansaço, dor muiscular, e febre tipo calafrios. Fiz exames de sangue dia 13 de agosto, quando fui ao médico, incluindo hiv. Nada! Tudo normal. Mas a garganta continuava (ainda está) com aspecto avermelhado. Fui a outro médico dia 29/08 que examinou a garganta e me passou antibiótico (azitromicina). Tomei e não mudou nada, a não ser o aparecimento da cândida...Fui a outro médico ver a cândida e este me receitou nistatina. Fiz o tratamento e melhorou. Neste intervalo, quando estava aparentemente bom, fui a um otorrino, por indicação do clínico para ver a garganta. Disse que a cândida que o outro médico disse era na verdade refluxo, porque ainda havia as feridas na língua e o problema da garganta. Receitou pantocal. A cândida voltou (se é que é cândida). Depois a receita foi itrazonazol 15 dias, melhorou enquanto tomava o remédio. Quem receitou foi a ginecologista da minha namorada. Quando parei voltou... Daí fui a uma Dermatologista para ver uma mancha na pele e a cândida e me foi receitado agora fluconazol, 3 semanas, nistatina, bochecho com bicarbonato.Está melhorando, mas ainda aparecem manchas, quando acordo de manhã a saliva está espessa e branca e pequenos ferimentos típicos da cândida. Os sintomas estão melhorando, mas ainda aparece. Acredito que na hora que parar de tomar venha com a força total. Estou apelando para dietas, melhoria da alimentação, chás, etc. etc.. Tenho medo de ter isso de forma generalizada, que dá meningite e etc. Preciso me preocupar?