Estou com muitos sintomas de gravidez: tontura, enjoos...

Estou sentindo muitos sintomas de gravidez: tontura, enjoos, vômitos, diarreia, barriga inchada, dor nos rins, nas costas, beliscões na barriga, como se a pele estivesse esticando. Abaixo do umbigo está mais elevado, e por vezes sinto como se o coração estivesse batendo ali. Minha última relação foi dia 13 de setembro, o preservativo rompeu por isso tomei a pílula dia seguinte. Minha menstruação desceu sempre dia 18, já fiz 4 testes de urina e deu sempre negativo. Poderei estar grávida apesar de tudo?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

A possibilidade de gravidez sempre existe quando acontece uma relação aonde houve uma falha na contracepção. Entretanto, se a pílula do dia seguinte foi tomada dentro das primeiras 72h, especialmente nas primeiras 24h, essa possibilidade é remota.

Contudo, a única forma de descartar de maneira definitiva a gravidez, é através do exame de sangue com pesquisa do Beta HCG ou pelo exame de ultrassonografia.

Saiba mais no artigo: Como funcionam os testes de gravidez?

Procure um posto de saúde ou médico clínico geral, para uma avaliação e solicitação do exame.

Teste de gravidez de farmácia é confiável?

Sim. Os testes de gravidez encontrados hoje no mercado são bastante confiáveis. Se for utilizado de maneira correta e após pelo menos 8 a 15 dias de atraso menstrual, sua eficácia é comprovada em mais de 90% dos casos.

Leia também: Teste de farmácia pode dar resultado errado?

Outras causas

Os sintomas apresentados podem ainda estar relacionados a diversas outras causas, como por exemplo:

  • Pressão alta;
  • Infecção urinária;
  • Doença inflamatória pélvica;
  • Mioma;
  • Gastroenterite;
  • Verminoses;
  • Doença do refluxo gastroesofágico;
  • Doenças sexualmente transmissíveis;
  • Aneurisma de aorta abdominal, entre outras.

Algumas dessas causas, como hipertensão arterial e aneurisma de aorta, são problemas graves e potencialmente fatais quando não tratados. Assim como a doença inflamatória pélvica, a gastroenterite e a infecção urinária, doenças de fácil tratamento, porém com altas taxas de complicação pela demora do início do antibiótico.

Por isso, recomendamos que procure um médico, clínico geral ou médico de família, o quanto antes, para avaliação clínica e orientações adequadas, de acordo com o seu caso.

Pode lhe interessar também: Pílula do dia seguinte dose única pode falhar?