Perguntar
Fechar

Eu tomava anticoncepcional e parei, quero voltar a tomar...

Dr., eu tomava anticoncepcional e parei faz mais de um ano. Agora gostaria de voltar a tomar, existe algum problema? Ou devo começar a tomar normalmente?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

A princípio não existe qualquer problema em voltar a tomar o anticoncepcional normalmente, visto que já fez uso prévio, porém o ideal é sempre passar por uma avaliação médica antes de iniciar qualquer tipo de tratamento.

Algumas das questões que devem ser avaliadas e discutidas antes do retorno do anticoncepcional são: Avaliar situação clínica atual, avaliar riscos e benefícios do seu uso, fatores de risco para doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, interação medicamentosa e qual a melhor opção de anticoncepcional no seu caso.

Situação clínica atual

Isso porque com o tempo podemos desenvolver doenças hereditárias, adquirir outro estilo de vida, hábitos, alimentação, ou até alterações hormonais decorrentes da idade, que interfiram na opção do anticoncepcional a ser iniciado. Além da necessidade de exames de rotina para avaliação dos órgãos responsáveis pela metabolização e eliminação do remédio.

Riscos e benefícios do uso de anticoncepcionais

Uma questão extremamente importante e atual, é a discussão sobre os riscos e benefícios do uso de anticoncepcionais. Diversos estudos apresentam risco aumentado para câncer de mama, enquanto outros, evidenciam respostas benéficas, sendo considerado inclusive como um fator de prevenção para o câncer de ovário, endométrio e intestino. Não existe ainda um consenso nesse assunto, por isso deve ser avaliado caso a caso.

Leia também: Anticoncepcional pode causar nódulo ou câncer de mama?

Fatores de risco para doenças cardiovasculares e cerebrovasculares

Somado a discussão de estímulos hormonais voltado para tumores e desenvolvimento de câncer, existe uma discussão grande e comprovação de associação com doenças vasculares, como a trombose e acidente vascular cerebral (AVC). Esses casos estão mais associados a mulheres com fatores de risco e história familiar para essas doenças, embora não seja exclusivo.

Saiba mais no link: Todas as mulheres podem tomar anticoncepcional

Interação medicamentosa

A interação medicamentosa é uma situação comum, visto que atualmente a população vem aumentando muito a quantidade de medicamento que faz uso regularmente, o que interfere de maneira direta na resposta e eficácia dos anticoncepcionais. Por exemplo no caso de uso regular de medicamentos anticonvulsivantes, uso de certos antibióticos, antirretrovirais e uso de anabolizantes, mesmo que de forma intermitentes, a eficácia do medicamento pode ser reduzida. Sempre informe ao seu médico, o uso regular de qualquer medicamento, especialmente os medicamentos controlados.

Leia também: Interação dos Anticoncepcionais com outros Remédios

Qual a melhor opção de anticoncepcional?

E por fim, avaliar qual a melhor opção de anticoncepcional para o seu caso. Pode haver novas medicações, com melhores resultados ou menos efeitos colaterais, que após uma avaliação clínica e conversa médica será definida.

Portanto não há problemas em recomeçar o seu medicamento, entretanto, por tudo que foi apresentado, o mais adequado é que converse com seu médico ginecologista para decidirem juntos pela melhor opção.