Exame fosfatase alcalina: o que é e para que serve?

Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

O exame fosfatase alcalina (FA) é um exame de sangue que ajudar a detectar doenças no fígado ou nos ossos. A fosfatase alcalina é uma enzima que está presente em todo o corpo, mas principalmente no fígado, nos ossos, nos rins e no sistema digestivo.

Em algumas situações, uma taxa de fosfatase alcalina alta pode ser sinal de danos hepáticos ou doença óssea.

O exame de fosfatase alcalina está indicado quando o médico deseja investigar uma possível lesão hepática ou uma doença óssea. O exame FA também é usado para verificar se os tratamentos para essas doenças estão funcionando. A análise da fosfatase alcalina também pode ser parte integrante de um grupo de exames de rotina para avaliar lesão hepática.

Os sinais e sintomas que podem levar o médico a solicitar o exame FA, de acordo com cada tipo de doença:

Sintomas de doença hepática: náusea, vômitos, perda de peso, cansaço, fraqueza, icterícia (pele e olhos amarelados), inchaço e dor no abdômen, urina escura, fezes de cor clara e coceira frequente no corpo.

Sintomas de doença óssea: dor nos ossos ou nas articulações, ossos alongados ou com formato anormal e fraturas frequentes.

O exame de fosfatase alcalina não necessita de nenhum preparo especial. Porém, a pessoa não deve comer ou beber nada durante 6 horas antes do exame de sangue, a menos que tenha outra indicação médica. Se forem solicitados outros exames, pode ser necessário fazer um jejum mais prolongado.

Qual o valor de referência da fosfatase alcalina?

O valor de referência da fosfatase alcalina varia entre 44 e 147 unidades internacionais por litro de sangue (UI/L) ou 0,73 a 2,45 microkatal por litro (µkat/L). Os valores normais da fosfatase alcalina podem variar um pouco de pessoa para pessoa.

Durante a gravidez, a fosfatase alcalina pode estar mais alta que o normal. Crianças e adolescentes podem ter uma taxa de fosfatase alcalina elevada porque seus ossos estão crescendo. Alguns medicamentos, como pílulas anticoncepcionais, podem diminuir os níveis de FA, enquanto outros podem aumentá-los.

Fosfatase alcalina alta: o que pode ser?

Uma taxa de fosfatase alcalina alta pode ser um sinal de lesão no fígado ou algum tipo de doença óssea. No entanto, todo resultado de exame deve ser contextualizado diante do quadro clínico de cada pessoa, nenhum exame pode ser analisado sozinho sem outros parâmetros.Apenas a fostatase alcalina alta pode não ter nenhum significado.

A lesão hepática cria um tipo diferente de FA daquele criado por uma doença óssea. Se os resultados indicarem uma fosfatase alcalina elevada, podem ser solicitados outros exames para descobrir a causa da fosfatase alcalina aumentada.

No fígado, a fosfatase alcalina alta podem ser um sinal de cirrose, hepatite, bloqueio nos ductos biliares e mononucleose, que às vezes pode causar inchaço no fígado.

Outras possíveis causas de uma fosfatase alcalina alta:

  • Fratura cicatrizando;
  • Hiperparatireoidismo;
  • Leucemia;
  • Tumores ósseos osteoblásticos;
  • Osteomalácia;
  • Doença de Paget;
  • Raquitismo;
  • Sarcoidose.

Existem vários exames de sangue para examinar o funcionamento do fígado, como os de bilirrubina, aspartato transaminase (AST) e alanina transaminase (ALT). Se esses resultados estiverem normais e a taxa de fosfatase alcalina alta, o problema pode não estar no fígado e a causa pode ser um uma outra doença ou condição, como a doença de Paget, que faz com que os ossos se tornem anormalmente grandes, fracos e propensos a fraturas.

Fosfatase alcalina moderadamente alta

A fosfatase alcalina aumentada, mas não muito alta, pode indicar problemas como linfoma de Hodgkin, insuficiência cardíaca ou infecção bacteriana.

Fosfatase alcalina baixa: o que pode ser?

A fosfatase alcalina baixa pode ser um sinal de hipofosfatasia, uma doença genética rara que afeta ossos e dentes. Uma taxa de fosfatase alcalina baixa também pode ter como causas: deficiência de zinco, desnutrição, deficiência de proteína e Doença de Wilson.

O médico que solicitou e exame de sangue é o responsável pela interpretação do resultado do exame de fosfatase alcalina.