Perguntar
Fechar

Formigamento na língua, o que pode ser?

Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

As causas mais comuns do formigamento na língua incluem aftas, ansiedade e estresse, doenças neurológicas, como enxaqueca, AVC ou esclerose múltipla, episódios de hipoglicemia, reações alérgicas, entre outras.

Ansiedade ou estresse

Formigamento na língua que acontece com frequência ou com longa duração em geral é relatado por pessoas que têm algum grau de ansiedade. Pode ser apenas o estresse normal do dia a dia, ou pode ser algum tipo de transtorno de ansiedade, que precise ser tratado com psicoterapia ou medicações.

Acidente vascular cerebral

Um acidente vascular cerebral (AVC), conhecido como derrame cerebral, pode levar a sensação de dormência, formigamento repentino ou fraqueza no rosto, ou em outras áreas do corpo.

Se a língua formigar ou parecer entorpecida deve-se suspeitar de AVC, principalmente caso ocorram outros sintomas como fraqueza em membros, queda de um lado do rosto, dificuldade em falar. Essa é uma situação de urgência, e deve-se procurar um pronto-socorro imediatamente.

Esclerose múltipla

A esclerose múltipla é uma doença crônica que afeta o sistema nervoso central. Pode causar inúmeros sintomas como: fraqueza, fadiga, dificuldade para caminhar, problemas de visão, formigamento e dormência no rosto e na boca, corpo, braços ou pernas.

O tratamento da esclerose múltipla envolve orientações e mudanças no estilo de vida, em aspectos relacionados a nutrição, atividade física e emocionais. Os medicamentos utilizados são os imunomoduladores, que diminuem a ocorrência de surtos da doença.

Enxaqueca

Pessoas que apresentam enxaqueca com aura, podem apresentar sintomas neurológicos como o formigamento na língua, no rosto, nos braços e em outras áreas do corpo. Também podem ocorrer outros sintomas como alterações visuais ou de olfato. Os sintomas de aura geralmente surgem antes da dor de cabeça da enxaqueca.

As crises de enxaqueca podem ser tratadas com analgésicos, anti-inflamatórios ou triptanos. Para se evitar a recorrência das crises também podem usados medicamentos da classe dos beta-bloqueadores, antidepressivos ou anticonvulsivantes.

Aftas

A afta é uma úlcera na boca, de pequenas dimensões, que pode aparecer nos lábios, dentro da boca ou na língua. Pode causar dor ou dormência e, às vezes, uma sensação de formigamento ao redor da área atingida pela afta. Geralmente, as aftas melhoram espontaneamente em torno de uma semana.

As aftas tendem a melhorar desaparecer espontaneamente após alguns dias do seu aparecimento. No entanto, algumas medidas podem ser tomadas para aliviar o desconforto provocado como a pomada de acetato de triancinolona (Omcilon-a).

Reações alérgicas

Reações alérgicas causadas por alimentos também podem causar formigamento na língua e outros sintomas como sensação de coceira na boca e garganta, ou inchaço da língua e lábios. Os alimentos que mais comumente causam reação alérgica incluem ovos, amendoins e nozes, peixe, marisco, leite, trigo e soja.

O tratamento de crises alérgicas leves é feito com medicamentos antialérgicos.

Hipoglicemia

Episódios de hipoglicêmica, que são a queda do açúcar no sangue, pode levar a sintomas de dormência na língua ou nos lábios, a sensação de tontura, fraqueza e sudorese também podem acompanhar esse quadro. Pessoas com diabetes tem maior risco a apresentarem crises de hipoglicemia.

Deficiência vitamínica

Deficiência nos níveis de vitamina B12 ou B9 (folato) pode causar sintomas de inchaço, dor ou formigamento na língua, pode-se ainda ter alterações no paladar. Formigamento em outras áreas do corpo também podem estar presentes em outras áreas do corpo, como mãos e pés.

Caso se comprove a deficiência de vitamina B12 ou de folato está indicada a sua reposição.

Outras causas menos comuns incluem traumas (pancadas) na boca e na face, mordidas na língua, inflamações e infecções locais e até mesmo alguns tumores. O uso de medicamentos, realização de procedimentos dentários também podem ocasionar esse sintoma.

De qualquer modo, um médico clínico geral precisa ser consultado, para que a pessoa seja examinada e tenha o diagnóstico mais correto. Isso vai possibilitar o encaminhamento a um especialista ou ao início imediato do tratamento adequado.

Saiba mais em:

Quais são os sintomas do câncer de língua?

Como tratar língua branca?

Língua branca é sinal de doença?