Perguntar
Fechar

Meus sintomas parecem genéricos, qual médico procurar?

Olá, recorri a este meio de tirar dúvidas justamente porque com os meus sintomas (que parecem bem genéricos) não sei qual médico procurar para investigar melhor.

Ultimamente tenho tido sintomas que tem prejudicado minha produtividade no dia-a-dia e tem me impedido de cumprir tarefas as vezes simples.

Os que nunca cessam e mais incomodam são as fortes dores no pescoço e ombros (não acho nunca uma posição confortável para me sentar ou deitar), o excesso de sono- as vezes posso dormir 10 ou 12 horas num dia e ainda me sentir cansada. E ultimamente palpitações, e e forte tonturas, enjôos, vista embaçada, sensação de queda e desmaio.

Meu apetite tem estado bem irregular, criei aversão a várias comidas que sempre comi. Como bem menos, e só poucos tipos seletos de comida, e quando como a comida não parece mais apetitosa como me lembrava.

Ando bem destraida enã consigo manter o foco em algo, a memória está péssima. Costumo me perder na fala quando estou conversando com alguém e por vezes falar fica dificil e minha dicção piora. Tenho muita ansiedade e comportamentos compulsivos. Minha TPM tem ficado mais forte, fico mais sensivel e emotiva o tempo todo e as colicas menstruais também vem cada vez piores.

Minhas alergias tem se intensificado, sempre que acordo minha garganta está bem dolorida.

Estou assim há alguns meses, e sempre que faço exames de sangue completos, glicose, colesterol, hormonios e tudo o mais, tudo sai normal. Não vou muito a médicos, só faço exames de sangue e urina gerais uma vez por ano, e regularmente só vou à ginecologista e oftalmologista.

Tenho 22 anos. 1,58m de altura, nos dois ultimos meses tenho variado entre 43 e 44,5kg.

Gostaria de saber qual médico devo consultar relatando os sintomas, quais destes sintomas são relevantes e devem ser mencionandos e com qual tipo de problema posso estar lidando.

Obrigada

Procure um clínico geral ou um psiquiatra. Deve sempre relatar todos os seus sintomas, todos são importantes; a recomendação do psiquiatra pode assustar um pouco, porém essa é minha opinião. Pode começar com um clínico geral e a partir de então seu médico pode orientá-la qual o melhor caminho a seguir.