Muito estressada e ansiosa, o médico disse que é princípio de pânico?

Boa tarde Dr. Tenho 18 anos. Vou lhe fazer algumas perguntas, porém antes vou lhe dizer a minha história. Trabalho e estudo, no meu trabalho tenho contato com o público, e na escola o senhor já pode imaginar a metade do estresse que as vezes passo. Bom, ultimamente venho sentindo umas pontadas na região do coração, fui parar no hospital, com minha pressão alta, nervosismo a flor da pele e ele me disse que pode ser causado pelo estresse, cansaço físico e mental. Procurei um cardiologista, ele pediu exames, o qual eu fiz. Me receitou o remédio Concor e me aconselhou a fazer uma caminhada diariamente, que também estou fazendo. Logo depois fizemos esteira em seu consultório. Ele me disse que estou com princípio de pânico, por estresse. Não sei muito sobre isso e queria que o senhor me explicasse o que é, e qual o sintoma, ou o que a pessoa sente quando tem esse pânico.
Faz dias que não sinto essa dor no peito, mas estou percebendo que ando meio estressada, e tenho tipos de ansiedade, o qual me acalmo quando roo a unha, sei que me faz mal, mas não consigo parar, e já tentei algumas vezes.
No trabalho tenho uns tipos de, digamos, 'coisas que me acalmam' quando estou atendendo clientes irritados... Como mexer em moedas, ficar batendo com o dedo na mesa para apressar talvez.. e não chego a perceber isso de cara, só quando meus amigos do trabalho me falam. Isso é prejudicial? O que posso fazer para mudar isso?

Dentro das doenças caracterizadas pela ansiedade a Síndrome de Pânico ocorre quando esse grau de ansiedade é muito alto. Os sintomas você sabe quais são porque você sente eles. Precisa tratar sua doença (existem várias formas de tratar: remédios, mudança de hábitos de vida e psicoterapia).