Perguntar
Fechar

O que é antígeno prostático específico (PSA)?

Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

O antígeno prostático específico (PSA) é uma proteína produzida pelas células da próstata.

O exame PSA é um exame de sangue que detecta os níveis dessa proteína. Sua indicação principal é de rastreio para o câncer de próstata, mas também é utilizado para monitorar os casos tratados para a doença, devido ao risco de recidiva do tumor.

O que é a próstata? Aonde está localizada?

A próstata é uma pequena glândula que faz parte do sistema reprodutor do homem. Está localizada abaixo da bexiga e produz um líquido que faz parte do sêmen.

Os homens geralmente têm um nível de PSA total baixo no sangue. O PSA total alto pode indicar o câncer de próstata, mas também outros problemas não-cancerígenos da próstata, como infecção ou aumento benigno da próstata (hiperplasia prostática benigna).

Para fins de acompanhamento e monitoramento, o exame de PSA é solicitado de rotina, para os homens que passaram pela cirurgia como tratamento do câncer, visto que os níveis de PSA total aumentam no caso de recidiva, muito antes de os sintomas retornarem, auxiliando no diagnóstico precoce.

Quais são os valores de referência do PSA?

O valor normal de PSA total deve estar abaixo de 4 ng/ml. Entretanto, para homens com até 50 anos de idade esse valor deve ser menor do que 2,5 ng/ml. Homens mais velhos costumam ter níveis de PSA um pouco mais altos do que homens jovens.

Avaliar os valores de antígeno prostático específico pode aumentar as chances de detectar o câncer de próstata num estágio inicial, oferecendo melhor tratamento. No entanto, existe um debate sobre quais são os valores que realmente indicam a presença do tumor. Não existe um resultado único todos os homens. Por isso, os resultados devem ser avaliados caso a caso.

Além disso, o resultado do exame PSA não é suficiente para diagnosticar o câncer de próstata. Somente com uma biópsia da próstata esse câncer pode ser confirmado.

PSA alto

Um nível de PSA alto, ou seja, acima de 4 ng/ml, está geralmente associado à presença de câncer de próstata. Contudo, apesar do PSA ser uma ferramenta importante para detectar a doença, ele não é confirmatório. Isso porque existem outras condições que aumentam o PSA, como:

  • Aumento da próstata (hiperplasia benigna);
  • Infecção da próstata (prostatite);
  • Infecção urinária;
  • Exames recentes da bexiga (cistoscopia) ou da próstata (biópsia);
  • Uso de cateter na bexiga (recente ou intermitente);
  • Ejaculação recente;
  • Traumas repetidos dias antes da coleta do exame (por exemplo no caso de motoqueiros e ou ciclistas).

Se os níveis de PSA estiverem mais altos do que o normal (acima de 4 ng/ml), o médico provavelmente irá solicitar outros exames de próstata, como toque retal, ultrassonografia, ressonância magnética e ou biópsia.

Leia também: Quando o PSA dá elevado significa um tumor?

Qual é a diferença entre PSA total e PSA livre?

O PSA total indica a quantidade total de antígeno prostático específico no sangue. Quando o resultado do exame de PSA total levanta dúvidas sobre a presença ou não de câncer de próstata (valores entre 2,5 ng/ml e 4 ng/ml), é então realizado o exame de PSA livre.

O PSA livre é um exame de PSA mais específico e serve para refinar o rastreio do câncer de próstata. O valor do PSA livre é dividido pelo valor do PSA total. A relação PSA livre/PSA total torna o diagnóstico do câncer de próstata mais preciso. Quanto menor o resultado da relação PSA livre/PSA total, maior é a probabilidade de câncer de próstata.

Como é o preparo para o exame de PSA?

Para fazer o exame de PSA, o homem não deve ter nenhuma ejaculação nas 24 horas que antecedem o exame de sangue. Evitar pequenos traumas, evitando o uso de motos ou bicicletas. Evitar exames urológicos dias antes do exame.

Pode haver mais orientações de acordo com o laboratório que irá realizar o seu exame, por isso siga rigorosamente todas as orientações, para que seu resultado seja o mais fidedigno possível.

Leia também: O que é hiperplasia prostática?

O médico urologista é o especialista responsável pela avaliação dos níveis de PSA.