Perguntar
Fechar

O que é bulimia nervosa?

Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

A bulimia nervosa é um transtorno alimentar em que a pessoa come compulsivamente grandes quantidades de alimentos e depois toma medidas extremas para se livrar do alimento que está em seu corpo para não engordar.

Na bulimia, o medo de ganhar peso leva a pessoa a induzir vômitos, tomar laxantes e diuréticos, ficar em jejum por longos períodos e ainda fazer exercícios físicos intensos durante horas.

Além disso, no período em ela come exageradamente, o sentimento de culpa, de sair do controle, de medo e vergonha estão comumente presentes.

Bulimia nervosa: o que é, sintomas e tratamento

Com isso, o julgamento do corpo físico e a imagem corporal de si mesma são afetados, fazendo com que a pessoa se sinta desconfortável quando está acima do peso e se sinta bem quando está magra.

Embora essas pessoas estejam constantemente preocupadas com a forma física, geralmente são magras e estão dentro do peso ideal para a altura, mas são obcecadas com o corpo e tendem a fazer dietas muito restritivas.

Quais são as causas de bulimia nervosa?

A bulimia nervosa acomete com mais frequência as mulheres na adolescência ou início da idade adulta. Ela é frequentemente associada à pressão para manutenção dos padrões de beleza impostos pela mídia e sociedade.

Contudo, existem diversos fatores que contribuem para o desenvolvimento da bulimia, tais como a personalidade, a predisposição genética, a preocupação excessiva com o corpo e a forma física, pressões sofridas por parte da sociedade ou da família, entre outros.

A bulimia também é mais comum em pessoas com baixa autoestima e sintomas depressivos.

Quais são os sintomas da bulimia nervosa?

Pessoas com bulimia nervosa comem exageradamente e rapidamente grandes quantidades de alimento. Depois, sentem-se culpadas e provocam vômitos, usam diuréticos e laxantes com medo de engordar. Também é comum observar em pessoas com bulimia a prática de dietas radicais.

A pessoa com bulimia também possui uma visão distorcida da própria imagem, achando que está gorda, quando na verdade está dentro o abaixo do peso ideal para sua idade e altura.

Outras características comuns em indivíduos com bulimia nervosa incluem baixa autoestima, grandes variações de peso, ansiedade, depressão, perfeccionismo, insatisfação constante e até mesmo automutilação.

Qual é o tratamento para bulimia nervosa?

O tratamento da bulimia nervosa envolve trabalho conjunto de profissionais de diferentes áreas, como psiquiatra, psicólogo, nutricionista e médicos de outras especialidades. O objetivo do tratamento não é apenas tratar o distúrbio alimentar, mas também os transtornos psicológicos que estão na origem do problema.

A psicoterapia associada ao uso de medicamentos antidepressivos e estabilizadores de humor estão entre as opções de tratamento de primeira linha para a bulimia.

Para maiores esclarecimentos, consulte um médico clínico geral, um médico de família ou um psiquiatra.