Perguntar
Fechar

O que é descolamento ovular? É perigoso?

Descolamento ovular é o acúmulo de sangue entre a placenta e o útero. Pode ocorrer em qualquer fase da gestação, mas é mais comum no primeiro trimestre, ou seja, nas primeiras 12 semanas de gravidez. O descolamento ovular pode ser perigoso se for muito grande, devido ao risco de descolamento de placenta.

Porém, na imensa maioria dos casos, esse hematoma é absorvido e a gravidez prossegue sem complicações. Por volta da 20ª semana o hematoma desaparece espontaneamente e não acontece nada. O risco de aborto é pequeno e ocorre apenas em 1% a 3% dos casos.

Na maioria das vezes, o descolamento ovular, também conhecido como hematoma subcoriônico, é detectado no primeiro exame de ultrassom transvaginal.

Normalmente ele não causa sintomas, podendo haver um pequeno sangramento em alguns casos.

As causas do descolamento ovular não são conhecidas, por isso não há nada que a gestante possa fazer para evitá-lo.

Não há um tratamento específico para o descolamento ovular. O procedimento vai depender do médico, do tamanho e da localização do hematoma.

Na maioria das vezes, o tratamento consiste em repouso parcial (não fazer esforços físicos, não ter relações sexuais) ou total, o que significa ficar deitada durante a maior parte do tempo.

Comunique imediatamente o seu médico obstetra ou procure um serviço de urgência se observar qualquer sangramento durante a gravidez.

Criado por: Equipe Editorial do Médico Responde