O que é hiperplasia gengival e como é o tratamento?

Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Hiperplasia gengival é o aumento do número de células da gengiva, que pode ocorrer pelo uso de alguns medicamentos, problemas genéticos ou hormonais, além de má higiene bucal. A hiperplasia também pode não ter uma causa aparente (idiopática) e também não é uma alteração relacionada com câncer.

A hiperplasia gengival pode ir desde um pequeno aumento da gengiva entre os dentes a um aumento generalizado que pode até cobrir os dentes nos casos mais graves, interferindo na fala e na mastigação, além de causar desconforto estético, dor e sangramentos.

Alguns medicamentos podem alterar a composição da placa bacteriana, o metabolismo dos tecidos periodontais e a secreção de saliva, provocando uma resposta inflamatória e imunológica no indivíduo que leva à hiperplasia gengival.

Dentre as medicações que podem causar hiperplasia gengival estão o anticonvulsivante fenitoína, o imunossupressor ciclosporina e o bloqueador dos canais de cálcio nifedipina.

O tratamento da hiperplasia gengival medicamentosa é feito através de higiene oral, suspensão do medicamento e cirurgia, dependendo do caso.

Uma boa higiene oral não diminui o crescimento da gengiva, mas pode controlar a inflamação e diminuir a dor e o sangramento.

A suspensão do medicamento causador da hiperplasia gengival pode regredir o aumento da gengiva.

Em alguns casos, a cirurgia é necessária para remover o excesso de tecido e permitir uma higiene oral adequada.

O especialista responsável pelo tratamento da hiperplasia gengival é o periodontista.

Saiba mais em: Minha gengiva está sangrando, o que pode ser e o que devo fazer?