Perguntar
Fechar

O que é miastenia gravis e quais os sintomas?

Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

A miastenia gravis é uma doença autoimune rara, de causa desconhecida, que afeta a transmissão dos impulsos nervosos para os músculos. O sistema imunológico ataca a ligação entre o nervo e o músculo, prejudicando a transmissão dos impulsos enviados pelo cérebro.

Há duas formas de miastenia gravis: uma ocular, que acomete os músculos de sustentação dos olhos, e outra generalizada, que além de afetar os músculos oculares, também atinge os músculos da mandíbula e da respiração.

Miastenia gravis: o que é, sintomas e tratamento

Quais são os sintomas da miastenia gravis?

Os sinais e sintomas da miastenia gravis são decorrentes da dificuldade progressiva em contrair os músculos. O sintoma inicial mais comum é a fraqueza de determinado músculo ou grupo muscular, sobretudo os oculares.

Os músculos que sustentam e movimentam os olhos são uns dos mais afetados pela doença, causando visão dupla, visão embaçada e queda da pálpebra. É raro a pessoa apresentar fraqueza muscular generalizada sem os olhos serem afetados.

Com a evolução da doença, outros músculos e grupos musculares são afetados e pode haver:

  • Dificuldade para mastigar e engolir;
  • Dificuldade em sustentar ou inclinar a cabeça para frente e para trás;
  • Problemas na fala (voz nasalada);
  • Dificuldade para respirar, podendo haver necessidade de ventilação mecânica nos casos mais graves;
  • Perda da expressão facial;
  • Dificuldade para movimentar as pernas e os braços devido à diminuição da força muscular;

Normalmente os sintomas da miastenia vão e voltam, piorando ao final do dia e com o aumento do esforço físico e da movimentação. A fraqueza muscular piora com o uso repetitivo da musculatura afetada, mas a pessoa pode recuperar a força com o repouso.

Alguns fatores podem piorar os sintomas da miastenia gravis, como exposição ao sol, estresse emocional, infecções, procedimentos cirúrgicos, menstruação e uso de alguns medicamentos, como os betabloqueadores usados no tratamento da hipertensão arterial e determinados anestésicos e antibióticos.

Miastenia gravis tem cura? Qual é o tratamento?

A miastenia grave não tem cura. Trata-se de uma doença crônica e progressiva. Porém, com o tratamento adequado, é possível evitar a evolução da doença e aumentar a força muscular.

O tratamento da miastenia grave é feito com medicamentos específicos que atuam na produção de substâncias que transmitem os impulsos nervosos, medicamentos imunossupressores (incluindo corticoides) e imunoglobulina endovenosa.

Em alguns casos, pode ser indicada a realização de uma filtração do sangue (plasmaferese), para retirar do corpo os anticorpos que atacam a junção neuromuscular e causam a miastenia grave.

A cirurgia para retirar o timo também pode ser indicada em algumas situações específicas. O timo está localizado no tórax e desempenha funções relacionadas com o sistema imunológico.

Com o tratamento adequado, o paciente com miastenia gravis pode ter uma boa qualidade de vida, sendo capaz de realizar as suas tarefas diárias. Os sintomas podem inclusive desaparecer por determinados períodos.

O neurologista é o especialista responsável pelo diagnóstico e tratamento da miastenia gravis.

Saiba mais em: Miastenia gravis tem cura? Qual o tratamento?