Perguntar
Fechar

O que é neuropatia diabética? Quais os sintomas, tratamento e formas de prevenir a doença?

Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

A neuropatia diabética é uma das complicações mais comuns da diabetes mellitus, que se caracterizada pelos sintomas de dor e sensibilidade alterada, especialmente nas mãos e nos pés, devido ao comprometimento dos nervos periféricos.

O açúcar elevado no sangue ou o tempo prolongado de doença, são a causa da disfunção dos nervos mais distais, ou nervos periféricos. O tratamento tem como base, controle da alimentação, medicamentos e hábitos de vida saudáveis.

Embora a neuropatia diabética não tenha cura, pode ser controlada com o tratamento adequado e medidas de prevenção da doença.

Sintomas de neuropatia diabética

Os sintomas da neuropatia diabética variam de acordo com o nervo ou nervos comprometidos, mas, em geral, incluem:

  • Dor contínua
  • Dor em "queimação"
  • Formigamento
  • Disestesia - Sensibilidade anormal ou alterada (dor desproporcional ao estímulo, como dor intensa após o toque de um algodão)
  • Menor sensibilidade (dormência em determinadas regiões, os pés são os locais mais acometidos).

Tratamento para neuropatia diabética

O principal tratamento da neuropatia diabética é o controle da glicemia (nível de açúcar no sangue). O tratamento deve ser iniciado ainda na fase de pré-diabetes, com exercício físico, dieta e se preciso, medicamentos.

Para a neuropatia já instalada, existem também opções de medicamentos para alívio dos sintomas, associado ao controle da glicemia. Os medicamentos mais indicados neste caso são:

  • Antidepressivos tricíclicos, como amitriptilina,
  • Anticonvulsivantes, como topiramato, carmabamepina e oxcarbazepina;
  • Analgésicos, como paracetamol, tramal e
  • Tratamentos promissores em estudo (canabidiol, estimulação magnética transcraniana - TMS, entre outros).

A opção de tratamento deve ser analisada individualmente pelo neurologista, para evitar interação medicamentosa ou efeitos colaterais indesejados.

5 maneiras simples de prevenir a neuropatia diabética

1. Manter um estilo de vida saudável

Manter estilo de vida saudável é buscar o equilíbrio nos cuidados com a sua saúde.

A alimentação saudável, com a quantidade adequada de açúcar e carboidratos, reduzir a gordura e aumentar a ingesta de água, favorecem o metabolismo celular. Praticar atividade física regular, não fumar e evitar bebidas alcoólicas, também são fundamentais para evitar a agressão ao organismo e evitar as complicações da doença.

2. Usar corretamente as medicações

Tomar as medicações prescritas para o controle da diabetes, sem esquecimentos e se possível, sempre no mesmo horário, tem um papel importante no controle das funções do organismo, além de evitar a oscilação do açúcar no sangue.

3. Cuidar diariamente dos seus pés

Uma prática estimulada pelos profissionais de saúde que trabalham com portadores de diabetes, é sempre observar os pés, ao menos uma vez ao dia, para encontrar precocemente feridas nos pés.

Como a sensibilidade nas extremidades dos pés, é quase sempre comprometida, nos portadores de diabetes, não é raro haver machucados nos pés que não causam dor. Por este motivo, demoram a ser percebidos.

Assim, os machucados ficam expostos e devido a sua localização, podem infectar e complicar, rapidamente. Essa é uma das causas mais frequentes de amputações nos pacientes diabéticos.

4. Usar calçados confortáveis

Fazer uso de calçados adequados é mais um dos cuidados recomendados com os pés, em pessoas com diabetes. Os nossos pés sofrem pressão e pequenos traumas durante todo o dia, pelo uso normal, e pelo uso de calçados. Por isso, se puder reduzir essa agressão diária com o uso de calçados adequados, pode prevenir feridas e complicações típicas da doença.

5. Usar cremes hidratantes

Usar cremes hidratantes nos pés, pernas e mãos diariamente. A pele de pessoas com diabetes tem uma maior tendência ao ressecamento, o que favorece a formação de feridas no caso de traumas ou mesmo espontaneamente.

Manter a pele bem hidratada reduz o risco de machucados nessas regiões.

O médico responsável pelo tratamento e acompanhamento de diabetes é o endocrinologista.

Aproveite para entender um pouco mais sobre a alimentação adequada para pessoas com diabetes: Que cuidados com a alimentação deve ter uma pessoa diabética?

Leia também:

Formigamento nas mãos: o que pode ser e como tratar?

O que pode causar dor nas mãos? Como tratar?

Referências:

  • Sociedade Brasileira de Diabetes
  • Eva L Feldman, et al.; Epidemiology and classification of diabetic neuropathy. UpToDate. Apr 01, 2020.