O que é o coronavírus, COVID-19 e SARS-CoV-2?

Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

O que é um coronavírus?

Os coronavírus são uma grande família de vírus que podem causar doenças em animais e humanos. Há sete tipos de coronavírus conhecidos, entre eles destacam-se o SARS-COV, que causa síndrome respiratória aguda grave, e o MERS-COV, vírus que foi identificado no oriente médio.

O coronavírus descoberto mais recentemente chama-se SARS-CoV-2 e causa a doença do coronavírus, denominada COVID-19.

O que é o novo coronavírus?

O novo coronavírus também chamado de SARS-COV2, é o coronavírus mais recentemente descoberto. Os primeiros casos de infecção em humanos por esse vírus foram identificados pela primeira vez na província de Wubei, na China, no fim de 2019, até então ele era desconhecido.

O que é a COVID-19?

COVID-19 é a abreviação de "Corona Virus Disease 2019", o nome dado a doença infecciosa causada pelo novo coronavírus, também chamado de Sars-Cov2.

Quais são os principais sintomas da COVID-19?

Os sintomas mais comuns da COVID-19 são:

  • Febre;
  • Tosse seca;
  • Falta de ar.

Outros sintomas que também podem estar presentes são:

  • Dores no corpo;
  • Dor de cabeça;
  • Congestão nasal;
  • Coriza;
  • Dor de garganta;
  • Diarreia.

Os sintomas da COVID-19 começam de forma gradual e geralmente são leves, podendo se assemelhar a uma gripe comum.

Algumas pessoas podem ser infectadas pelo vírus e não apresentar nenhum sintoma. Cerca de 80% das pessoas recuperam-se sem necessidade de nenhum tratamento especial.

No entanto, estima-se que 1 a cada 6 pessoas pode apresentar uma forma da doença mais grave, com o desenvolvimento de um quadro de pneumonia que pode levar a dificuldade respiratória importante.

Na forma mais grave da doença, pode haver falência renal e de outros órgãos e sistemas, podendo levar a morte se não houver o suporte médico adequado.

Em quanto tempo os sintomas aparecem?

O tempo entre a exposição ao vírus e o aparecimento dos primeiros sintomas pode variar entre 1 e 14 dias, na maioria dos caso esse tempo é de 5 dias.

Esse período entre o contato com o vírus e o aparecimento de sintomas é chamado de tempo de incubação. A medida que novos estudos e dados sejam apresentados, esse tempo estimado poderá ser atualizado.

Como se pega o novo coronavírus?

O novo coronavírus é transmitido principalmente através do contato com gotículas contendo o vírus liberadas por espirros e tosse de pessoas que se encontram infectadas.

O contacto próximo com pessoas infectadas, portanto, aumenta consideravelmente o risco de contágio pelo vírus.

Essas gotículas podem cair em objetos e superfícies, quando as pessoas tocam esses objetos e levam as mãos ao rosto, olhos, nariz e boca elas também podem infectar-se com os vírus.

Outras formas de transmissão como contato com fezes de pessoas contaminadas ainda está em investigação.

Como me proteger do novo coronavírus?

As principais medidas de proteção recomendadas pela OMS, são:

  • Lave as mãos frequentemente com água e sabão ou solução a base de álcool. Deve sempre lavar as mãos após assoar o nariz, espirrar, tossir ou após entrar em contato com pessoas doentes.
  • Evite tocar no rosto, principalmente olhos, nariz e boca.
  • Evite contato próximo com pessoas que apresentam sintomas respiratórios, mantenha sempre uma distância de 1 metro entre você e a pessoa que está tossindo ou espirrando.
  • Mantenha uma boa higiene respiratória, ou seja, ao tossir ou espirrar, cubra nariz e boca com a parte interna do cotovelo ou com um lenço que deve ser usado uma única vez e descartado imediatamente.
  • Fique em casa caso apresente sintomas gripais. Procure atendimento médico caso apresente febre, tosse e dificuldade em respirar.

Qual o tempo de quarentena?

O tempo de isolamento segundo o Ministério da Saúde é de 14 dias, preconizado para caso suspeito, confirmado, provável (contato íntimo com caso confirmado), portador do vírus sem sintomas ou contactante de casos confirmados. Pode ser realizado em domicílio ou em ambiente hospitalar.

Devo usar máscara quando saio a rua?

A OMS recomenda que o uso de máscara ocorra apenas nas seguintes situações:

  • Pessoas que apresentam sintomas respiratórios como tosse ou falta de ar, e que por isso apresentem suspeita de estarem contaminadas pelo novo coronavírus.
  • Profissionais que prestam cuidados a pessoas com sintomas respiratórios e suspeitos de terem COVID-19.

Fontes:

World Health Organization.

UpTodate. Coronavirus disease - COVID 19