Perguntar
Fechar

O que é toxoplasmose e quais os sintomas?

Toxoplasmose é uma doença infecciosa causada pelo Toxoplasma gondii, um protozoário encontrado nas fezes de gato e outros felinos. A infecção pode ser congênita (quando ocorre dentro do útero materno) ou adquirida.

A toxoplasmose adquirida pode não cursar com sintomas. No caso deles estarem presentes, são inespecíficos e incluem manchas vermelhas no corpo todo, febre, cansaço, dores pelo corpo, caroços no corpo (ínguas), dificuldade de enxergar e lesões na retina (toxoplasmose ocular), problemas cardíacos (miocardite) e alterações neurológicas (convulsões, confusão mental, dificuldade para andar).

Os sintomas da toxoplasmose geralmente se manifestam depois de 5 a 20 dias da ingestão do alimento ou da água contaminados. A carne infectada com o parasita deixa de apresentar riscos apenas se for congelada durante vários dias.

Bebês com toxoplasmose congênita têm uma alta taxa de mortalidade ainda no útero materno, além de serem frequentes as lesões nos olhos e no cérebro.

Veja também: Quais os riscos da toxoplasmose na gravidez?

Grande parte das pessoas é tolerante ao parasita, manifestando poucos ou nenhum sintoma. Geralmente ocorre inchaço localizado ou generalizado, podendo ainda ocorrer febre. Porém, nos casos mais graves, a toxoplasmose pode causar sinais e sintomas neurológicos, pneumonite, falência geral dos músculos e morte.

Como ocorre a transmissão da toxoplasmose?

A transmissão da toxoplasmose acontece através da ingestão de água ou alimentos contaminados, ou seja, que contenham os cistos do parasita, tais como carnes mal passadas ou cruas (especialmente de porco e carneiro) e vegetais.

A contaminação dos alimentos ocorre pelo contato com as fezes do hospedeiro, geralmente felinos. Há também descrição de transmissão da toxoplasmose através de transfusão sanguínea e transplante de órgãos.

A toxoplasmose não é transmitida entre pessoas, exceto da mãe para o filho durante a gestação (toxoplasmose congênita).

Como prevenir a toxoplasmose?

Para prevenir a toxoplasmose, deve-se cozinhar bem os alimentos, principalmente as carnes de boi, porco e carneiro, bem como lavar bem as mãos antes de comer e manusear alimentos.

A água deve ser fervida ou filtrada e os gatos domésticos devem comer alimentos secos, fervidos ou enlatados.

Também é importante manter afastado dos lugares de recreação os gatos, que podem transmitir a doença pelas fezes, principalmente em locais com grama, terra ou areia.

Como é feito o diagnóstico da toxoplasmose?

O diagnóstico da toxoplasmose é confirmado através da coleta de exames de sangue (sorologias). É importante investigar causas de imunodeficiência como AIDS se a toxoplasmose se manifestar com alterações neurológicas (neurotoxoplasmose).

Na presença de sintomas similares, o paciente deve procurar um pronto atendimento para uma avaliação médica.