Perguntar
Fechar

O que pode ser dor na virilha e o que fazer?

Dor na virilha esquerda ou direita pode ter várias causas. As causas mais comuns nas mulheres e nos homens incluem: prática de exercícios ou esportes de alto impacto, como atletismo, hóquei, tênis e futebol, em que a dor ocorre por distensão muscular; osteoartrite (artrose) ou bursite do quadril; apendicite; litíase renal (pedras nos rins); linfonodos aumentados (ínguas); diferença no comprimento dos membros; infecção de urina; hérnia inguinal e inflamação nos intestinos.

Algumas causas específicas de dor na virilha no homem são a prostatite (inflamação da próstata) e a presença de inflamação ou tumor no testículo. Nas mulheres, gravidez (especialmente nos meses finais), gravidez ectópica, mioma, cisto no ovário e infecções ginecológicas também podem causar dor na virilha.

Dor na virilha: causas, sintomas e tratamento

A virilha é a região localizada na dobra entre a coxa e o abdômen. A virilha não abrange apenas a parte interna da coxa, mas também a região inguinal, boa parte da coxa e a articulação do quadril. Por se tratar de uma região com muitas estruturas importantes, a dor na virilha pode ter diversas causas.

Por isso, para auxiliar o diagnóstico, é importante descrever detalhadamente como e quando ocorre a dor e onde exatamente dói.

Dor na virilha pode estar relacionada com o quadril?

Se a dor na virilha estiver localizada ou irradiar para a parte externa da coxa, pode estar relacionada com a articulação do quadril, formada pelo fêmur e o osso da bacia. Nesses casos, a dor piora ao realizar movimentos de rotação ou flexão da coxa, como por exemplo, entrar ou sair do carro, fletir a perna para colocar uma meia ou calçar um sapato ou ainda sentar-se num assento baixo.

Uma possível causa para a dor na virilha nesses casos é a artrose da articulação do quadril. Trata-se de um desgaste da cartilagem articular, que afeta sobretudo pessoas idosas. Quando ocorre em indivíduos mais jovens, geralmente está associada ao excesso de atividade física.

À medida que o problema evolui, aumenta a dificuldade em realizar determinados movimentos, que causa dor principalmente ao girar a perna ou flexionar a coxa. A pessoa pode chegar a mancar e ter membros inferiores com tamanhos diferentes.

Dor na virilha pode ser distensão muscular?

Quando a dor na virilha ocorre depois de praticar esportes ou a pessoa sente uma fisgada, pode estar relacionada com uma lesão muscular, provavelmente uma distensão. Esse tipo de dor na virilha costuma ser facilmente identificada, pois a pessoa normalmente lembra-se bem do momento da lesão.

A dor na virilha nesses casos é bem localizada, situando-se na região da lesão muscular. A dor normalmente piora com o estiramento da musculatura que está lesionada, como ao abrir as pernas, por exemplo.

Dor na virilha pode ser hérnia?

Se a dor na virilha piora ao fazer força, como tossir, evacuar ou levantar peso e se a pessoa notar alguma saliência na região inguinal, próxima à virilha, pode ser uma hérnia inguinal. Nesses casos, a saliência na virilha surge com o esforço e desaparece com o repouso.

Dor na virilha pode ser pedra nos rins?

Sim. A dor que caracteriza a presença de pedras nos rins (cálculos renais), em geral, localiza-se na região inferior e lateral das costas, ou seja, na região dos rins. Porém, à medida que a pedra se desloca pelo trato urinário, pode causar dor em diferentes partes do corpo. Quando chega à bexiga, pode provocar dor na virilha. Nos homens, a dor também pode atingir os testículos e, nas mulheres, a vagina.

Outros sinais e sintomas que costumam estar presentes em caso de pedra nos rins incluem fortes cólicas renais, presença de sangue na urina, náuseas e vômitos.

Dor na virilha pode ser alguma infecção?

Se houver alguma infecção nos membros inferiores, genitais ou órgãos da bacia, pode ocorrer um aumento dos gânglios linfáticos da virilha. Nesses casos, surgem nódulos ou caroços dolorosos na virilha (“ínguas”).

Quando a infecção está localizada em apenas uma das pernas, os caroços surgem na virilha correspondente ao lado acometido. Se a infecção estiver localizada em algum órgão da bacia, os gânglios podem estar aumentados no lado direito e esquerdo da virilha.

Qual o tratamento para dor na virilha?

Quando a dor na virilha é provocada por distensões musculares, artrose, bursite e gestação, muitas vezes o tratamento é baseado no uso de analgésicos potentes e anti-inflamatórios, além de fisioterapia ou acupuntura. É importante que esses medicamentos sejam prescritos por um médico.

No caso de apendicite, hérnia inguinal e inflamação nos intestinos, é necessário avaliação de urgência, pois pode ser necessário realizar uma cirurgia.

Se a dor na virilha for provocada por prostatite, infecção de urina ou ínguas, o tratamento pode ser feito com medicamentos antibióticos.

Nos casos de tumor no testículo e pedras nos rins, é necessária a avaliação de um médico urologista.

Se a dor na virilha tiver origem na diferença de comprimento dos membros, deve ser procurado um médico ortopedista.

Portanto, o tratamento depende da causa da dor na virilha e, para um correto diagnóstico, deve ser procurado um clínico geral ou médico de família, para os casos mais crônicos (que duram semanas a meses), ou um pronto atendimento, se a dor for aguda e especialmente se estiver associada a febre e alteração do hábito intestinal ou urinário.