Perguntar
Fechar

Resultado do exame preventivo deu gardnerella. O que pode ser?

Meu exame ginecológico deu alterações celulares inflamatórias decorrentes de infecção sugestiva de gardnerella sp. Avaliação prejudicada devido a alterações inflamatórias.
Negativa para células neoplásicas. Presença de alterações inflamatórias acentuadas.
O que isso significa?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Se o resultado do exame preventivo indicou infecção por gardnerella, significa que você tem vaginose bacteriana, que precisa ser tratada e após o tratamento deve-se repetir o exame.

A gardnerella vaginalis é uma bactéria que faz parte da flora vaginal. O micro-organismo está naturalmente presente em até 80% das mulheres sexualmente ativas.

A gardnerella vaginalis é uma das principais causas de vaginose bacteriana, que caracteriza-se pelo desequilíbrio da flora vaginal, com predominância dessa bactéria.

Resultado do exame papanicolau
Gardnerella vaginalis

Na vaginite, ocorre uma infecção dos tecidos da vagina, com inchaço e vermelhidão, bem como dores durante as relações sexuais. Já na vaginose não há lesões dos tecidos. Quando presentes, as lesões são discretas. O que se observa é o desequilíbrio da flora vaginal.

Quais as causas da vaginose bacteriana?

A vaginose bacteriana ocorre quando há um desequilíbrio da flora vaginal normal, com predominância da gardnerella. Há diversas condições que podem causar esse desequilíbrio, tais como: tabagismo, uso constante de duchas vaginais, ter vários parceiros sexuais, imunidade baixa, infecções e gravidez.

Quais são os sintomas da vaginose por gardnerella?

A vaginose por gardnerella pode não manifestar sinais e sintomas. Quando presentes, pode haver:

  • Corrimento vaginal branco acinzentado, com odor desagradável e consistência cremosa. Pode haver presença de bolhas na superfície do corrimento;
  • Coceira na vagina (pouco comum);
  • Presença de odor semelhante ao de peixe podre após a relação sexual.

Para maiores esclarecimentos, consulte o médico que solicitou o exame. Ele é o especialista responsável por analisar e interpretar os resultados do exame e indicar o tratamento mais adequado.