Perguntar
Fechar

Para que serve e como usar Meloxicam? Provoca sono?

Dra. Juliana Guimarães
Dra. Juliana Guimarães
Doutora em Saúde Pública

O meloxicam é um anti-inflamatório indicado para tratar sintomas de osteoartrite e artrite reumatoide. Este medicamento inibe a enzima que provoca a inflamação e, além disso, provoca alívio da dor e da febre. Sua ação se inicia de 80 a 90 minutos após a sua ingestão.

Como usar meloxicam?

Comprimidos e termômetro

Os comprimidos de meloxicam devem ser ingeridos com água ou outro líquido sempre durante as refeições. A dose indicada deve ser tomada em dose única e a dose máxima do medicamento é 15 mg.

De forma geral, meloxicam é indicado nas seguintes dosagens:

Artrite reumatoide

Recomenda-se 15 mg por dia. De acordo com os efeitos da medicação em relação ao tratamento, o seu médico pode reduzir a dose para 7,5 mg por dia.

Osteoartrite dolorosa

Em casos de osteoartrite dolorosa indica-se a dose de 7,5 mg por dia. A dose poderá ser aumentada para 15 mg por dia pelo seu médico.

Adolescentes

Para os adolescentes de 12 a 18 anos, a dose máxima diária recomendada é de 0,25 mg/kg e não deve ultrapassar 15 mg. Meloxicam comprimido é contraindicado em crianças menores de 12 anos de idade, uma vez que ele não permite que a dosagem seja adequada para crianças nesta faixa etária.

A dosagem de meloxicam deve ser ajustada pelo médico/a. Não use meloxicam sem a prescrição adequada.

Meloxicam provoca sono?

Sim. O uso de meloxicam pode provocar sonolência, vertigem, tontura e visão borrada. Este são alguns efeitos do medicamento sobre o sistema nervoso. Portanto, se estiver em uso de meloxicam tenha cuidado ao dirigir ou operar máquinas. Se você apresentar algum destes sintomas o melhor é evitar estas tarefas ou qualquer outra que ofereça riscos.

Quais os efeitos colaterais que meloxicam pode causar?

Efeitos colaterais comuns

  • Dor de cabeça
  • Dor abdominal
  • Indigestão
  • Diarreia
  • Náusea
  • Vômitos

Efeitos colaterais incomuns

  • Anemia
  • Alergia
  • Tontura
  • Vertigem
  • Sonolência
  • Aumento da pressão arterial
  • Vermelhidão na face
  • Sangramento do aparelho digestivo
  • Gastrite
  • Estomatite
  • Constipação
  • Flatulência
  • Prurido
  • Dificuldade para urinar
  • Inchaço
  • Atrasos na ovulação

Contraindicações do meloxicam

  • Pessoas com intolerância a lactose;
  • Crianças menores de 12 anos;
  • Mulheres grávidas ou que estão amamentando;
  • Pessoas alérgicas aos componentes da fórmula;
  • Pessoas que após o uso de ácido acetilsalicílico ou outros anti-inflamatórios e apresentaram: asma, obstrução nasal (pólipos), inchaço da língua, lábios e garganta ou placas elevadas na pele, geralmente com coceira;
  • Portadores de distúrbios gastrointestinais como úlceras ou perfuração ativa ou recente, sangramentos, doenças inflamatórias gastrintestinais;
  • Pessoas que tiveram sangramento cerebral recente.

É importante seguir a orientação do seu médico ou médica e respeitar as doses, os horários de tomar a medicação e duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem orientação médica.