Perguntar
Fechar

Para que serve o diprospan?

Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Diprospan ® é uma medicação injetável indicada no tratamento de várias doenças e situações que induzem processos inflamatórios, entre elas: alergia, inchaços, asma, bronquite, Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), artrites, osteoartrite, colite ulcerativa, lesões musculares, torcicolo, lombalgia, bursite, dermatite, lúpus, psoríase, entre outras.

O princípio ativo do Diprospan ® é a betametasona, um corticoide com efeito anti-inflamatório, antirreumático e antialérgico. Ele é usado para tratamento de algumas condições agudas e momentâneas e também nas situações crônicas e coadjuvantes de outros tratamentos.

Outra indicação para o Diprospan ® é o seu uso em algumas mulheres grávidas que vão ter parto prematuro e utilizam a medicação para maturação dos pulmões do feto.

Diprospan: para que serve, indicações e efeitos colaterais

Contudo, o uso de medicamento é bastante variado. O Diprospan ® serve para tratar doenças agudas e crônicas que respondem aos corticoides.

Dentre as indicações do Diprospan ® destacam-se:

1. Alterações em músculos, ossos e tecidos moles (artrite reumatoide, osteoartrite, bursite, espondilite anquilosante, espondilite radiculite, dor no cóccix, dor ciática, lombalgia, torcicolo, fascite).

2. Alergias (asma, rinite alérgica, doença do soro, picadas de insetos).

3. Doenças que afetam a pele (dermatites, urticária, líquen plano hipertrófico, necrobiose lipoídica associada com diabetes mellitus, alopecia areata, lúpus eritematoso discoide, psoríase, queloides, pênfigo, dermatite herpetiforme, acne cística).

4. Doenças do colágeno (lúpus eritematoso sistêmico, esclerodermia, dermatomiosite, poliarterite nodosa)

5 Câncer (leucemia, linfoma)

Quais são os efeitos colaterais do Diprospan ®

As taxas de efeitos colaterais do Diprospan ® são baixas. Porém, o uso do medicamento pode ocasionar reações adversas em alguns casos.

Efeitos colaterais comuns

Os efeitos colaterais comuns do Diprospan ® ocorrem em até 10% das pessoas que tomam o medicamento e incluem insônia, má digestão, aumento de apetite e infecções frequentes.

Efeitos colaterais incomuns

Os efeitos colaterais incomuns do Diprospan ® ocorrem em até 1% das pessoas que tomam a medicação. Dentre essas reações estão: dificuldade de cicatrização da pele, atrofia da pele, foliculites, coceira, diabetes, osteoporose, sangramento gastrointestinal, irregularidade menstrual, entre outras.

Efeitos colaterais raros

Os efeitos adversos raros do Diprospan ® são observados em até 0,001% das pessoas que usam o medicamento. Dentre as reações raras estão:

  • Estrias, hematomas, alergias;
  • Acne, urticária, transpiração excessiva;
  • Vermelhidão na pele, face e pescoço;
  • Depressão, convulsões, dor de cabeça;
  • Tontura, confusão mental, alteração de humor;
  • Úlcera, distensão abdominal, alteração em exames de fígado;
  • Diminuição do número de espermatozoides, dores musculares e articulares;
  • Aumento da pressão intraocular, catarata.

Na presença de algum efeito colateral, o/a médico/a que receitou o medicamento deve ser informado. É importante usar a medicação apenas com indicação médica e na frequência recomendada na receita.