Perguntar
Fechar

Pilates: posso fazer? Quais os benefícios?

Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

O pilates pode ser praticado por todas as pessoas, desde que bem orientado. É uma modalidade de atividade física que tem como objetivo estreitar a relação corpo-mente, fortalecer e alongar os músculos, melhorar o equilíbrio, reduzir dores musculares e articulares e aprimorar a coordenação motora. Deste modo, contribui para a promoção da saúde geral e da qualidade de vida.

Os princípios do pilates são a centralização da força, concentração, precisão, fluidez, controle e respiração. Foi influenciado pelo Yoga, meditação e artes marciais.

Foi desenvolvido por Joseph Pilates durante a Primeira Guerra Mundial para reabilitar os feridos. O método foi aperfeiçoado dentro de uma campo de concentração.

Pilates
Aula de Pilates com uso de aparelhos.

9 Benefícios do Pilates

1. Desenvolvimento de consciência corporal e capacidade de concentração

Em todas as suas atividades, o pilates solicita a conscientização de cada parte do nosso corpo movimentando-o no espaço. Ao estimular a lateralidade (direita e esquerda) e o equilíbrio, permite exercitar diferentes orientações espaciais – de lado, de frente, de barriga para cima, de barriga para baixo, de pé – e isto possibilita o ganho de consciência sobre o próprio corpo. Estes exercícios exigem consciência de si mesmo.

O pilates exige também que, durante a prática, a pessoa esteja completamente focada nos movimentos o que possibilita afastar pensamentos externos e favorece a concentração.

2. Controle da respiração

Durante a prática de pilates, reaprendemos a respirar corretamente. Na medida em que nos tornamos adultos, nossa respiração tende a ficar mais curta e superficial. O Pilates reeduca a respiração para uma melhor expansão dos pulmões e, por consequência, melhor oxigenação.

3. Realinhamento postural

A ativação da musculatura profunda do tronco, dos músculos posturais e das articulações destas musculaturas é continuamente solicitada durante a realização dos exercícios de pilates. O uso correto da respiração e dos músculos do centro do corpo promovem a correção da postura.

4. Melhora a coordenação motora e o equilíbrio

Por trazer maior consciência corporal e melhor capacidade de movimentação espacial, o pilates aprimora a coordenação motora e o equilíbrio.

5. Aumento da flexibilidade

Os movimentos executados durante uma aula de pilates favorecem o ganho de amplitude das articulações, o que chamamos de flexibilidade. Na medida em que se efetua estes movimentos, a flexibilidade é ampliada e isto ajuda também no alongamento dos músculos.

6. Fortalecimento da região central do corpo

Um dos princípios do pilates é a centralização da força. Consiste no fortalecimento da musculatura do tronco, especialmente dos músculos do abdômen, a parte mais importante do corpo para esta prática. Estes músculos são os transversos abdominais, o diafragma, o períneo e o multífido. A energia necessária à prática do pilates se origina nestes músculos.

Além disto, esta musculatura sustenta a coluna vertebral, os órgãos abdominais e são responsáveis pela manutenção da boa postura. Eles formam um cilindro de estabilidade em torno da cintura.

7. Ganho de massa muscular

Quando o pilates é efetuado em aparelhos com molas, a resistência oferecida por elas durante a execução dos movimentos solicita da musculatura uma maior força e, assim, promove-se o ganho de certa massa muscular.

8. Perda de peso

Apesar de a perda calórica não ser um objeto central para o pilates, esta atividade ajuda a emagrecer. Isto ocorre por meio da prática por tempo prolongado e de forma disciplinada. O Pilates aumenta o metabolismo por meio da respiração e tonificação muscular.

Vale reforçar que o Pilates auxilia na perda de peso e não o faz por si só, até porque seu gasto calórico é de médio a baixo e depende da frequência e intensidade da prática. É importante aliar ao Pilates, uma alimentação saudável.

9. Remodelação do nosso corpo

A fluidez, a integração dos movimentos e a flexibilidade exigidas pelo pilates são ferramentas que ajudam a remodelar e reorganizar as forças do corpo.

Quem pode praticar Pilates?

Pilates Mulher Grávida
Pilates bem orientado é indicado para mulheres durante a gravidez.
  • Mulheres grávidas podem praticar pilates desde que sejam bem orientadas em relação às posturas que podem executar;
  • Pessoas de qualquer idade podem praticar pilates: por ser uma atividade de baixo impacto, não há contraindicações para crianças e idosos;
  • Indicado para esportistas e bailarinos;
  • Pessoas que precisam reabilitar-se de problemas ósseos ou articulares;
  • Pessoas que buscam aumentar a concentração.

Antes de iniciar o pilates, assim como qualquer outra atividade física, é importante efetuar uma avaliação criteriosa a fim de identificar restrições ou limitação de movimentos, evitando lesões. Por meio desta avaliação também é possível perceber as facilidades na mobilidade de articulações e músculos o que pode ser utilizado para ampliar os potenciais durante a prática.