Posso tomar antibiótico com o estômago vazio?

Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Depende do antibiótico. Em geral, os antibióticos não devem ser tomados com o estômago vazio porque podem causar irritação gástrica, além do fato do alimento ajudar a proteger o estômago.

Porém, há antibióticos que precisam ser ingeridos com o estômago vazio ou em jejum para o alimento não interferir na absorção do medicamento.

Por exemplo, tomar amoxicilina com o estômago cheio não interfere na sua ação. Já a claritromicina é absorvida mais lentamente na presença de alimentos, demorando mais tempo para chegar à corrente sanguínea. Neste caso, o ideal é que seja ingerida com o estômago vazio.

É importante lembrar que antibióticos e outros medicamentos devem ser ingeridos com um copo cheio de água.

Como tomar antibiótico

Posso tomar antibiótico com leite?

Não se deve tomar antibiótico com leite, pois o leite pode diminuir o efeito da medicação. Isso ocorre porque o leite estimula a produção de sucos digestivos que podem agir sobre a medicação e limitar o seu efeito.

Outra razão para não tomar antibiótico com leite é o fato do leite conter cálcio, um mineral que pode interagir com os compostos da fórmula do remédio e promover uma inativação química do mesmo, cortando o seu efeito.

Posso tomar antibiótico com chá ou café?

O chá e o café possuem cafeína, que em grandes quantidades pode aumentar os efeitos colaterais do antibiótico e também aumentar a sua excreção, além de poder causar irritação e excitação.

Beber álcool corta o efeito do antibiótico?

O álcool não corta diretamente o efeito do antibiótico, mas aumenta a eliminação de urina. Como consequência, o antibiótico é excretado mais rapidamente do organismo, diminuindo o seu efeito. A bebida alcoólica irrita a parede do estômago, assim como o medicamento, o que aumenta o risco de gastrite.

Além disso, tanto o antibiótico como o álcool são processados pelo fígado, o que sobrecarrega o órgão.

Para maiores esclarecimentos, fale com o/a médico/a que receitou o antibiótico para saber a forma correta de tomar o medicamento e siga corretamente as suas orientações.