Perguntar
Fechar

Quais as causas da vulvovaginite?

A vulvovaginite é uma infecção que afeta a vagina e a sua parte externa, chamada vulva. As vulvovaginites são causadas principalmente pela bactéria Gardnerella vaginalis, pelo protozoário Trichomonas vaginalis e pelo fungo Candida, que podem ou não ser transmitidos sexualmente.

Contudo, a vulvovaginite também tem como causas fatores que alteram o equilíbrio da flora vaginal e favorecem assim o desenvolvimento da infecção. Dentre eles estão diabetes, uso de hormônios esteroides, traumas, uso de lubrificantes e absorventes interno e externo, excesso de depilações e roturas do períneo (região entre o órgão genital e o ânus).

Alergias

As vulvovaginites também podem ser desencadeadas por alergias provocadas pelo uso de roupa íntima de tecido sintético, roupas apertadas, amaciantes de roupa, sabonetes, papéis higiênicos coloridos ou perfumados, preservativos, entre outros produtos irritantes.

Gravidez

Após a gravidez, a mulher pode desenvolver vulvovaginites crônicas devido à maior sensibilidade da vulva e à sua baixa imunidade.

Medicamentos

O uso de medicamentos antibióticos também pode matar as bactérias que mantém a equilíbrio da flora vaginal e favorecer a proliferação de fungos causadores da vulvovaginite.

Estresse e menopausa

Há ainda fatores psicológicos que favorecem o aparecimento da infecção, como o estresse, bem como fatores hormonais, como a baixa produção do hormônio estrógeno após a menopausa (vulvovaginite atópica).

O tratamento da vulvovaginite pode ser feito com pomadas antifúngicas aplicadas diretamente no local, ou medicamentos antibióticos tomados por via oral.

O médico ginecologista é o especialista indicado para diagnosticar e tratar a vulvovaginite.

Saiba mais em: Vulvovaginite: Quais os sintomas e como é o tratamento?