Quais os efeitos colaterais da anestesia raquidiana?

Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Os possíveis efeitos colaterais da anestesia raquidiana incluem falta de ar, queda da pressão arterial, arritmias cardíacas, alergias (coceira), frio, dor de cabeça, tremores e náuseas.

Após a punção lombar, pode vazar um pouco de liquor (líquido que envolve o cérebro), o que aumenta a pressão dentro do crânio e pode causar dor de cabeça.

A dor de cabeça ocorre em até 1% das pessoas submetidas à anestesia raquidiana e está relacionada com o calibre da agulha utilizada, o tipo de cirurgia e a idade do/a paciente, sendo mais comum em pessoas jovens.

A dor geralmente melhora na posição deitada e piora ao ficar em pé ou sentar-se.

O tratamento nesses casos é feito com repouso, hidratação e medicamentos analgésicos.

Outro efeito colateral da anestesia raquidiana é a dificuldade para respirar (falta de ar), que pode ser apenas uma sensação ou uma dificuldade respiratória de fato. Trata-se de uma complicação que pode ser evitada usando menos anestésico, sendo facilmente remediada.

As complicações decorrentes unicamente da anestesia raquidiana são muito raras, mas podem ocorrer. Os riscos também estão relacionados com a própria cirurgia e condição clínica do/a paciente.

As complicações respiratórias, cardiovasculares e alérgicas, o frio, os tremores e as náuseas são tratados de maneira simples com medicamentos. Em geral, os efeitos colaterais são leves.

De qualquer maneira, é importante que a equipe médica tenha bons equipamentos e uma estrutura hospitalar segura para detectar e tratar precocemente qualquer intercorrência. Bem como é importante você dizer à equipe médica sobre a presença de qualquer alergia ou problema de saúde.

Leia também:

Quais os efeitos colaterais da anestesia peridural?

Qual a diferença entre a anestesia raquidiana e peridural?

Quais os riscos da anestesia geral?